Autor Tópico: (D&D Next) Conclusões Finais...  (Lida 10087 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

(D&D Next) Conclusões Finais...
« Online: Junho 10, 2014, 04:04:48 pm »
Pessoal, para quem vem acompanhando os playtests e os pdfs do Next qual e a opinião geral de vcs sobre a nova encarnação do Dungeons and Dragons?

O que ele é?
E o que vcs queriam que ele fosse?

Offline Smaug

  • [Mensagem pessoal - altere no seu perfil!]
    • Ver perfil
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #1 Online: Junho 10, 2014, 05:00:12 pm »
Citar
O que ele é?
Um retroclone do próprio D&D (?), cujo rpg deixou de ser um papel único e se tornou a raiz de uma marca que abrange várias mídias e públicos, vide o D&D lego-fake.

Citar
E o que vcs queriam que ele fosse?
Sinceramente, não sei nem se eu queria que ele existisse. Porém, poderia conservar o equlibrio da 4e e arrumar apenas a discrepancia entre cenas de combate/cenas fora de combate, ponto tão batido pelos críticos da 4e. No entanto, já que eles existe e tem como objetivo trazer de volta o espírito D&Distico ( :roll:) que pelo menos evitasse mais um jogo dominado pelos conjuradores...
This happens all the time. No matter how epic the battle, once begun, the thing sounds more or less like a bingo game: People shout out numbers and other people get excited about them.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #2 Online: Junho 10, 2014, 06:28:09 pm »
Minha conclusão final sobre o next

War never changes

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #3 Online: Junho 10, 2014, 07:58:58 pm »
Pessoal, para quem vem acompanhando os playtests e os pdfs do Next qual e a opinião geral de vcs sobre a nova encarnação do Dungeons and Dragons?

O que ele é?

Citação de: Ulisses
E o que vcs queriam que ele fosse?

Demitia o Mike Mearls e toda a equipe dele, só para começar.

Pegava D&D 4e e simplificava o sistema, ficando com 10 niveis no MÁXIMO, alem de 5 niveis "epicos", tornando mais "Light" a seleção de Poderes (alem de limar Talentos no processo), cortava XP, cortava Itens Mágicos (que agora passariam a ser mais Plot Devices), cortava um monte de bônus laterais.

Alem de fazer expansões para Magic, G.I. Joe e Transformers, porque quero DINHEIRO, rios e rios de DINHEIRO. Assim os acionistas da Hasbro não iriam ficar metendo o bedelho no meu trabalho, ou pelo menos, me darem alguma liberdade criativa.

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #4 Online: Junho 10, 2014, 09:47:41 pm »
Demitia o Mike Mearls e toda a equipe dele, só para começar.

Pegava D&D 4e e simplificava o sistema, ficando com 10 niveis no MÁXIMO, alem de 5 niveis "epicos", tornando mais "Light" a seleção de Poderes (alem de limar Talentos no processo), cortava XP, cortava Itens Mágicos (que agora passariam a ser mais Plot Devices), cortava um monte de bônus laterais.

13th Age, prazer.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #5 Online: Junho 10, 2014, 10:54:12 pm »
Houve uma descrição proposital do 13th Age? fiquei me perguntando

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #6 Online: Junho 10, 2014, 11:45:47 pm »
Exceto que 13th Age não faz isso, porque coloca um monte de truques de dados e aquela maxima em "combates são meh, conjuradores são POWAUH!", ainda tem muita coisa esquisita no sistema.

Não. eu não quero um monte de malabarismos mecanicos, eu quero algo direto ao ponto e 13th Age está longe de comprir isso na minha opinião.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #7 Online: Junho 12, 2014, 03:06:47 pm »
Citar
O que ele é?

Estranho. Eu não sou o público alvo dele, mas estou disposto a ao menos ver o que sairá a seguir, especialmente em Forgotten Realms.

Mas elogiando Next, eu fiquei surpreso como eles conseguiram esconder "unificação mecânica a la 4e" através do Proficience Bonus, assim como os Healing Surges mal-camuflados como Recovery Dices. A ideia de Backgrounds e sua influência em perícias é algo muito bem vindo. Eu quero acreditar que a limitação em atributos em 20 pode ser algo saudável ao sistema, mas aqueles Belt of Giant's Strenght estão ali para me lembrar que não, não será algo bom.

Also, Bardos com Magias de Nível 9. Kawaii.  :)

Citar
Pegava D&D 4e e simplificava o sistema, ficando com 10 niveis no MÁXIMO, alem de 5 niveis "epicos", tornando mais "Light" a seleção de Poderes (alem de limar Talentos no processo), cortava XP, cortava Itens Mágicos (que agora passariam a ser mais Plot Devices), cortava um monte de bônus laterais.

Você teria que torcer para Magic fazer mais sucesso do que faz atualmente, porque um D&D assim venderia menos do 13th Age.  XD

Contudo, eu concordo com boa parte das mudanças (Embora eu tenha um certo apego a 20 níveis, não mais nem menos) - e incluiria nenhum modificador ou mudança em atributos, salvo no máximo, com o passar de níveis (como D&D 4e quase fez - mas ainda incluiu os modificadores raciais).

Citar
combates são meh, conjuradores são POWAUH!"

Não me parece isso, embora eu ainda não joguei 13th Age (talvez será meu próximo RPG, se meus jogadores saírem do seu encanto pelo Next), mas o vindouro Commander é uma das classes mais interessantes do sistema, assim como o Ladino. E existem Conjuradores que são relativamente tediosos (Clérigo e Feiticeiro).

Não chega ao nível D&D 4e nisso, mas é o mais próximo que você vai conseguir fora dela (ao menos, do mundo de "D&D Quase-Clones").

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #8 Online: Junho 12, 2014, 06:55:13 pm »
Magic ainda faz grana pacas, assim como GI Joe e Transformers...

Inferno, eu faria My Little Poney: D&D Edition, se isso fosse fazer dinheiro e grounards chorarem!

Talvez eu devesse deixar mais claro meus problemas com 13th Age, primeiro, eu não vejo porque Ladino, Barbaro e Guerreiro e Ranger existem... Tipo, sim eles tem uma habilidade unica, más é isso, especialmente na forma que as classes foram escritas piora ainda mais essa sensação de tudo igual.

Alem dos Flexible Attack or whatever, que basicamente um dos truques de dados de 13th Age que me dão nos nervos. Eu gosto de escolher o que vou usar, muito obrigado, se quer atrelar habilidades a alguma jogada de dado, atrele ao Scaling Dice.

Nenhuma das classe conjuradores tem que lidar com esse tipo de mecânica bizarra, que também tem problemas, já que Paladino e Clerigo são basicamente a mesma classe, exceto que Clérigo tem vantagens melhores... Da Fuq. Bardo e Feiticeiro entram na minha categoria de "existem porque mesmo?" e Mago é A-OK, pelo que me lembre.

Boa parte dos Feats são do nível primeiros livros de D&D 4e, isso é problemático, nem vou entrar no problemas com Dados Aleatórios por todo lado, que não acredito que alguem não disse para cortar aqui e ali. O que força um Efeito Bacia de Dados que dava para não era para acontecer para inicio de conversa.

Serio, você propõem um sistema mais leve e o escambau, logo depois sai enfiando dados por todo lado, alem de modificadores que não deveriam existir. Dava fácil para fazer um matemática mais próxima de D&D 4th: Gamma Worlds, mais tenso e furioso que a D&D 4e normal, com menos dados e menos coisas atreladas.

Talvez com um dois elementos caoticos para dar um gosto extra, similares a Alpha Mutations e Omega Tech, mas seria algo opcional.

D&D Next por outro lado, é basicamente apelar para Nostalgia e lógicas estranhas como "Realismo" em D&D... Nem é Verossimilhança, é Realismo em D&D, basicamente seu personagem e mais mortal e escambau, porque isso era legal aos 20 anos atrás.

Escola Gygax de Narrativa, também conhecido como "Pedra Cai do Céu, Todo Mundo Morreu!".

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #9 Online: Junho 12, 2014, 08:46:33 pm »
Citar
Magic ainda faz grana pacas, assim como GI Joe e Transformers...

Sim, mas vai ser preciso ainda mais compensar o fracasso da sua edição indie de D&D.  :b

Citar
Inferno, eu faria My Little Poney: D&D Edition, se isso fosse fazer dinheiro e grounards chorarem!

Apenas um off, mas que não custa lembrar - a Wizards of the Coast não é tão imbecil. O alvo dela não é, nunca foi e jamais será os "grognards". Eles são uma minoria, dentro da minoria que são TTRPGers, cujos números são tão significativos quanto os jogadores de Tormenta nos EUA ou de quem financiaria um RPG Progressivista sobre Herois Pacifistas que reformam o Mundo usando Protestos, Net-ativismo e Veganismo.

Citar
Alem dos Flexible Attack or whatever, que basicamente um dos truques de dados de 13th Age que me dão nos nervos. Eu gosto de escolher o que vou usar, muito obrigado, se quer atrelar habilidades a alguma jogada de dado, atrele ao Scaling Dice.

Mas isso é uma proposta do 13th Age, fazer com que rolagens de dados sejam mais importantes e significativas. E o Guerreiro pode sempre utilizar manobras, basta escolher ao menos uma ativada em uma rolagem par e uma rolagem ímpar.

Citar
Nenhuma das classe conjuradores tem que lidar com esse tipo de mecânica bizarra, que também tem problemas

Feiticeiro é o mais puro exemplar do uso de rolagens via Breath Weapon Spells, Recharges e algumas magias como Chaos Bolt que tem efeitos aleatórios.

Citar
Bardo e Feiticeiro entram na minha categoria de "existem porque mesmo?" e Mago é A-OK, pelo que me lembre.

Tecnicamente, nenhuma classe de D&D precisaria existir além de 2 ou 3 ("Conjurador", "Combatente" e "Mestre em Perícias"). Classes são uma relíquia de design, preservadas por puro tradicionalismo e porque é o que fãs de D&D esperam que ele tenha (e porque, por algum motivo, RPGs com classes vendem horrores).

O que faz bastante sentido em existir em um RPG que propõe ser uma homenagem a D&D 3e e 4e.
« Última modificação: Junho 12, 2014, 08:49:20 pm por Evola »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #10 Online: Junho 12, 2014, 11:11:59 pm »
Ai você olha para as coisas que o Mearls escreve na coluna de a Lenga & Lenga, aonde ele só solta perolas do nível "Pelé Filosofando", trazendo coisas de outras edições do passado e não falando nada com nada. Isso sem falar de todo o departamento de Marketing da Wizards que mais de uma vez já mostrou que adora jogar dinheiro no lixo ou fazer promessas que não pode cumprir para Hasbro, resumindo, Wizard of the Coast é cheio de idiotas.

Eu prefiro falhar com minha edição "Indie" de D&D com mecânica feita por designer que sabem um minimo de matemática básica e com visão claro do que quero fazer e ser, e tentar atingir novos públicos, que um retroclone disfarçado que fica se prendendo ao passado e a clientes que nunca mais vão voltar.

Seja por já terem ido para a concorrente ou nunca saíram da edição que começaram.

E você quer fazer o dados contarem, você faz eles terem sentindo no sistema, não ficar empatando foda no meio do designer. Se você quer fazer Parada de Dados, faça isso de uma vez, ou pare de inventar moda. Serio, a maioria das rolagem de 13th Age são papo-furado e nem um pouco elegantes, o 13 Ways está epicamente atrasado e os relatórios que li dos playtests não são dos mais animadores.

Sinceramente, para mim 13th Age comete o mesmo erros que Pathfinder, se prendem a coisas dos passado por motivos esdrúxulos. Como tentar fazer os dados contarem (eu realmente não faço ideia do que o designer tinha na cabeça quando inventou isso), ter um monte de classes quando daria para fazer com bem menos classes e opções mais atraentes (tipo SW Saga), mecânicas melhores escritas (Multi-classe em 13th Age, ou como ela não existe, eu me recuso a aceitar as sugestões do livro), e menos jogar para a galera resolver.

Eu já passei da época de inventar soluções para problemas que os criadores dos jogos deveriam ter resolvido no playtest, no máximo hoje em dia só faço mudanças para atender meus gostos pessoais, tipo M&M com menos atributos, porque eu prefiro menos atributos.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #11 Online: Junho 13, 2014, 12:41:53 am »
Citar
um retroclone disfarçado que fica se prendendo ao passado e a clientes que nunca mais vão voltar.

Eu acho que teria sido bem mais fácil eles criarem uma OGL mais aberta pra 4e do que criar outra edição

« Última modificação: Junho 13, 2014, 12:58:54 am por Mr. Roboto »
War never changes

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #12 Online: Junho 14, 2014, 05:19:21 pm »

[...] o 13 Ways está epicamente atrasado e os relatórios que li dos playtests não são dos mais animadores.


Cê pode dizer onde encontro estes "relatórios"?

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #13 Online: Junho 14, 2014, 11:22:34 pm »
Relatorios e comentarios de jogadores do Something Awful, mas logo aviso que o forum está cheio de mimimi, as vezes da para entrar sem pedir registro e outras não.


Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #14 Online: Junho 15, 2014, 09:12:57 pm »
Relatorios e comentarios de jogadores do Something Awful, mas logo aviso que o forum está cheio de mimimi, as vezes da para entrar sem pedir registro e outras não.

Ah, esse fórum... Considerar coisa daí é meio que atestar que tu é "tumbleiro profissional".
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #15 Online: Junho 15, 2014, 11:19:37 pm »
Você tem fonte melhor, Atmo?

Porque ta tenso para achar informação de playtest de 13th Age. E foda-se a fama do local, a spell tem fama de "recanto troll" e não vai ser por isso que vou ignorar qualquer coisa aqui. Na verdade, geralmente eu faço o contrário.

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #16 Online: Junho 16, 2014, 11:14:19 am »
Você tem fonte melhor, Atmo?

Porque ta tenso para achar informação de playtest de 13th Age. E foda-se a fama do local, a spell tem fama de "recanto troll" e não vai ser por isso que vou ignorar qualquer coisa aqui. Na verdade, geralmente eu faço o contrário.

Jogar e experimentar por si mesmo é a melhor fonte que encontrei. O estilo d20 do jogo até que me enganou no começo, mas as tralhas 4e usadas e a quantidade pequena/ínfima/duas de classes que me interessavam terminaram por tirar toda a (pouca) graça que via ali.

Tirando isso, Escalation Die é ÓTIMO pra salvar o combate, Flexibe Attacks podem ser usados a torto e a direito se você souber usar a cabeça e habilidades por dia dão um tom melhor de "jogo heróico" do que "poderes por encontro".
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #17 Online: Junho 16, 2014, 03:30:48 pm »
Atmo, eu não vou perder meu tempo discutindo com você.

Por um simples motivo, Flexible Attacks não podem ser usados toda hora, ponto. Eles estão atrelados a número alvo e Escalation Dice, dependendo do caso, eu não sei se você reparou nisso. Mas foda-se, se esse fosse meu unico problema com 13th Age eu até ignoraria isso.

Exceto que não é.

Mas não vou me repetir aqui. Então vê se ler as coisas direito antes de falar besteira.

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #18 Online: Junho 16, 2014, 04:20:20 pm »
Atmo, eu não vou perder meu tempo discutindo com você.

Por um simples motivo, Flexible Attacks não podem ser usados toda hora, ponto. Eles estão atrelados a número alvo e Escalation Dice, dependendo do caso, eu não sei se você reparou nisso. Mas foda-se, se esse fosse meu unico problema com 13th Age eu até ignoraria isso.

Exceto que não é.

Mas não vou me repetir aqui. Então vê se ler as coisas direito antes de falar besteira.

Flexibe Attacks podem ser usados a torto e a direito se você souber usar a cabeça

Acho que alguém não sabe usar a cabeça, mas fazer o que, né?

Tirando isso, tem outros jogos por ai, não precisa ficar irritado por causa de dois ou três.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #19 Online: Junho 16, 2014, 04:36:33 pm »
Alguém aqui falha eternamente em lógica e senso comum.

Usar quando quiser é totalmente diferente do seu poder estar condicionado a um número-alvo ou uma condição (redundância redundante), entendeu o quer que eu desenhe, Atmo?

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #20 Online: Junho 16, 2014, 05:34:39 pm »
Alguém aqui falha eternamente em lógica e senso comum.

Usar quando quiser é totalmente diferente do seu poder estar condicionado a um número-alvo ou uma condição (redundância redundante), entendeu o quer que eu desenhe, Atmo?

Em que momento falei que "dá pra usar o mesmo Flexibe Attack a torto e a direito"? Está supondo que falei algo e, consequentemente, escorregando na banana?

Mas tanto faz, tu tá mais preocupado em arranjar briga do que, tipo, usar a cabeça e pensar sozinho... então té mais. :P
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #21 Online: Junho 16, 2014, 06:37:21 pm »
(click to show/hide)

Agora, voltando para o assunto do tópico....

Alguém tem a data do lançamento da versão Básico do D&D Last?
« Última modificação: Junho 18, 2014, 01:58:11 pm por Hikaru »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #22 Online: Junho 16, 2014, 07:34:15 pm »
Não sei por que essa discussão entre Hikaru e Atmo, visto que ambos já manifestaram que não gostam muito do 13th Age mesmo. :doido:

Alguém tem a data do lançamento da versão Básico do D&D Last?

Está previsto para sair entre o dia 3 e 15 de julho com a mecânica básica e as regras para criação de personagens (envolvendo apenas um build de cada uma das 4 classes básicas) e em agosto deve sair as regras mais voltadas para o mestre, como monstros, itens mágicos e condução de aventuras.

Sim, mas vai ser preciso ainda mais compensar o fracasso da sua edição indie de D&D.  :b

Assino embaixo!

Citar
 
Apenas um off, mas que não custa lembrar - a Wizards of the Coast não é tão imbecil. O alvo dela não é, nunca foi e jamais será os "grognards". Eles são uma minoria, dentro da minoria que são TTRPGers, cujos números são tão significativos quanto os jogadores de Tormenta nos EUA ou de quem financiaria um RPG Progressivista sobre Herois Pacifistas que reformam o Mundo usando Protestos, Net-ativismo e Veganismo.

:bwaha: Gostei desse RPG ativista aí :bwaha:

Falando sério, o elfo está certo. O alvo da Wizards é recuperar os jogadores que não aderiram ou abandonaram a 4ed. (Sim, tem muita, mas MUITA gente que aderiu à 4ed. e depois do Essentials migrou para outros sistemas) e estão jogando alguma variante da 3.x - inclusive Pathfinder. Essa parcela de jogadores corresponde atualmente à grande maioria dos jogadores de D&D e muitos deles detestam a 4ed.

Para recuperar esse público (que devo ressaltar: é grande), a editora não tinha outra alternativa a não ser fazer algo que lembrasse mais a 3.x do que a 4ed. Portanto, as escolhas do Mike Mearls se mostraram acertadas diante das tendências do mercado, por mais que tenha gente aqui que abomine o que aconteceu.

Hikaru, por mais legal que sejam suas ideias para um novo D&D, a tendência atual é que ele faça menos sucesso do que o D&D do Mearls, goste você ou não. Afinal, seu D&D bebe muito da 4ed. e essa edição tem forte rejeição da comunidade de jogadores, enquanto que os retrocessos que você aponta na 3.x e no Next são bem aceitos ou tratados com indiferença pela maior parte dos fãs. Mas enfim, ainda bem que existem outros sistemas bons além de D&D e 13th Age no mercado, assim ninguém é obrigado a mestrar/jogar algo que não gosta.

OFF: Aliás, vi que você gosta e conhece bem o FATE, Hikaru. Sabe dizer se ele funciona bem para fantasia medieval? Vi só a Accelerated Edition e com ela ainda não ficou claro se o sistema suporta bem um jogo com essa temática. Pode responder no tópico do FATE para não alimentar o OFF aqui.  :)

Pessoal, para quem vem acompanhando os playtests e os pdfs do Next qual e a opinião geral de vcs sobre a nova encarnação do Dungeons and Dragons?

O que ele é?

Na minha opinião, o novo D&D é uma versão mais enxuta e customizável do RPG mais jogado do mundo. Ele foi influenciado pela mecânica de várias edições, especialmente a 3.x e a 4ed. (sendo que as influencias dessa última estão bem mascaradas para não afugentar os 4haters), portanto passa uma sensação de familiaridade para qualquer jogador experiente de D&D.

As regras são simples, facilitam a vida do mestre no preparo das aventuras (mestrei algumas no improviso durante o playtest) e os combates são rápidos, não precisam tanto de um grid como a 3.x e a 4ed.

Tive a impressão de que se trata de uma versão de D&D muito amigável para iniciantes, mas que ainda tem seu apelo para jogadores experientes.

Citar
E o que vcs queriam que ele fosse?

A minha expectativa é a de que o D&D 5ed. seja um D&D 3.x sem as coisas que me irritavam nesse sistema e que seja mais divertido do que todas as outras versões de D&D que já foram lançadas.

Pelo que eu vi, o sistema já deu alguns passos importantes nesse sentido com a simplificação das regras de combate e ataques de oportunidade, além do bônus padronizado de proficiência, das regras para Backgrounds, da mecânica de Vantagem/Desvantagem, sem falar das mudanças nos conjuradores e nas regras de magia (como a regra de concentração, que impede o acúmulo de várias magias com efeito contínuo).

Resta saber se eles vão conseguir alcançar um equilíbrio ao menos razoável entre as classes, pois esse costuma ser o calcanhar de Aquiles da maioria das edições de D&D. Não estou falando de algo no nível da 4E, pois o ponto forte dessa edição é justamente o equilíbrio, mas algo pelo menos aceitável e que possa ser contornado sem exigir muito trabalho do mestre -eu sei que é difícil eles terem êxito aqui, mas eu ainda aguardo pela versão final para saber se as alterações na matemática foram realmente proveitosas.
« Última modificação: Junho 16, 2014, 07:38:00 pm por Lunguinho »

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #23 Online: Junho 16, 2014, 08:06:54 pm »
OFF: Aliás, vi que você gosta e conhece bem o FATE, Hikaru. Sabe dizer se ele funciona bem para fantasia medieval? Vi só a Accelerated Edition e com ela ainda não ficou claro se o sistema suporta bem um jogo com essa temática. Pode responder no tópico do FATE para não alimentar o OFF aqui.  :)

Links falam mais do que palavras:
http://www.killershrike.com/Fate/Fae/Pathfinder/PathfinderFateAccelerated.aspx
https://www.kickstarter.com/projects/1894400580/amethyst-fantasy-and-technology-collide
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #24 Online: Junho 16, 2014, 08:25:59 pm »
Citar
Resta saber se eles vão conseguir alcançar um equilíbrio ao menos razoável entre as classes

Acho dificil essa. por que qualquer coisa que deixe os combatentes próximos aos conjuradores já provoca faniquitos
War never changes

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #25 Online: Junho 16, 2014, 09:47:27 pm »
Luguinho, como diria Quentin Tarantino "Você tem que saber esconder sua fonte", ou algo do gênero, e tem que saber vender sua ideia e para quem vender sua ideia. Se tem algo que qualquer que trabalha com público sabe, seja um publicitario, seja um caixa de supermercado, é:

Se você perder um cliente, não vale mais a pena correr a trás dele, ele não vai voltar e provavelmente vai espanhar a insatisfação por todo lado.

O jeito é correr atrás de nova freguesia e se reinventar, que perder tempo e dinheiro em tentar reconquistar freguês que não quer te ver nem pintado de ouro. O problema da Wizards é dar bola para freguês que não vai voltar e não vai ficar satisfeito até ver um AD&D 2ª edição Deluxe ou algo do gênero, enquanto perde os freguês que conseguiu com D&D 4e e D&D Insider que dava mais grana que toda a linha D&D junta, mas muita gente adora ignorar esse fato. 

Eu faria muito grounard chorar, mas tentaria ganhar o máximo de fãs novos, que vão realmente sustentar meu produto e talvez até expandir a linha em outros fronts. Tipo com revistas em quadrinhos e pelucia do Drizzt pelado, filme porno oficial de D&D em FR (porque Faerun é uma zona mesmo), aplicativos de Android e outras coisas de marketing agressivo.

Talvez me focar em .pdfs para reduzir custos e imprimir por demanda linhas clássicas de edições anteriores. Qualquer coisa para manter a linha principal e meu emprego. Porque ao contrario de Mearls, eu tenho uma ideia do que estou fazendo porque já fiz Administração, mesmo que não tenha terminado, coisa que duvido que alguem na Wizards fez.

Alem de um pouco de Marketing, porue nunca vi uma edição e D&D com tão pouco comentário a respeito.

Serio, ninguem tá comentando nos outros topicos, mesmo com os "preview" que sairam, no máximo um "meh" ou "edição X faz Y melhor".

E sim, eu conheço Fate Core e Accelerated, droga, eu faço propaganda quando posso. O topico que faz propagranda aqui na Spell é de minha autoria, não só dá para jogar medieval, mas tambem Super e Sci-Fi. Eu tava até fazendo um hack do Mundo das Trevas e rabiscando um de Shadowrun, já que a 5e de SR tá osso.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #26 Online: Junho 16, 2014, 11:01:08 pm »
Se você perder um cliente, não vale mais a pena correr a trás dele, ele não vai voltar e provavelmente vai espanhar a insatisfação por todo lado.

O jeito é correr atrás de nova freguesia e se reinventar, que perder tempo e dinheiro em tentar reconquistar freguês que não quer te ver nem pintado de ouro. O problema da Wizards é dar bola para freguês que não vai voltar e não vai ficar satisfeito até ver um AD&D 2ª edição Deluxe ou algo do gênero, enquanto perde os freguês que conseguiu com D&D 4e e D&D Insider que dava mais grana que toda a linha D&D junta, mas muita gente adora ignorar esse fato. 

Realmente, me parece mais sensato angariar novos jogadores do que recuperar os que já foram perdidos, mas a impressão que eu tenho é que eles não sabem como fazer isso. Aliás, a própria 4ed. foi uma tentativa de trazer um novo público ao D&D, mas pelo visto eles falharam em recrutar novatos. Deve ser por isso que eles optaram por esse caminho de reconquistar os jogadores antigos.

Citar
Eu faria muito grounard chorar, mas tentaria ganhar o máximo de fãs novos, que vão realmente sustentar meu produto e talvez até expandir a linha em outros fronts. Tipo com revistas em quadrinhos e pelucia do Drizzt pelado, filme porno oficial de D&D em FR (porque Faerun é uma zona mesmo), aplicativos de Android e outras coisas de marketing agressivo.

Eles estão começando agora a enveredar com mais afinco por esse lado de transformar D&D em uma marca multimídia. Só me pergunto o porque deles não terem feito isso ainda na época da 4ed, que inclusive era boicotada por produtos da própria Wizards, visto o D&DO que se utilizava da mecânica da 3.x.


Citar
Talvez me focar em .pdfs para reduzir custos e imprimir por demanda linhas clássicas de edições anteriores. Qualquer coisa para manter a linha principal e meu emprego. Porque ao contrario de Mearls, eu tenho uma ideia do que estou fazendo porque já fiz Administração, mesmo que não tenha terminado, coisa que duvido que alguem na Wizards fez.

Alem de um pouco de Marketing, porue nunca vi uma edição e D&D com tão pouco comentário a respeito.

Serio, ninguem tá comentando nos outros topicos, mesmo com os "preview" que sairam, no máximo um "meh" ou "edição X faz Y melhor".

Também tenho a sensação de que essa edição nova de D&D está fazendo menos barulho do que as outras na ocasião de seu lançamento. Mas também não é pra menos, já faz dois anos que ela foi anunciada e o playtest já matou boa parte da curiosidade do público. Também não ajuda o fato de D&D ter sofrido revisões/novas roupagens com alta frequência desde que caiu na mão da Wizards: D&D 3E em 2000, 3.5 em 2003, 4E em 2008, Essentials em 2010 e agora a 5E em 2014; uma hora o pessoal ia se desinteressar pelo anúncio de novas edições, já que isso está se tornando corriqueiro.

Mas não acredite que ninguém se interessa pelo jogo apenas pela reação dos membros desse fórum, pois o desinteresse pela 5ed. é muito maior aqui do que em vários outros fóruns/grupos de RPG.

Citar
E sim, eu conheço Fate Core e Accelerated, droga, eu faço propaganda quando posso. O topico que faz propagranda aqui na Spell é de minha autoria, não só dá para jogar medieval...

Opa, calma aí, não tive a intenção de te provocar ou algo assim com a minha pergunta naquele tópico. Já sabia que você conhecia bem o FATE e justamente por isso eu te perguntei se ele funciona bem para fantasia, visto que o assunto em pauta aqui era justamente sobre sistemas desta temática, como D&D e 13th Age.

Como o meu conhecimento a respeito do FATE é superficial, gostaria de uma opinião mais embasada, pois coincidentemente um colega meu disse que gosta do FATE pra tudo, menos fantasia medieval.

Citar
...mas tambem Super e Sci-Fi. Eu tava até fazendo um hack do Mundo das Trevas e rabiscando um de Shadowrun, já que a 5e de SR tá osso.


Eu já tinha percebido que ele funciona bem pra Supers, Sci-Fi e me parece bem adaptável. Só estava em dúvida quanto à fantasia, pois não sei bem como funcionam as magias em FATE.
« Última modificação: Junho 16, 2014, 11:11:21 pm por Lunguinho »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #27 Online: Junho 17, 2014, 12:03:03 am »
Sem problema Lunguinho, e que é difícil transmitir animação ao invés de irritação através da net... Geralmente eu to mais respondendo pergunta sobre Fate na comu no Facebook, explicando como Estiloso pode ser usado para Hacker computadores ou coisas do tipo.

Btw, é Fate, escrito normalmente. Já que não é mais uma singla.

Fate Core e FAE funcionam bem para medieval, mas sistema de magia pode ser um pouco estranho de fazer. Já que Fate Core não tem exemplos dele no livro básico, mas sim no System's Tool Kit. E FAE funciona na base de Aspectos como "Mago da Esquiva", "Feiticeiro de Combate", "Artista Marcial Mistico" e "Avatar perdido a 100 anos...", aonde você pode usar suas Abordagens para fazer efeitos mágicos como descrição.

Alem disso tambem existem Façanhas para invocar Elementais/Fantasma/Robos-Aracnideos-Explosivos, uma vez por sessão, para ajuda-lo. Usar Criar Vantagens e Sobressair para magia Ritual e coisas do tipo.

Entre outras coisas, muitas outras coisas, especialmente nas postagens da comu americana do Google+. Que sempre tem coisas sendo postadas por lá, como Hacks de Warhammer 40k (FAE, com direto a regras de combate em massa, pelo que me lembre), Shadowrun (Core e FAE) e Dresden Files (atualizado para Core), alguns de fantasia medieval, pelo menos uns dois de Exalted (Core como FAE).

E uma comu muito animada!
« Última modificação: Junho 17, 2014, 11:17:07 am por Hikaru »

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #28 Online: Junho 17, 2014, 12:04:00 am »
Eu já tinha percebido que ele funciona bem pra Supers, Sci-Fi e me parece bem adaptável. Só estava em dúvida quanto à fantasia, pois não sei bem como funcionam as magias em FATE.

Mais links!
http://fate-srd.com/fate-system-toolkit/magic
http://www.killershrike.com/Fate/Fae/Pathfinder/SimpleMagic.aspx
https://docs.google.com/document/d/12i7zMDhRI0_URRvIj_NsTsYl1A4AseiYWxNEgJ8adOs/edit?hl=pt-PT&forcehl=1

Resumindo: não é unificado, mas pode-se usar o que o jogo te dá (Abordagens, no caso do FAE) pra fazer as magias ficarem mais "interessantes".
No caso de fantasia, eu mesmo estou experimentando tons variados, já que estou pensando em colocar armaduras para conter o Stress e aumentar a cautela dos jogadores que preferem os personagens sem armadura. Tirando isso, Stress + Complicações são um tanto mais interessantes do que HP o tempo todo (no caso de Fate, claro XD).

EDIT: E mais umas coisas sobre o Next via tgdmb: http://tgdmb.com/viewtopic.php?t=55300&highlight=&sid=e153b8d46ea3e7ae89844b61a89d2753

Citação de: CapnTthePirateG
So apparently Mearls and co on record as saying that the system is there to give vague DM guidelines, so sayeth Giant in the Playground.

And with that I can't really see a reason to actually buy the game.

First, I don't like the idea that I can build a character and still have no idea what it does.  If I max out Bluff at 1st level am I a good liar or a noob?  Who knows?  Why did I spend $50 on a book that won't tell me the answer?

Second, again, if all you're going to give me is guidelines and tell me to make shit up, I don't need you to tell me this.

Than again, this is the result of putting Mearls in charge, a designer responsible for the same edition which was being outsold by Wizards' previous product slightly modified made by the same guys who used to work for Wizards.
« Última modificação: Junho 17, 2014, 01:42:05 am por Atmo »
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Offline VA

  • Moderador
  • Be vigilant
    • Ver perfil
    • Adepto do Heroísmo
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #29 Online: Junho 17, 2014, 10:43:45 pm »
Pô, Hikaru, maneira aí nas tuas mensagens. Ofensa pessoal AINDA é contra as regras do fórum. Nem lembro mais o processo de dar advertência, mas assim que lembrar eu dou.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #30 Online: Junho 18, 2014, 01:56:14 pm »
Desculpe, me irritei. Vou tentar não pegar tão pesado na próxima.

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #31 Online: Julho 02, 2014, 04:36:48 pm »
E olhem só que coisa interessante (pra mim): capas do D&D Next (e alguns replays) japonesas. Sim, falei JAPONESAS.

(click to show/hide)

Isso é feito com quase toda versão de D&D, o que a deixa trocentas vezes mais interessante do que realmente é. Se eu tivesse pego os livros da 3.5 com ilustrações desse naipe, nunca teria ido atrás de outros jogos (67% de certeza).
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #32 Online: Julho 02, 2014, 05:21:44 pm »
Citar
E olhem só que coisa interessante (pra mim): capas do D&D Next (e alguns replays) japonesas. Sim, falei JAPONESAS.

Mas como, se Hobby Japan anunciou que não vai traduzir D&D Next (ainda) e não há indício de tradução alguma de Next (ao menos na Alemanha, Itália e Japão)?

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #33 Online: Julho 02, 2014, 05:41:21 pm »
Eu tinha ouvido falar nisso, também, via Enworld. Mas eu achei que fosse só alarmismo, mas...

Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #34 Online: Julho 02, 2014, 05:41:48 pm »
Tem d&d no japão  :blink:

(click to show/hide)

Eu fico com a arte dos ilustradores americanos mesmo, muito obrigado  :b
War never changes

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #35 Online: Julho 02, 2014, 05:59:51 pm »
Citar
u tinha ouvido falar nisso, também, via Enworld. Mas eu achei que fosse só alarmismo, mas...

Foi também onde eu vi. Also, a tradução do trecho da Hobby Japan:

(click to show/hide)

É algo bastante estranho de se ler. Ou a Wizards of the Coast desistiu de mercados estrangeiros, vai passar a traduzir internamente seu material ou vai deixar para licenciar traduções depois do DMG, como fará a respeito de material 3rd-Party.
« Última modificação: Julho 02, 2014, 06:02:10 pm por Evola »

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #36 Online: Julho 02, 2014, 06:03:45 pm »
Pelo que parece, Alemanha e Itália também não terão versões nas línguas desse país, inicialmente. Ou em planos...

Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #37 Online: Julho 02, 2014, 06:11:46 pm »
Vai chover gente falando loucuras com a Devir e sua tradução... Acho que devo ter visto alguma página traduzida, mas devo ter acordado em seguida.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Offline Heitor

  • Demagogo
    • Ver perfil
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #38 Online: Julho 02, 2014, 10:23:54 pm »
Pelo que parece, Alemanha e Itália também não terão versões nas línguas desse país, inicialmente. Ou em planos...

Não foi na Alemanha que o D&D4 tomou pau de The Dark Eye? Não me admira que não queiram traduzir ainda.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #39 Online: Julho 02, 2014, 11:17:49 pm »
É algo bastante estranho de se ler. Ou a Wizards of the Coast desistiu de mercados estrangeiros, vai passar a traduzir internamente seu material ou vai deixar para licenciar traduções depois do DMG, como fará a respeito de material 3rd-Party.

Realmente, se trata de uma notícia bem surpreendente mesmo. Dentre as hipóteses acima, preferia que a editora traduzisse internamente seu material (chega de Devir!), mas não sei se eles estão dispostos a apostar nisso. Não duvido que eles tenham deixado para licenciar as traduções junto com o material 3rd-Party após o DMG, apesar de não fazer muito sentido eles barrarem as traduções agora e seis meses depois as liberarem. 

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #40 Online: Julho 02, 2014, 11:51:37 pm »
Pelo que parece, Alemanha e Itália também não terão versões nas línguas desse país, inicialmente. Ou em planos...

Não foi na Alemanha que o D&D4 tomou pau de The Dark Eye? Não me admira que não queiram traduzir ainda.
E porque eles ficaram tão traumatizados com as regras de The Dark Eye que os consumidores sofrem de Síndrome de Estocolmo apos uma ou duas sessões e não conseguem parar de jogar aquilo...
« Última modificação: Julho 03, 2014, 12:04:12 am por Hikaru »

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #41 Online: Julho 03, 2014, 12:11:43 am »
Não é como se a galera do 3.5 fosse largar pra jogar um d20 novo, mesmo na língua deles. Melhor assim, mas eu quero os meus livros com ilustrações japas.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #42 Online: Julho 03, 2014, 12:47:58 am »
Citar
Não foi na Alemanha que o D&D4 tomou pau de The Dark Eye? Não me admira que não queiram traduzir ainda.
`

Que eu saiba (vulgo, word of mouth na RPG.net), esse não foi necessariamente o motivo. Aparentemente, a Wizards of the Coast passou a exigir tiragens e vendas maiores de livros para a Feder&Schwert, que não tinha condições de arcar com isso e desistiu de manter a licença em 2008.

Citar
E porque eles ficaram tão traumatizados com as regras de The Dark Eye que os consumidores sofrem de Síndrome de Estocolmo apos uma ou duas sessões e não conseguem parar de jogar aquilo...

É a mesma visão que diversos indie gamers tem de jogadores de D&D y Similares.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #43 Online: Julho 03, 2014, 02:54:59 pm »
Saiu o Basic Rules do DnD 5/Next/sei-lá-qual-o-nome-dessa-edição.

Segundo  o Mearls, só com esse conjunto de regras você poderá jogar o atual sistema sem problemas (inclusive, ignorando materiais como PHB, MM e DMG).

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #44 Online: Julho 03, 2014, 03:29:03 pm »
sei-lá-qual-o-nome-dessa-edição

Edição em que todo mundo vai jogar de humano  :b
« Última modificação: Julho 03, 2014, 03:52:25 pm por Mr. Roboto »
War never changes

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #45 Online: Julho 03, 2014, 05:28:09 pm »
Ah, ainda dá pra jogar de elfo da madeirada, tá valendo.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #46 Online: Julho 03, 2014, 06:03:32 pm »
Citar
Edição em que todo mundo vai jogar de humano

Existe uma versão "opcional" da raça que tem +1 em dois atributos, 1 talento extra e uma perícia treinada extra.

Mas, existe outro detalhe que me incomoda - porque diabos o Mountain Dwarf tem +2 em Força, se todas sub-raças dão +1 em atributo?

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #47 Online: Julho 03, 2014, 06:31:04 pm »
Dei uma olhada no pdf e essa edição não me parece nada mais que uma 3e recauchutada
War never changes

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #48 Online: Julho 03, 2014, 06:38:24 pm »
Citar
Dei uma olhada no pdf e essa edição não me parece nada mais que uma 3e recauchutada

A influência de D&D 4e é bastante óbvia nele, especialmente em Proficiency, que é o equivalente do +1/2 Nível, além do Recovery Dice,, mecânicas ainda mais unificadas em diversos aspectos e a existência de builds específicos e distintos, como os domínios altamente influentes (lembrando o Clérigo Essentials).
« Última modificação: Julho 03, 2014, 06:42:13 pm por Evola »

Offline AKImeru

  • Coordenação
  • "Ranmaru! O Meu Rapidash!"
    • Ver perfil
    • Playing Hero
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #49 Online: Julho 03, 2014, 07:24:09 pm »
O monge é ainda um coco?

Eu quero ser hardcore mas o Mearls não deixa.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #50 Online: Julho 03, 2014, 07:28:55 pm »
No pdf só tem as 4 classes básicas: guerreiro, clérigo, ladino e mago
War never changes

Offline Smaug

  • [Mensagem pessoal - altere no seu perfil!]
    • Ver perfil
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #51 Online: Julho 03, 2014, 07:31:28 pm »
Citar
O monge é ainda um coco?
No playtest que eu peguei o monge voltou a ter todas aquelas habilidades inúteis da 3.x e mudaram a rajada de erros, mas não ficou melhor não...
This happens all the time. No matter how epic the battle, once begun, the thing sounds more or less like a bingo game: People shout out numbers and other people get excited about them.

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #52 Online: Julho 03, 2014, 07:57:02 pm »
Provavelmente vão lançar cada classe, raça, opções e magias novas via site, com pdfs ao custo de 99 cents de doletas. Ou não.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Offline Heitor

  • Demagogo
    • Ver perfil
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #53 Online: Julho 03, 2014, 09:05:52 pm »

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #54 Online: Julho 03, 2014, 09:20:08 pm »

BROTHEEEEEEEEEEEER
« Última modificação: Julho 03, 2014, 09:21:58 pm por Lumine Miyavi »

Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Offline AKImeru

  • Coordenação
  • "Ranmaru! O Meu Rapidash!"
    • Ver perfil
    • Playing Hero
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #55 Online: Julho 03, 2014, 09:34:12 pm »
Ok
Clérigos - Quem dá a minima para clérigos?
Guerreiros - Isso aqui é x10000000000000000000 mais interessante de suas versões 3.X cacilda, SUPORTE NATIVO A GUERREIROS QUE LUTAM COM APENAS UMA ARMA DE UMA MÃO eu me sinto -vindicado-  :haha: :haha: :haha:
Rogue - Dat Cunning Action! Faz uma classe "meh" ser bem interessante! Sério isso parece divertido.
Mago - "The wizard's life is seldom mudane" well fuck you too Mearls

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #56 Online: Julho 04, 2014, 12:10:59 am »
Citar
Clérigos - Quem dá a minima para clérigos?

Clérigos recebem as duas habilidades de classe mais problemáticas do Basic:

Destroy Undead é praticamente inútil por só afetar criaturas com um CR risível comparável ao nível que você está (é tão ruim que achei que dariam para o Guerreiro como uma habilidade de nível 20, mas não, nem isso ele terá mais).

E Divine Intervention é potencialmente incrível, mas é tão "Dependente do Bom Humor do DM" que não dá para saber o seu valor.

Citar
Guerreiros - Isso aqui é x10000000000000000000 mais interessante de suas versões 3.X cacilda, SUPORTE NATIVO A GUERREIROS QUE LUTAM COM APENAS UMA ARMA DE UMA MÃO eu me sinto -vindicado

Yep, é um suporte incrível para eles, ao usar uma opção mecânica obviamente inferior, você recebe um bônus estático obviamente inferior a outras alternativas (+2 em ataque com Arquearia, e bônus em ataque é algo muito escasso em Next).

Mal posso comparar isso com a habilidade de controlar o universo com suas mãos. Pobres Conjuradores Primários, eles morrem de inveja dos Duelistas.  :P

Citar
Rogue - Dat Cunning Action! Faz uma classe "meh" ser bem interessante! Sério isso parece divertido.

O Ladino é a classe mais interessante do Playtest, devido a Cunning Action e Uncanny Dodge (Um ataque, por turno, causa metade do dano em você).

Contudo, o Ladino também serve para lembrar do detalhe que mais me preocupa em Next - Ações Extras e o risco de destruir a Economia de Ações, algo que D&D 3.0 e seu Haste mostravam muito bem, além de quase todo versão de WoD.
« Última modificação: Julho 04, 2014, 12:27:04 am por Evola »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #57 Online: Julho 04, 2014, 12:47:40 am »
evola, aonde vc viu D&D 4e no D&D next? So por curiosidade.

Btw, pelo que li de Dark Eye, ele é esquizofrenicamente bizarro.

Citar
I would like to see an OSSR of the dark eye. (4ed)

Some teasers:
resolution mechanic: 3d20 (for skills)
Every skill has three attributes associated.
Every dice needs to roll under his attribute.
If you have for an example an skill of 5 you can pretend your attributes are five higher (not every attr. 5 higher, but one 2 and one 3 or any other combination)
Some things are more difficult than others. On those you get an malus on your skill check.
What if your malus is higher than your skill?
Example malus 10, skill 5. --> you get -5 to every atribute!

In combat you only roll 1d20 but both attacker and defender roll.

Character generation was stolen from GURPS, but made worse.

« Última modificação: Julho 04, 2014, 12:50:45 am por Hikaru »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #58 Online: Julho 04, 2014, 02:17:12 am »
Citar
evola, aonde vc viu D&D 4e no D&D next? So por curiosidade.

Antes de tudo, o óbvio - nem todas essas características são exclusivas da 4e, mas são bastante associadas a ela.

1. Separação de Descansos Curtos e Descansos Longos, onde o primeiro permite recuperar PVs utilizando os outrora chamados Recovery Dices (agora não tem mais um nome especial) e o segundo, recuperar todos os PVs e Recovery Dices. Basicamente, são os Healing Surges camuflados (embora, no Next, Surgeless Healing é bem mais comum).

2. Proficiency Bonus evoluindo praticamente tudo (Ataques, Ataques de Magias, Testes de "Perícias", Testes de Resistência e CDs de Magias) é uma forma mal camuflada do +1/2 nível em quase tudo da 4e.

3. Raças dão apenas benefícios, característica típica da 4e.

4. Sistema de "Perícias" com uma lista relativamente enxuta, cujas perícias são ou Treinadas (Recebe Bônus de Proficiência) ou Não, sem o uso de pontos (3e) ou porcentagens (AD&D).

5. Armas com propriedades claras e bem definidas, que são ligadas a certos estilos de combate em classes combatentes. Isso aqui já havia antes em D&D, mas o formato de apresentação e as propriedades são obviamente 4e. O uso de armaduras também é praticamente 4e-like (Armaduras Leves permitem uso de Destreza, Pesadas não - adicionando as Médias, que permitem Destreza +2).

6. Praticamente ausência de efeitos Save vs Die (alguns monstros retém isso, mas são excepcionais, como Beholder, Devorador de Mentes ou Asmodeus) e eu não me lembro de ter visto Danos de Atributo e Dreno de Nível (coisas que felizmente, a 4e aboliu).

7. Conjuradores tem magias à vontade (Cantrips), que evoluem com o passar dos níveis e permitem que o Conjurador nunca fique sem seus poderes mágicos, além de poder utilizar magias arcanas com armaduras que o personagem é proficiente, sem penalidade alguma. Algo bastante 4e-like (Conjuradores conseguiram o melhor da 3.5 e da 4e, afinal, quem não ama eles?)

E sim, eu sei que Next não é exatamente o sonho dourados dos fãs de D&D 4e e que nem tudo que eu listei é exclusivo da 4e (Reserve Feats existiam no 3.5 e eram o equivalente de Magias a Vontade, por exemplo), mas negar a influência dessa edição em Next é algo obviamente falso.
« Última modificação: Julho 04, 2014, 05:44:49 am por Evola »

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #59 Online: Julho 04, 2014, 02:09:41 pm »
Exceto que o bônus é +2 +1/5 do nível, em lugares específicos, ala D&D 3ª edição, e mais especificamente como Testes de Salvamento Ruim das classes, se fosse igual a D&D 4ª esse bônus se aplicaria a TUDO não ao que vc é proficiente (outra mecânica duvidosa). Então, não Evola, isso definitivamente não é uma progressão de D&D 4e edição camuflada.

Perícias enxutas exitem em UA, e outros produtos da linha d20, não é exatamente exclusividade ou novidade no D&D 4, sem falar que vc não recebe +5 no bonus nas pericias treinadas e apenas o 1/2 do nivel no resto.

Armadura funcionam mais como D&D 3 também, ja que em D&D 4ª vc pos uma amadura esa vc perde seu bonus de Des ou Inteligencia na CA, agora voltamos a apenas bonus de Destreza na CA, de novo D&D 3ª.

Esta percebendo um padrão?

D&D next é D&D 3.1/4x[Y-Z], esta longe de D&D 4e, ela não possui combate tático, não possui Desafio de Perícia, aparentemente vc só pode ser um Murderhobo para ganhar XP, voltou as Tendencias antigas, retiraram os Testes de Resistência fixo, modificou (ou melhor, retornou) totalmente como vc adquires poderes e um monte de outras coisas que não vou cintar por levar uma quantidade imensa de tempo e por não achar que vale a pena.
 
Então, não Evola, pouca coisa de D&D 4e sobreviveu a onda de Nostalgia que se apossou dos designer quando estavam fazendo sei lá o que por três ou quatro anos tentando fazer o que saiu.

Eu não sinto vontade de jogar D&D next, porque por mais que leia ele, mais sinto como se estivesse lendo um livro de regras antigo ou algum hack de internet para algum PbF de FR.

Offline AKImeru

  • Coordenação
  • "Ranmaru! O Meu Rapidash!"
    • Ver perfil
    • Playing Hero
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #60 Online: Julho 04, 2014, 02:52:40 pm »
Citar
Yep, é um suporte incrível para eles, ao usar uma opção mecânica obviamente inferior, você recebe um bônus estático obviamente inferior a outras alternativas (+2 em ataque com Arquearia, e bônus em ataque é algo muito escasso em Next).

E -isso- é ainda melhor do que "Oh tu tá usando só uma arma em uma mão e nada em outra? Problema é teu fera."

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #61 Online: Julho 04, 2014, 05:50:33 pm »
Citar
Yep, é um suporte incrível para eles, ao usar uma opção mecânica obviamente inferior, você recebe um bônus estático obviamente inferior a outras alternativas (+2 em ataque com Arquearia, e bônus em ataque é algo muito escasso em Next).

E -isso- é ainda melhor do que "Oh tu tá usando só uma arma em uma mão e nada em outra? Problema é teu fera."
Cara ainda pode dizer "to usando a manopla da outra mão pra socar".
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #62 Online: Julho 04, 2014, 06:22:03 pm »
Cara ainda pode dizer "to usando a manopla da outra mão pra socar".
Sabe qual é a parte ruim?

Não pode.

Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Offline Atmo

  • Observe as estrelas, mas não largue seu coração
    • Ver perfil
    • Atmoland
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #63 Online: Julho 04, 2014, 06:27:25 pm »
Cara ainda pode dizer "to usando a manopla da outra mão pra socar".
Sabe qual é a parte ruim?

Não pode.
Ele pode dizer que usa, funcionar é outra história/house rule. Sem falar que manopla é arma leve, pode ter mestre que aceite... Imagine os monges nascidos de guerreiro, usando manoplas e pegando twf pra "simular" ou "skinnar" o personagem.
Narrando:
OVA: The Anime Role-Playing Game, 3D&T, Double Cross.

Jogando:
D&D 5e T.T

Offline AKImeru

  • Coordenação
  • "Ranmaru! O Meu Rapidash!"
    • Ver perfil
    • Playing Hero
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #64 Online: Julho 04, 2014, 06:49:19 pm »
Em D&D 4e eu usava um Ranger com manoplas de combate para representar Grangulak, o Orc Monge.

Offline Lumine Miyavi

  • "I am- you can call me... Red mage."
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re: (D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #65 Online: Julho 05, 2014, 08:33:17 am »
Aquele orc, oh my.

Enviado de meu Galaxy Y (de pobre) usando o Tapatalk 2


Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Red Mage, (Romancing Saga: Minstrel Song, ps2)

Offline AKImeru

  • Coordenação
  • "Ranmaru! O Meu Rapidash!"
    • Ver perfil
    • Playing Hero
Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #66 Online: Julho 05, 2014, 01:58:55 pm »
Aquele orc, oh my.

Enviado de meu Galaxy Y (de pobre) usando o Tapatalk 2



Se é D&D, e eu sou jogador, eu estou jogando de Grangulak. É o meu "main" de fantasia.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #67 Online: Julho 16, 2014, 06:42:35 pm »
Citar
Yep, é um suporte incrível para eles, ao usar uma opção mecânica obviamente inferior, você recebe um bônus estático obviamente inferior a outras alternativas (+2 em ataque com Arquearia, e bônus em ataque é algo muito escasso em Next).

E -isso- é ainda melhor do que "Oh tu tá usando só uma arma em uma mão e nada em outra? Problema é teu fera."

O bônus em arquearia é superior às outras alternativas pra compensar que um guerreiro arqueiro não vai se beneficiar das proficiências em armaduras médias e pesadas como acontece com os guerreiros de outros estilos, pois a destreza alta com armadura leve já dá conta do recado.

E o +2 em dano para o uso de arma de uma mão não é tão ruim se considerarmos que o guerreiro aumenta o seu dano na progressão de níveis através de ataques múltiplos, então esse +2 se torna quase um +8 no 20º nível. Na prática o que esse estilo faz é dar o dano de uma arma de duas mãos para uma arma de uma mão utilizada pelo personagem.

Inclusive eu achei estranho que não há nenhuma restrição ao uso de escudos nessa feature, lá está escrito apenas que o personagem não pode estar usando outra arma. Um personagem com Dueling Style e escudo se beneficiar dessa feature não me parece de acordo com as RAI.

De toda forma me parece viável fazer um guerreiro com Dueling Style e o feat Grappler para lutar com uma arma em uma mão e utilizar a outra para segurar seus inimigos. Para fazer um duelista icônico, daqueles que utilizam sabre ou espada curta em uma mão só, eu ainda prefiro utilizar o ladino do que o guerreiro.

Re:(D&D Next) Conclusões Finais...
« Resposta #68 Online: Julho 16, 2014, 11:38:52 pm »
Mas se você considerar que não importando o estilo, minha irmã bate mais forte que um guerreiro de 20 niveis, acho que temos um problema....