Autor Tópico: [D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador  (Lida 14096 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #15 Online: Agosto 10, 2014, 06:14:23 pm »
Citar
Um adventure day padrão da 5ª edição deve contar com quatro encontros, com dois deles intervalados por um descanso curto de uma hora. Nessas condições padrão, o guerreiro já consegue manifestar a sua capacidade de dano diferenciada.

Essas diretivas são horrendas para o Battle Master. Isso indica que todas as habilidades de classe por encontro (Maneuvers, Healing Surge, Action Surge) tem seu valor reduzido à metade e ele vai depender ainda mais de "Bater, Bater e Bater". Porque D&D Next não cansa me desapontar nesse aspecto?

Citar
Terrível em que sentido? De ser muito fraca, muito forte, ou simplesmente terrível por depender muito do julgamento do DM?

Tudo, ao mesmo tempo. É uma habilidade completamente Mother May I?, sem diretivas e limitações.

Citar
Lembrando que apenas o clérigo do domínio da guerra tem acesso a Divine Power e essa magia requer concentração (aka: levou baforada de dragão ou outro ataque de dano elevado=magia dissipada).

Divine Power não consta na lista padrão do Clérigo? (Olha no Alpha Playtest, não é que você está certo).  :shock:

Eu não consigo acreditar nisso, creio que vão erratear isso em breve, porque jogadores da classe vão reclamar que seu Clérigo Franzino com Domínio do Conhecimento não é tão violento quanto um Guerreiro.  :P

Citar
Aliás, o que vocês acharam do druida do Next? Estou vendo bem menos barulho em relação a ele do que na época da 3.x...

Eu ainda não tenho um julgamento adequado dele, mas tenho a impressão que o "Combat Druid" não parece ser um bom linha-de-frente (embora ele vai ser mais resistente que Satã com a habilidade de recuperar 2d8 . Slot de Magia como Bonus Action) - mas isso se resolve com o aparecimento de alguma Animal com poderes incríveis e um CR inadequadamente baixa.

Citar
Quem sabe, eles nos surpreendam nos suplementos...

Surpresas podem ser positivas ou negativas. E Next tem se mostrado incrível favorecer o segundo tipo de surpresa para mim.  :P

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #16 Online: Agosto 10, 2014, 08:07:10 pm »
Essas diretivas são horrendas para o Battle Master. Isso indica que todas as habilidades de classe por encontro (Maneuvers, Healing Surge, Action Surge) tem seu valor reduzido à metade e ele vai depender ainda mais de "Bater, Bater e Bater". Porque D&D Next não cansa me desapontar nesse aspecto?

Eu supus que o descanso curto aconteceria a cada dois encontros porque aumentaram o tempo do descanso de 10 minutos para uma hora, e dentro de uma dungeon nem sempre é possível fazer um descanso de uma hora depois de cada encontro -afinal tem salas que são próximas e passar uma hora em uma delas descansando é um convite para atrair monstros da sala vizinha.

Sendo assim, com descanso de uma hora, é mais verossímil contar com a possibilidade de descanso depois de uma média de dois encontros (que na 5ª edição, juntos não devem ultrapassar 10 rodadas de combate).

Seria bom que eles esclarecessem melhor essa questão. Se for ficar mais equilibrado que os personagens façam um descanso curto a cada combate, vou adotar dessa forma; mas nesse caso teria sido melhor que eles adotassem o descanso curto de 10 minutos ao invés do descanso de uma hora.

Outra coisa que me fez pensar que um descanso curto não foi pensado para ser realizado ao fim de cada encontro foi o anúncio do Mearls de que no DMG haverá regras para "descansos mais curtos e poderes por encontro".

Citar
Divine Power não consta na lista padrão do Clérigo? (Olha no Alpha Playtest, não é que você está certo).  :shock:

Não só Divine Power como também Divine Favor não consta na lista padrão do clérigo, e sim na lista do paladino, que tomou o lugar do clérigo como combat caster auto-buffer (a exceção fica por conta dos clérigos de domínios combativos como War e Tempest que ganham duas ou três magias de paladino pelo seu domínio).

Citar
Eu não consigo acreditar nisso, creio que vão erratear isso em breve, porque jogadores da classe vão reclamar que seu Clérigo Franzino com Domínio do Conhecimento não é tão violento quanto um Guerreiro.  :P

 :bwaha:

Essa mudança já aconteceu no penúltimo pacote do playtest aberto, quando as surveys ainda estavam abertas, e se não mudou de lá pra cá, não acredito que vão modificar isso agora.

Inclusive, acredito que a razão dessas magias terem sido excluídas da lista do clérigo foi a reclamação de que o clérigo e o paladino estavam muito parecidos. Aí eles tiveram a ideia de criar magias combativas novas para o paladino (veja as magias xxxx smite) e retirar essas magias do clérigo, deixando-as restritas a domínios com temática combativa.

Com isso, eles conseguiram preservar melhor o nicho do paladino, embora não tenha sido a melhor forma possível de tornar a classe única.

Citar
Eu ainda não tenho um julgamento adequado dele, mas tenho a impressão que o "Combat Druid" não parece ser um bom linha-de-frente (embora ele vai ser mais resistente que Satã com a habilidade de recuperar 2d8 . Slot de Magia como Bonus Action) - mas isso se resolve com o aparecimento de alguma Animal com poderes incríveis e um CR inadequadamente baixa.

Tive a impressão de que o principal problema da forma animal seja a CA baixa dos bichos, mas isso pode ser remediado com a magia barkskin. De toda forma o druida está mais para um conjurador versátil que se vira bem na linha de frente do que uma classe que vira animal para se tornar um combatente primário - como era na 3.x, com o adendo de que conseguia ser combatente primário e conjurador ao mesmo tempo.

Citar
Surpresas podem ser positivas ou negativas. E Next tem se mostrado incrível favorecer o segundo tipo de surpresa para mim.  :P

É verdade... Me arrependo de não ter respondido as surveys nos últimos seis meses de testes abertos, pois algumas surpresas negativas, como o aumento do descanso de 10 minutos para uma hora, apareceram justamente naquela época.

Se bem que eu não duvido nenhum pouco de que o meu feedback não teria feito diferença nenhuma mesmo...

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #17 Online: Agosto 10, 2014, 10:07:50 pm »
No meu jogo vindouro de Next (yep, meu grupo adorou ele)

Sorte a tua, o meu ficou completamente dividido (sendo que só tenho 2 jogadores, faça as contas...). Ai só procurando grupo presencial, coisa que to tentando evitar justamente por causa do (nenhum) dinheiro que tenho pra transporte.  :what:

E to sem o que falar pro resto das coisas apontadas.  :sparta:
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #18 Online: Agosto 10, 2014, 10:25:02 pm »
Não seria uma grande surpresa. No meu jogo vindouro de Next (yep, meu grupo adorou ele)

Boa sorte e que Deus tenha piedade da sua alma  :bwaha:
War never changes

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #19 Online: Agosto 10, 2014, 11:01:25 pm »
Boa sorte e que Deus tenha piedade da sua alma  :bwaha:

Eu não sei por que eu tenho a impressão de que ninguém nesse fórum odiou mais a 5ª edição do que você, Voltaire...  :b

Você vai ficar na quarta mesmo, vai para o 13th Age, ou vai dar um tempo de sistemas estilo D&D?

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #20 Online: Agosto 10, 2014, 11:14:43 pm »
Lunguinho

Não chega a ser exatamente ódio, é mais decepção mesmo  :(

War never changes

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #21 Online: Agosto 11, 2014, 06:15:48 pm »
O elfo já respondeu muito bem ao teu post, mas eu acrescentaria que o exagero é maior ainda quando a comparação é feita com o paladino, uma classe half caster com uma seleção muito boa de magias até o 5º nível, que não tem mais o problema de MAD que tinha nas edições anteriores, e que tem Channel Divinity assim como o clérigo.

Bom, lembrando que o Paladino ganha o quinto nível de magias no 17º nível, quando o Clérigo já tem acesso às magias de novo nível. E bom, dali até o final da carreira paladina é mais uma magia, totalizando duas magias no nível 20. E também que cada Channel Divinity é particular e não intercambiável. A avaliação deles depende alguns fatores que a gente não tem em mãos ainda (tipo o Destructive Wrath e armas elementais). 

Aliás, na 5ª edição, embora as classes conjuradoras sejam bem niveladas, o desnível entre as não conjuradoras me parece mais visível. Além do paladino ofuscar o guerreiro, também tenho a impressão de que o ladino rivaliza com o guerreiro em combate e é muito mais versátil fora dele (excluindo os builds de third casters dessas duas classes, pois não as comparei ainda).

Na teoria é melhor fazer um Ftr 10/Wiz 10 do que um EK. Você ganha o quinto nível de magias de mago e não perde nenhuma classe feature importante do Ftr. De Rogue, é melhor seguir com o AT direto.

Intervenção Divina é basicamente o mesmo que a magia milagre da 3ª edição, uma vez por semana. Como essa habilidade só pode ser usada uma vez na aventura, ela não me parece tão apelativa assim, especialmente no nível 20 onde um mago já pode conjurar desejo todo dia.

Mas eu estava falando de homens de armas "padrão". Não com outros casters. Não lembro de ter dito que o Clérigo é a melhor classe.

No meu jogo vindouro de Next (yep, meu grupo adorou ele) [...]

Adivinha quem encomendei os três livros básicos? :P

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #22 Online: Agosto 11, 2014, 07:15:16 pm »
Citar
Na teoria é melhor fazer um Ftr 10/Wiz 10 do que um EK. Você ganha o quinto nível de magias de mago e não perde nenhuma classe feature importante do Ftr.

Mas isso funciona ainda melhor com o Eldricht Knight/Mago. Nessa mesma combinação, um EK 10/Wiz 10 teria acesso aos slots sétimo nível de magia arcana (Adiciona 1/3 dos níveis de EK aos de Mago) e a habilidade Eldricht Strike é incrivelmente útil para um Conjurador, e pode fazer efeitos incrível em conjunto com Action Surge - Acerte um ataque, ative Action Surge, conjure uma magia no oponente com ele tendo Desvantagem no teste contra ela. E isso vale também para o próximo turno. Afinal, tudo em D&D fica melhor com níveis de Mago.  :P
« Última modificação: Agosto 11, 2014, 07:21:38 pm por Evola »

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #23 Online: Agosto 11, 2014, 11:59:32 pm »
Algo que me veio a mente - os Bardos podem ser a nova classe quebrada de Next.

O chassi do Bardo, especialmente do College of Valor é comparável ao de um Clérigo (d8, Armadura Média, Escudo, Armas Marciais), mas ele tem acesse a Double Attack de verdade no nível 6. A classe tem 1/2 Proficiency em todas as Perícias que não tenha Proficiency. E o que considero a créme-de-la-créme, Magical Secrets (ganha no nível 10, 14 e 18) permite ao Bardo acessar magias "from any class", o pelo texto inclui exclusivas de outras classes e talvez mesmo as de domínios, algo que já foi demonstrado como quebrado com o Archivist e o Artificer do 3.5 e quase todo Pathfinder.

E outro fator relevante - assim como Clérigo e Druida no 3.5, ele tem a reputação (imerecida na minha visão) de ser uma classe inferior e que precisa de mais poderes para ser útil, além de ter mudanças consideráveis de design de última hora, o que leva a possibilidade real que:


Kneel before Chatotorix!
« Última modificação: Agosto 12, 2014, 12:03:44 am por Evola »

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #24 Online: Agosto 12, 2014, 09:34:00 am »
Citar
assim como Clérigo e Druida no 3.5, ele tem a reputação (imerecida na minha visão) de ser uma classe inferior

Alguem que ache que clérigo e druida eram classes inferiores no 3.5 nunca jogou com nenhum deles, ou nunca fez/viu um que preste  :P
« Última modificação: Agosto 12, 2014, 10:14:50 am por Voltaire »
War never changes

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #25 Online: Agosto 12, 2014, 01:13:14 pm »
Pelo contrário. Só não jogou niveis altos.

Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #26 Online: Agosto 12, 2014, 01:22:32 pm »
Citar
Alguem que ache que clérigo e druida eram classes inferiores no 3.5 nunca jogou com nenhum deles, ou nunca fez/viu um que preste  :P

Na verdade, eu escrevi completamente errado.  :P

O Clérigo e o Druida antes do D&D 3.X tinham (e ainda tem, fora da camarilha de Powergamers) a reputação de serem classes relativamente fracas e/ou maçantes ("Healbots"), só servindo para o papel de Suporte. Por isso quanto D&D 3E saiu, os autores decidiram conscientemente aumentar o poder e versatilidades dessas classes, para que alguém jogasse com elas por outros motivos além do "Precisamo de alguém para curar".

Em analogia, o Bardo Next parece que está seguindo uma trilha similar.

Offline ferdineidos

  • - Alugo esse espaço -
    • Ver perfil
Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #27 Online: Agosto 13, 2014, 11:30:47 am »
E os nerds piratas já distribuíram o livro nessa tal de internet...

Sem relação a isso, vou dar uma lida numa edição que um amigo meu trouxe dos EUA pra ver o que acho.
"Entre todas as tiranias, a tirania exercida para o bem de suas vítimas é a mais opressiva.Talvez seja melhor viver sob o olhar de nobres usurpadores do que de intrometidos moralistas onipotentes."

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #28 Online: Agosto 13, 2014, 09:41:35 pm »
Mas eu estava falando de homens de armas "padrão". Não com outros casters. Não lembro de ter dito que o Clérigo é a melhor classe.

Eu sei que você não comparou o clérigo aos outros casters. O que eu estava tentando passar (mas não deve ter ficado claro por causa do negrito utilizado erroneamente naquela minha frase) é que Divine Intervention não é uma feature tão poderosa quanto parece devido à baixa frequência em que pode ser utilizada, apenas uma vez por semana, mesmo no nível 20 quando o clérigo não precisa mais rolar a percentagem para a intervenção acontecer.

Eu até concordo que o clérigo seja capaz de ofuscar homens de armas "padrão" em certo grau, mas não por causa dessa habilidade, que no contexto de uma aventura inteira só deve funcionar uma vez.

Algo que me veio a mente - os Bardos podem ser a nova classe quebrada de Next.

O chassi do Bardo, especialmente do College of Valor é comparável ao de um Clérigo (d8, Armadura Média, Escudo, Armas Marciais), mas ele tem acesse a Double Attack de verdade no nível 6. A classe tem 1/2 Proficiency em todas as Perícias que não tenha Proficiency. E o que considero a créme-de-la-créme, Magical Secrets (ganha no nível 10, 14 e 18) permite ao Bardo acessar magias "from any class", o pelo texto inclui exclusivas de outras classes e talvez mesmo as de domínios, algo que já foi demonstrado como quebrado com o Archivist e o Artificer do 3.5 e quase todo Pathfinder.

Concordo, o bardo está muito poderoso nessa quinta edição. A lista de magias dele já é excelente por si só, contando inclusive com uma das cantrips mais poderosas do jogo (Vicious Mockery), então a feature Magical Secrets só vêm pra melhorar ainda mais o que já estava ótimo.

Entretanto, ele não pode se beneficiar de tanta magia boa ao mesmo tempo, pois a classe não prepara magias, e sim possui um número limitado de magias conhecidas que pode conjurar espontaneamente. Não que isso seja um grande obstáculo para um jogador powergamer, que no caso só irá escolher as magias mais poderosas para o seu personagem. 

Sem contar que o bardo também tem a sua disposição ótimas features, como Bardic Inspiration, Jack of All Trades e Expertise, só pra ficar em alguns exemplos.

Alguem que ache que clérigo e druida eram classes inferiores no 3.5 nunca jogou com nenhum deles, ou nunca fez/viu um que preste  :P

O preconceito desse povo é tão grande que eles praticamente não reparam nessas classes e mal conhecem a mecânica delas. E não duvide que alguns deles até tenham visto um personagem desses bem feito, mas tenham achado que o mérito foi do jogador e não das habilidades da classe do personagem - sim, jogador preguiçoso e que não se interessa pelas regras tende a pensar dessa forma.

O Clérigo e o Druida antes do D&D 3.X tinham (e ainda tem, fora da camarilha de Powergamers) a reputação de serem classes relativamente fracas e/ou maçantes ("Healbots"), só servindo para o papel de Suporte. Por isso quanto D&D 3E saiu, os autores decidiram conscientemente aumentar o poder e versatilidades dessas classes, para que alguém jogasse com elas por outros motivos além do "Precisamo de alguém para curar".

Em analogia, o Bardo Next parece que está seguindo uma trilha similar.

Exatamente, parece que estamos vendo o mesmo filme de novo.

Uma das maiores dificuldades em game design passa por tornar uma classe com papel de suporte atraente para os jogadores, pois a grande maioria deles não aceita bem servir "de escada" para os seus companheiros.

Foi por esse motivo que o clérigo e o druida vieram muito fortes na 3ª edição e agora o bardo veio com tudo nessa 5ª, pois na dúvida do que fazer para torná-las mais atrativas, os designers tendem a aumentar as suas opções e capacidades.

E de certa forma, tornar essas classes melhores deu um pouco de resultado. Hoje eu vejo mais gente que curte o clérigo e/ou o druida do que na época do AD&D, onde quase todo mundo jogava com eles na marra. Essa 5ª edição deve trazer mais popularidade ao bardo em algum grau. Mas não acaba com o preconceito que muito jogador -daquele perfil que não se interessa muito por regras e mecânicas de jogo- tem com elas.

Ainda hoje tem MUITO jogador por aí que acredita que "jogar de clérigo, druida, ou bardo é um saco porque tem que ficar curando e bom mesmo é jogar com o guerreiro que dá crítico se tirar 18-20 no dado". Mesmo quando aquela "classe chata" contribui bem mais dentro do jogo do que a sua.

Re:[D&D Next] Alguém já conseguiu o Livro do Jogador
« Resposta #29 Online: Agosto 15, 2014, 07:40:35 pm »
Hey, Elfo. Fizeram a análise daquilo que você mencionou sobre bardos.