Autor Tópico: Vamos Jogar: SaGa Frontier! - Abridged e Revivido!  (Lida 26972 vezes)

0 Membros e 1 Visitante est„o vendo este tůpico.

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Vamos Jogar: SaGa Frontier! - Abridged e Revivido!
« Online: Julho 16, 2016, 02:58:19 pm »
Ah, a série SaGa, a filha feia da Square(enix).

Lançado originalmente no começo dos anos 90 final dos anos 80, a Série SaGa começou com o lendário "Makai Toushi SaGa", que ficou conhecido no ocidente como The Final Fantasy Legends (1 ao 3). Feito sempre pela "segunda divisão" (e com o mesmo destaque que isso proporciona) da Square(enix), SaGa como um todo sempre foi uma série de jogos mais experimental que Final Fantasy foi, e apesar de seu relativo desconhecimento no ocidente, tem uma grande fanbase no seu país de origem.

Makai Toushi Saga também é conhecido como o jogo onde "Você mata Deus com uma serra elétrica". :)

SaGa Frontier é o primeiro jogo dessa série que saiu no ocidente com seu subtitulo real (já que Romancing Saga 1, 2 e 3 para Snes não saíram oficialmente, e mesmo hoje em dia mal tem patch de tradução).



"Entre numa vasta fronteira onde sete jornadas são feitas, um herói por vez.

O destino sombrio de um mago, a vingan√ßa de uma mulher e at√© a busca de um rob√ī por alma. Sete aventuras incr√≠veis que se entrela√ßam numa s√≥ - a sua." (est√° escrito na capa de tr√°s do jogo)

Sete diferentes jornadas com sete diferentes protagonistas no mesmo universo.

Um nome, um jogo, uma incompreensão: SaGa Frontier. E sim, o gê é maísculo, mesmo.






Nossos sete heróis estão num pátio / lago sem nenhum relacionamento com qualquer história deles, mas é uma excelente imagem e faz parte do promo shot do jogo.


Lute, o herói da quest filler, um menestrel com nome de instrumento musical (o alaude).
Emelia, super modelo acusada de assassinar seu noivo, busca vingança e justiça.
T260, máquina com diretriz oculta em sua programação, esquecida após centenas de anos depois de sua missão original.
Riki, o jovem monstro que busca uma forma de salvar sua Região nativa da destruição certa.
Blue, com a missão de dominar todos os dons de magias para derrotar e assassinar seu nêmesis, seu próprio irmão gêmeo.
Red, um rapaz que ganha superpoderes para combater a organização criminosa que matou sua família.
Asellus, uma mulher que renasceu como uma criatura mítica, envolvida numa história de amor e traição.



Sete jornadas.
Seis heróis.
Cinco quests com desfecho satisfatório.
Uma com final WTF completo.
Uma com desfecho filler.

Algu√©m aqui tem alguma d√ļvida de qual eu vou fazer primeiro? <3

Lute e a jornada de menos de meia hora de material inédito
Emelia e super modelos contra o crime
T260 e a bab√° rob√ī contra m√°quina apocaliptica
Riki e a jornada pelos anéis do poder absoluto (de Varda?)
Blue e a sociopatia fratricida arcana (m√≠tica r√ļnica luminosa espa√ßo-temporal)
Red contra criminosos, monstros, maquetes e referências de Kamen Rider
=>Asellus e estranho conto da Guerra Civil das vampiras lésbicas (fantásticas e onde habitam)?


Pessoas, conheçam Asellus, a nossa primeira protagonista.



Uma pequena introdu√ß√£o mec√Ęnicas b√°sicas do jogo:

Não existem "níveis" como em RPGs normais, mas sim existem aumentos de atributos diretos, upgrades baseados em formas, ou atrelados a equipamento.

Existem 10 atributos (potencialmente) escalon√°veis e 1 fixo (apesar de variar entre os personagens)
(Abreviação in-game em negrito):

STRength: Dano corpo-a-corpo.
QUIckness: Velocidade dentro de combate, seu lugar na iniciativa.
INTelligence: Dano de armas de fogo
WILl: Parte do ataque m√°gico.
PSYchic: Parte da defesa m√°gica base.
VITality: Defesa física base, regeneração e pontos de vida.
CHArm: Efeito de certos status, tanto ofensivo quanto defensivo.

WP (Weapon Points): Ataques físicos ou baseados em armas gastam esses pontos.
JP (Jutsu Points): Ataques m√°gicos ou atrelados a magia gastam esses pontos.
HP (Hit Points): Quando zeram, você perde 1 LP e caí desacordado. Enquanto tiver LPs, pode ser curado. (ver abaixo)

e o atributo fixo,

LP (Life Points): √Č a quantidade de vezes que o personagem pode cair em batalha.

Já que toda vez que seu HP zera, você cai e perde 1 LP, um personagem com 10 LP pode cair 10x antes de ficar de fora do combate, por exemplo. Se seu protagonista perder todo LP, é game over imediato.

Um personagem fora de combate literalmente não participa até que descanse num (dos raros) hotéis ou usem um dos (raríssimos) itens restauradores.

Efeitos de morte automática ou tomar dano que exceda seu hp te causa 1 ponto de dano de LP. Aliados caídos ainda são alvos válidos contra inimigos tornando ataques em área extremamente perigosos (!): sem o HP para protegê-los, levam dano diretamente em LP (normalmente 1 por golpe recebido).

Exemplo: Lute recebe dano est√° com 0 hp; perdeu 1 LP. Na mesma rodada, uma baforada de drag√£o faz com que ele perca mais 1 LP.

Como dito anteriormente, impossível de aumentar esse atributo, mas é possível diminuí-lo através de um mercador especial que consome LPs permanentes em troca de itens poderosíssimos (uma espécie de "venda de alma").



Existem 4 raças jogáveis no mundo de SaGa Frontier, todas relacionadas as antigas raças dos primórdios da série SaGa.

Humanos: A raça genérica. Podem evoluir todos 10 atributos base naturalmente, e podem aprender técnicas de artes marciais, espada, armas de fogo, magia e esquiva.

Místicos: A raça mágica. Podem evoluir naturalmente CHA, HP, WP e JP. Tem até 3 equipamentos permanentes que permitem "devorar" inimigos, somando atributos aos seus e dando uma habilidade baseada no poder do inimigo. Podem aprender apenas magias.

Máquinas: A raça tecnológica. Não evoluem naturalmente, mas todo e qualquer equipamento aumentam atributos dos mechas. Além de terem uma chance de desenvolverem espontaneamente, podem também "dar download" em mechas inimigos para desenvolver novas habilidades.

Monstros: A raça bestial. Podem absorver habilidades de monstros caídos; não evoluem naturalmente exceto uma pequena quantia de HP a cada habilidade nova absorvida. Ter certas [habilidades chave] permitem monstros se transformarem para novas formas, algumas extremamente game breakers.

Qualquer coisa que saia do padr√£o, ou seja digna de nota vai ser mencionada! :D

Isso incluí cheats / exploits / bugs.



Dentro do Let's Play tamb√©m teremos uma escolha de personagens de grupo, certas decis√Ķes a tomar e qual caminho de desenvolvimento eu vou seguir com alguns personagens chave, em cada quest. O input de voc√™s ser√° pedido nesses instantes, n√£o se preocupem.

Tamb√©m vou inserir um pouco de "filler" narrativo dentro da hist√≥ria, baseado nas tradu√ß√Ķes extraoficiais do artbook Urai Kaitai Shinsho (The Essence of SaGa Frontier), que eu tenho fisicamente E participei desses esfor√ßos de tradu√ß√£o no GameFaqs. O jogo √© antigo e incompleto, e s√≥ gameplay poderia ficar chato. :3






Asellus, Orlouge, Mesarthim (e uma pessoa misteriosa)

√ćndice do Let's Play *em processo de reconstru√ß√£o*:
Post inicial (é esse aqui!)

Asellus Horror Story
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6
Parte 7 (final alterado por narrativa)
Parte B√īnus, e esclarecimentos de Asellus

I'm Blue da ba dee da ba daa
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Riki e os Anéis do Poder
Parte 1 (e esclarecimentos de Blue)
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5

Monstros, Modelos, Médicas, Mercenárias, Máscaras e Meliantes: A Maravilhosa Emelia Mostra sua Marca!
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4 (contextualiza√ß√£o e explica√ß√Ķes)
Parte EXTRA - final alternativo

O milagre que veio dos céus - T260G
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6 (com fotonovela e expans√£o dram√°tica)

Kamen Rider Metal Hero Super Tokusatsu Episódio RED
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6 - SERIES FINALE

O GRAN FINALE - Lute
Parte 1
Parte 2 - Gran Finale / Agradecimentos finais
« ŕltima modificaÁ„o: Maio 06, 2018, 02:34:33 am por Lumine Miyavi »

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #1 Online: Julho 16, 2016, 03:00:22 pm »
Introdução em vídeo (recomendada para entender o "feeling" dessa história), primeira parte desse post:
! No longer available


Soundtrack atual "Trick", tema de Facinataru.

[spoiler]


Nossa c√Ęmera passa por um √Ęngulo de cima pra baixo e mostra o interior de uma casa.


Uma pessoa no andar de baixo chama a de cima, "Gina", e ela responde.



Vou deixar a própria Gina narrar.

Meu nome é Gina, e eu trabalho para a alfaite-mestra há 3 anos. Inicialmente, eu odiava a atmosfera de Rootville. Eventualmente, eu me acostumei com as coisas aqui, incluindo a tirania do Chateau Aiguille.

Rootvile é onde ela mora, na vila abaixo; O nome da Região* é Facinaturu. A Região* de Facinaturu vive numa penumbra eterna, debaixo do calcanhar do rígido e caprichoso Orlouge.

(*Regi√£o √© o nome dado pra um "mundo" fechado, cada um com suas pr√≥prias culturas, ra√ßas √ļnicas, magia e tecnologia.)

Gina sobe até o sótão, onde ela reside.


Há muitos vestidos preciosos aqui... Todo ano, nós criamos um traje para alguém no castelo. Meus colegas dizem que é para um jovem príncipe que está adormecido há anos. Eu imaginei ver este príncipe, e que ele despertasse amanha...

Ela suspira, ruborizada ao pensar no prícipe.

Qual ser√° o destino que o aguarda...?

Temos um panorama do centro da Regi√£o.

"Chateau du Aiguille" / "Hari no Mushiro" / "O Castelo de Agulhas"



Um grito, e uma imagem subitamente faz um flash - uma carruagem!


Saltando da cama, nossa protagonista Asellus finalmente surge!

Que pesadelo terrível...! Onde eu estou? Por que a minha camisa está rasgada e com todo esse... sangue seco?

Uma voz ecoa pelas trevas e responde Asellus, antes de se revelar.

Você despertou até rápido. Humanos são bem mais resistentes que imaginei...

Onde eu estou? O que aconteceu comigo?!

Eu não estou aqui para lhe responder perguntas, e sim relatar quando você despertar.

Relatar o que pra para quem?! Minha tia? Sério, onde estou?!

Você não tem ideia do que aconteceu? Tsk. Você está em Facinaturu, a região governada pr Orlou

Ei, eu j√° disse isso. E em seguida, esse carinha de cabelo verde some e deixa Asellus no v√°cuo.


Okay, uh... deixa eu me acalmar. (Asellus respira fundo.) Eu estava indo fazer uma entrega pra minha tia na casa do Dr. Okonogi. E na volta, eu fui...

(a ficha caiu)

...atropelada por uma carruagem. Ser√° que eu ainda estou sonhando?! Eu preciso descobrir o que aconteceu comigo, e onde eu estou!

Asellus se levanta, sacode a poeira - e finalmente ganhamos controle dela. Horray!



Vamos aos pormenores sobre os sistemas de SaGa Frontier.




Asellus é uma meio-mística. Isso é o pontapé da história dela. Para todos os propósitos, trataremos Asellus como uma humana até que alguma coisa diferente aconteça.

Seus atributos iniciais s√£o fracos e pendem ligeiramente pro lado das armas de fogo / magia, com INT e WIL um pouco mais altas que STR, mas nada que um treino n√£o modifique ou especialize.

E em termos de armamentos, equipamentos e habilidades, Asellus é... uma folha em branco. Nenhum equipamento a não ser uma Blusa de Algodão como armadura (kek) e nenhuma habilidade.



Ela sa√≠ da sala onde estava e se depara com... caix√Ķes?


Caix√Ķes com GENTE dentro.


Ela estava na sala do fundo, rodeada por caix√Ķes com pessoas dentro.

Saindo do local onde estava, na parte baixa de Chateau Aiguille; Asellus anda um pouco, até encontrar uma pessoa aparentemente amistosa.


Q-quem é você? Por que está me encarando assim?!
Heh, assertiva e agressiva para uma humana. Isso vai ser bem interessante! E estamos sendo seguidos, até a próxima!

O homem some, e lacaios do lorde se aproximam de Asellus.


1: Você falou com Zozma!?
2: Como aquele infiel ousa entrar no castelo?!

Os lacaios vão embora, deixando Asellus sem reação.

Ent√£o o nome dele era... Zozma, huh...?

Continuando explorando o Chateau, Asellus encontra mais caix√Ķes com pessoas dentro.



Esse lugar não é nada feliz...

Suas buscas a levaram a tr√™s salas parecidas com a que acordou - no lugar onde estava sua cama, estavam caix√Ķes selados.

E na terceira...

...um caix√£o vazio. Com certeza isso n√£o vai ser importante em nenhum momento!

Em todos os locais que ia, Asellus não achava saídas:


Um corredor aberto dava para um parapeito onde monstros estavam. Sozinha, confusa e desarmada, ela foge das criaturas.


Asellus acha uma estranha poça que ao ser tocada, a envolve em pétalas e a transporta para uma sala semelhante.


Que local agrad√°vel...

Asellus adenta no jardim, e enquanto é distraída... é surpreendida por um vulto e esfaqueada.


West coast yo


E ela sangra... p√ļrpura. Asellus √© uma klingon. UMA KLINGON!!!!

No alto de uma sacada acima do jardim, um ser bem animado observa o sangue p√ļrpura de Asellus, e vai embora em seguida.



...e ela se levanta.


  Se isso √© um pesadelo, por favor, me deixe despertar!!!

Dando meia volta, a porta principal está aberta agora. Considerando que todas as outras estão fechadas, meio que é o nosso destino.


Na sala de trono, Asellus é recebida por toda corte, e aparentemente é rude.


Insolente!

Heh~

E a√≠ as pessoas da corte come√ßam a falar os t√≠tulos. S√©rio, √© o c√ļmulo do Overkill.




Ent√£o, estamos diante do Senhor Lorde da Cocada Preta de Alc√Ęntara Francisco Ant√īnio Jo√£o Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim Jos√© Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragan√ßa e Bourbon.

Oookay.

Mó legal isso aí, mas eu meio que não tenho nada a ver com vocês. Literalmente. Vocês são místicos.

Você foi esfaqueada por Ciato mas onde está seu ferimento? Mesmo antes disso, você foi morta atropelada pela minha carruagem.

!!!

A √ļnica raz√£o de voc√™ estar viva √© pelo meu sangue m√≠stico que corre nas suas veias. O sangue vermelho humano e o azul m√≠stico fizeram seu sangue p√ļrpura. Agora voc√™ √© uma meio-m√≠stica. E mesmo que seja meia humana, ainda tem ~obriga√ß√Ķes~ com nosso reino. Ildon.

Sim, meu lorde?

Você vai educar a menina. A Princesa White Rose lhe ajudará. Despertarei-a para que eduquem a menina. E Ildon? Arrume roupas melhores pra ela.

Toda corte some, menos Ildon.

Aceite seu destino. Tomaremos conta de você, mesmo que você seja só uma meio-mística. Vamos indo.


Vamos para Rootville pegar seu vestido, fizemos um pedido eras atr√°s.

A menos que você tenha um fetiche humano estranho por trapos com sangue seco.

Ugh...

Ent√£o, vamos.


E finalmente, o port√£o principal abre-se.

E agora, o jogo vai começar!

...na próxima atualização, hue. <3
[/spoiler]



Fanart de nossa narradora, Gina, e o vestido para o "Príncipe"... Asellus.
« ŕltima modificaÁ„o: Janeiro 04, 2018, 04:02:58 pm por Lumine Miyavi »

Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #2 Online: Julho 16, 2016, 10:12:52 pm »


Considerando que ela tinha sido atropelada por uma carruagem e o próprio rei assumiu que ela tinha morrido, não acho que "humanos acordam rápido" seja o comentário apropriado...


"Uéhhh" foi exatamente a minha reação também.

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #3 Online: Julho 18, 2016, 12:22:31 pm »
Continuando de onde paramos, Asellus estava prestes a tirar suas roupas rasgadas por um atropelamento de carruagem.

[spoiler]
E Asellus entra na loja e...


Okay, isso foi de zero a creepy em segundos.


Só um momento!

Caso não tenha ficado claro, Ildon é um cuzão.


R√°pido.

Ah, sim, senhor! Por aqui, por favor.

A dona, Gina e Asellus sobem a escada. Em alguns instantes, ela volta e coloca o vestido que ela está na tela de seleção de personagens.

Finalmente você se parece uma mística de verdade.


Ildon e Asellus v√£o embora, e a dona e Gina conversam.
Esse tempo todo, era uma mulher?

N√£o faz diferen√ßa. √Č uma m√≠stica.

Gina permanece pensativa.

Eu estava muito estarrecida que o príncipe herdeiro do Charm Lord era na verdade uma mulher. Mas a aparência explêndida de Lady Asellus ficou para sempre em minha mente.

E a cena muda. Alias, Ildon est√° literalmente como parte do grupo, temos acesso aos Stats dele.




Com quase 4x o hp de Asellus, atributos naturais altos e b√īnus em todos eles, Ildon √© uma for√ßa a ser respeitada.

Na sua grade de habilidades, ele tem 3 equipamentos / habilidades permanentes, como todo místico de respeito.

Lembra que na introdução eu falei que místicos não evoluem nada naturalmente sem ser Charm e os pontos de vida / recursos? Quando um místico desfere um golpe final num monstro "absorvível", o monstro é "devorado" pelo equipamento e te concede atributos extras.

Dentro dos equipamentos de Ildon, temos as almas dos monstros "Living Lance", "Battlefly" e Armorpilla".

Ildon também vem com as magias "Fascination" (chance de encantar inimigos) e "Phantasm Shot" (dano + chance de causar algum status negativo). Ambas magias são representadas pelo símbolo de um morcego, da magia "Mystic", a qual todo místico tem o "dom".



Ildon leva Asellus para um canto afastado do Chateau e começa seu "treinamento" com ela. Ele dá uma faca (normal, de pão) pra que ela se defenda e invoca 3 batalhas aleatórias.



Como uma pessoa confusa que nunca entrou em combate na vida, o resultado é previsível.


Asellus é derrotada 3x.

Urgh, j√° chega por hoje...

Nós andamos pelo Chateau até chegamos na sala com o caixão branco. Asellus se aproxima dele, e de dentro sai uma pessoa.


O que é uma "arquiprincesa"...?

Eu te educarei sobre tudo mais tarde. Místicos, a mim mesma e Lord Orlouge.

...


Eu vou at√© o quarto de Asellus, e ambos se separam. Asellus vai de novo ao encontro da Princesa White Rose, sem a presen√ßa inc√īmoda de Ildon.

Eu acredito que humanos as chamariam de "concubinas"

Concubinas?!

√Č, mas nossos relacionamentos s√£o diferentes daqueles dos humanos.

E como você...?

Lorde Orlouge drenou meu sangue, me transformando numa mística. Ao "encerrar" minha vida como humana, ele me deu vida eterna. Seu charme é irresistível.

Eu... não sinto nenhuma atração por ele.

√Č porque o sangue dele corre nas suas veias. Voc√™ herdou o poder dele.

Mas j√° chega por enquanto, vamos que eu preciso educ√°-la.

S√£o nossos ref√ļgios e nossas pris√Ķes. Lorde Orlouge nunca deixa nada que ele adquiriu escapar de suas m√£os.

Que infantil...

Talvez.

Com a Princesa White Rose nos guiando, eu revisito os outros caix√Ķes destacados, e ela conta a hist√≥ria deles.


Ela foi a primeira princesa de Lorde Orlouge. Ela tamb√©m foi a √ļnica capaz de escapar do castelo.

...como ela fugiu?

Ela cometeu suícidio e através de sua magia, entrou no círculo de reencarnação, renascendo como humana. Até hoje Orlouge tem problemas em encontrá-la, mesmo com todo seu poder.

Ciclo de reencarnação...?


Ela é minha irmã mais velha. Ela tem esse título por sua cabeleira dourada, é uma pessoa aberta e energética.

No extremo norte de Rootville, também temos uma fornalha gigantesca falante \m/_


Seja bem vinda, princesa Asellus.

Apos o tour pelo castelo e Rootville, eu retorno para √°rea de treino com Ildon, agora com o apoio moral da Princesa White Rose.


Após 2 derrotas, Asellus finalmente consegue usar sua faca para atacar o Cactus ambulante. Após manusear a arma, ela desenvolve espontaneamente uma habilidade!




Humanos desenvolvem habilidades de espadas e artes marciais durante lutas, ao serem usadas em ataques. O livro oficial usa o termo "Spark(ing)".

Uma l√Ęmpada surge "dando a ideia" da habilidade para o personagem. Ap√≥s serem usadas pela primeira vez, elas passam a fazer parte do repert√≥rio permanente do personagem.

Todo personagem tem "talento" inato em algumas habilidades, tornando-as muito mais f√°ceis para serem aprendidas por eles. Certas habilidades s√≥ podem ser descobertas com requisitos, por exemplo, apenas com duas Espadas equipadas um personagem pode "descobrir" a habildiade "Crosscut", que √© um golpe simult√Ęneo com ambas.

Enfretar inimigos mais poderosos geram mais chances de aprendizado, j√° que cada vez que o ataque √© feito, um n√ļmero aleat√≥rio √© rolado contra a dificuldade do inimigo.

Nesse caso, Asellus aprendeu a habilidade mais básica de espadas, StunSlash. AtordoCorte é um golpe normal com chance de atordoar oponentes e gasta ZERO Weapon Points.

Até que algo melhor surja, Asellus vai spammear isso como se não tivesse amanhã.




Se o segredo da arte de luta mística for jogar monstros contra as pessoas até elas aprenderem algo, isso não funcionou muito. Estatisticamente, Asellus está com 1 vitória em 6 lutas.

Saindo da área de treino, somos recepcionados por um cara (que estava em silêncio durante a audiência de Asellus com Lorde Orlouge)


Ildon decide mostrar sua dessatisfação com o tom do outro homem, Rastaban.

Isso é ótimo.

Qual é o seu problema, Rastaban?

Facinaturu é inafetada pela passagem do tempo. Eu tenho esperado alguém para reiniciar esse relógio! E eu acredito que essa pessoa é a Lady Asellus!

NOTA: Orlouge é derivado de "Horloge", relógio em francês. Relógio parado, etc...


Muitos místicos já tem medo dos poderes crescentes de Lady Asellus.

Rastaban finalmente enlouqueceu.

E Rastaban, ao contrário de 90% dos místicos não chamados Princesa White Rose vai embora andando, sem utilizar seu ploteleporte!

Ele está demonstrando respeito, foi embora a pé.

Aquele é... Rastaban.

Ele √© a √ļnica pessoa que est√° feliz por aqui?

Me perdoe, como assim?

E com isso, mais um treino com 3 mortes. Terminamos ambos, e Asellus deixa a Princesa e Ildon, investigando sozinha Rootville. Para tentar espantar o ambiente opressivo, ela volta a loja da alfaiate e tenta conversar com a dona,


Por favor, tenha piedade.

A mera presença de Asellus assusta a dona. Ela procura tentar puxar conversa com a ajudante, Gina.


Que garota estranha.

Sem reação, Gina sobe para o sótão.

Asellus se sente mal por sua rudez, e segue a menina.


Me diga, Gina... como é aqui?

Eu também não sei... Desde que eu me mudei pra cá, 3 anos atrás, há tantas coisas que eu não entendo...



Após conversarem, nossa protagonista se prepara para sair, mas a alfaiate mestra parece suspeitar de Asellus.


Por favor, n√£o tire a Gina daqui.

Eu...

Ela é uma menina inocente. Tenha piedade, por favor.



Com todos os fundos iniciais, comprei para Asellus uma magia, "Fascination" (Fascina√ß√£o), a mesma que Ildon j√° possuia anteriormente. Notem que existe uma estrela ao lado do nome da "escola" de magia M√≠stica. Como o Charm de Asellus √© naturalmente alto, essa habilidade ter√° uma chance de sucesso maior. Isso, e √© al√©m de ser mais barata, era a √ļnica que eu podia pagar.

Isso significa que Asellus tem o "dom" para esse tipo de magias, e pode com uso (e status mais elevados) aprender novas magias da mesma escola, precisando apenas de pr√°tica em combates.

Já personagens sem o dom podem comprar as magias básicas, mas nunca serão capazes de aprender espontaneamente novas magias. Certas escolas tem sidequests para que os personagens elegíveis possam aprender o dom, enquanto outros são restritos a raças (ou personagens específicos). Por exemplo, todos personagens da raça mística possuem o dom da escola de magia "Mística" de forma inata.

Tirando Asellus, que é uma exceção, é impossível que esse dom seja aprendido por outras raças.

Perceba tamb√©m que tem uma barra cinza, com duas marcas equidistantes, uma vermelho com um cajado a direita, e uma azul com uma espada na esquerda. √Č o equil√≠brio de habilidades dos personagens; quando mais da metade da barra √© preenchida por habilidades de um √ļnico tipo, uma coroa preenche a barra e significa maestria.

Magias ou habilidades f√≠sicas tem seu custo reduzido em 1 ponto e aprendizado acelerado - por√©m, a maestria exige dedica√ß√£o: um personagem com 8 habilidades m√°gicas n√£o ganharia maestria se equipar uma habilidade f√≠sica, e vice-versa.  Isso s√≥ vale para personagens humanos. Se tivesse maestria, Fascination custaria 0 JP por uso e se tornaria uma a√ß√£o gratuita. :D

Além disso, existem habilidades "neutras" que não contam pra nenhum dos lados e nem adicionam marcas a barra. As Armas Místicas de Ildon, por exemplo, são exemplos dessas habilidades (além de serem fixas).





Investigando Rootville, achamos um estabelecimento comercial onde uma espécie de goblin (na verdade, um Místico artesão) nos dá um desdém verbal violento.


Ele nunca reconheceu meu talento ou lealdade. O Lorde sequer me permite morar no castelo...! Eu n√£o suporto o fato de que ele escolheu uma garota humana para ser sua princesa.

Após ser mal-tratada, Asellus se cansa e decide encerrar o seu dia dormindo. Quase um mês se passou nessa rotina e ela ainda não conseguiria se acostumar a rotina do Chateau Aiguile.


Asellus, cansada do desdém de Ciato, o ignora.

Huh, vai me ignorar, é? Eu tenho boa informação para você. Acho que você não quer saber como sair desse lugar, não é?

Me conta!!!

V√° para o bar em Rootville e fale com o humano l√°. √Č tudo que eu posso dizer...

Ciato desaparece, após largar essa bomba. Asellus decide ir atrás. Ela precisa sair de Facinataru antes que essa atmosfera a contamine!

Mas por que ele estaria me contando isso...?!


Cad√™ a m√ļsica e a dan√ßa?

√Č a sua primeira vez aqui?

Não, é que eu normalmente não vou a bares.

...de onde você veio?

Como assim? Eu sou nativo de Facinataru.

Um nativo de Facinataru reclamando da falta de divers√£o, m√ļsica e alegria?

Asellus n√£o acredita.


Se é sobre negócios, isso vai precisar de compensação.

Huh?

Dinheiro.

Ah, n√£o tenho comigo, mas posso conseguir.

Certo. Olha, a ideia é a seguinte. Consiga o dinheiro e entre na passagem secreta para as cavernas, na casa ao lado. Aqui está a chave reserva... e não esqueça da minha grana.

E Asellus recebe uma chave, oculta no seu bolso.

...mas onde ela arrumaria dinheiro? Ainda mais que meus Créditos iniciais não contam como o que ele quer?!

Asellus tenta medidas desesperadas. Ildon.


N-nada.

E ela não tem coragem. Sem a compania de sua escolta, Asellus investiga as salas destrancadas e acha uma verdadeira sala de tesouros. Porém, eles estão magicamente encantados, e pesam como uma tonelada em seu corpo.


Droga...

Asellus se recolhe a seu quarto, para pensar numa alternativa diferente de conseguir dinheiro para fuga. Lá, ela é recepcionada por... Zozma?


Me perdoe por não me apresentar direito. Eu sou Zozma. Você é Asellus, certo?

Eu não ligo, o que você está fazendo no meu quarto?

Calma, minha dama, a menos que queira mais um inimigo. Místicos se ofendem facilmente.

...e você?

Eu sou diferente de todos aqui. Me odeiam, dizem que não tenho a atitude apropriada de um "Místico Nobre de Alta Classe". Já até me expulsaram desse castelo, haha!

Mas você entra assim mesmo? Prepotente, hein.

√Č a verdade. Enfim, esse papo foi esclarecedor mas j√° chegou ao fim. Vejo voc√™ por a√≠!

E Zozma desaparece.



Se Ildon n√£o ajudou, e Zozma deixou Asellus mais confusa, s√≥ tem uma √ļnica pessoa que poderia ajud√°-la.

Princesa White Rose.


Dinheiro? Infelizmente, eu n√£o possuo.

Droga...

Por que n√£o pede a Ildon? Ele provavelmente tem dinheiro humano.

N√£o! Eu preciso de dinheiro para sair daqui.

Oh. N√£o sei exatamente pra que humanos usam "dinheiros", mas tenho aqui metais preciosos. Talvez eles possam servir?

Obrigado, White Rose!


Princesa White Rose se juntou ao nosso grupo!




Princesa White Rose tem o dom na escola Mística e as magias básicas da escola de Luz; ela tem a capacidade de ataque todos inimigos com "FlashFire" e cura na forma de "StarlightHeal". Perceba que a Princesa White Rose não tem as 3 armas Místicas, apenas a básica Espada Mística. Ela precisaria absorver vários inimigos até desenvolver as outras peças de equipamento.



De volta a Rootville, Asellus decide resolver as pontas soltas. Gina não tem mais nada a falar, e a mestra alfaiate ainda acha que Asellus veio para sequestrar sua empregada. Gozarus, o artesão por outro lado se comporta muito melhor na presença da Princesa White Rose.


Huh, um acidente? Isso explica. Uma garota com cara de tonta como ela nunca teria sido escolhida por seus próprios méritos!

De qualquer maneira, leve isso. Você está precisando de adornos urgentes para distrair dessa sua expressão de tonta.

Gozarus é o melhor artesão da Região. Todos seus trabalhos estão carregados de poder Místico.


E ele realmente nos d√° um amuleto, que aumenta o atributo Charm de Asellus, quando equipado! Temos 3 barras de ouro - dadas pela Princesa White Rose! :D


Em seguida, ele oferece suas mercadorias. Lembra no post inicial que eu falei sobre a capacidade de reduzir permanentemente os LP (Life Points) do protagonista em troca de itens poderosos?

Isso é feito com Gozarus. Os itens são:

Asura é a segunda espada mais poderosa do jogo;
Tao-Tieh Pattern é um amuleto que te dá HP+50, Psy+10 e imunidade completa a efeitos de Stun / Atordoamento;
Shade Robe é uma armadura com baixa defesa física, mas alta defesa contra magia e elementos. Regenera HP toda rodada e dá Wil+9
Sand Vessel é um acessório que te deixa imune a petrifição e em batalha pode ser usado para evocar a magia QuickSand, que tem chance de causar Atordoamento / Stun em todos inimigos. E é também necessária para uma sidequest opcional.

Como Asellus tem apenas 8 LP, eu n√£o vou comprar nada.

Abrindo a casa, Asellus se depara com uma Slime, que ao ser mostrada a barra de ouro que a Princesa White Rose trouxe, rapidamente abre a passagem. A princesa tem suas suspeitas, porém.

Alias, Lady Asellus, como você ficou sabendo dessa passagem secreta e rota para fuga?

Oh, Ciato me contou sobre!



E achamos nossa primeira dungeon! Que é tipo, 3 telas de dungeon, com batalhas aleatórias.

POR√ČM, ao contr√°rio do treino, morrer aqui √© game over. Eu testei. :B


Vale ressaltar que as batalhas aleatórias, tirando bosses e eventos específicos, são feitas com o sprite do monstro em campo como em Chrono Trigger - toque no monstro e a batalha começa.

N√£o h√° como fugir, por√©m. √Č vida ou morte!

Asellus consegue seu primeiro stats up (Charm!)! :D

E chegamos ao final da dungeon, um caminho sem saída...!


Pelo barulho de passos, estão vindo atrás de nós. Deixe que eu fale com eles.

N√£o, eu vou lutar.

Ildon surge da caverna.


Sem mais infantilidade.

Eu assumo a responsabilidade, Ildon. Deixe que o Lorde me puna.


A comitiva de ninjas místicas surge em seguida.

Prefiro morrer do que voltar!

Um barulho de motor se intensifica ao fundo e Asellus pula do penhasco, mas sua queda n√£o acontece! Um avi√£o surge!


Princesa White Rose entra no avião, e com a intensificação das hélices do mesmo, todas as ninjas místicas são afastadas.

Você trouxe uma máquina suja a Facinaturu!?

Dentro do Avi√£o...


Vai tudo dar certo...!


O capítulo se encerra com uma ilustração da Princesa White Rose.

Isso acontece, no final de cada "arco" importante, temos esses cards de transi√ß√£o com ilustra√ß√Ķes de algum personagem relevante a hist√≥ria ou arco em quest√£o!


Os membros do Chateau Aiguile também descobriram sobre essa fuga.


Apesar disso, n√£o estou contente por Asellus ter levado a Princesa White Rosa com ela. Minha princesa.

E quanto a Ildon, meu senhor?

Não faça nada.

Mas senh-!!

Nesse instante, Orlouge arremessa Ciato telepaticamente por toda sala, atingindo-o nas paredes. Ele pousa em frente ao trono. (Veja no vídeo anexo, é hilário)



Sim, meu lorde...

Enquanto isso, do outro lado das Regi√Ķes, numa cidade conhecida como Owmi...


V√° conhecer a cidade, eu preciso de tempo para abastecer meu avi√£o e podermos sair daqui novamente.

A título de curiosidade, o piloto realmente cobrou uma barra de ouro.





! No longer available

Vídeo da fuga! Recomendado pelo bitchslap psíquico!

[/spoiler]

Ilustração da atualização, o 3 príncipes místicos (arte oficial de Tomomi Kobayashi, do livro Essence of SaGa Frontier):

De cima pra baixo, Ciato, Rastaban e Ildon.
« ŕltima modificaÁ„o: Abril 19, 2018, 11:22:15 am por Lumine Miyavi »

Offline Draconnasti

  • A Choc√≥latra
  • Nham
    • Ver perfil
    • Draconnasti's DeviantART
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #4 Online: Julho 18, 2016, 02:43:06 pm »
Só queria dizer que a culpa de eu aparecer aqui, é pq o Phil me mostrou o tópico. OBG! u.u
Alinhamento do mês: Neutra

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #5 Online: Julho 19, 2016, 11:56:14 pm »
Na ultima vez que estivemos com as fugitivas da regi√£o sombria, Asellus embarcou de avi√£o para novos ares, novos mares!

[spoiler]
Tema da Regi√£o Owmi:
http://tindeck.com/listen/psjcr

Remix do tema, "If you clarify the Sea [Owmi]", feito pelo grupo japonês Takrockers!!
(Se possível, ouça pela "vibe" passada pela atualização!)
http://tindeck.com/listen/flxef


Sol! Um rio que desagua num lago! Falta de opress√£o e pessoas presas em caix√Ķes, hooray!

Vamos falar com as pessoas, porque depois de um m√™s presa em Chateau Aiguile, Asellus quer √© intera√ß√Ķes com outras pessoas que n√£o a tratem mal!


Hm, mans√£o, eh?

Asellus nota algo estranho com pétalas de flores no rio.


São letras. Isso é escrita mística.

Então você consegue as ler?

São místicos que vivem em grandes quantidades de águas como rios, lagos ou o oceano. São muito tímidos, raramente você os encontra. Alguns devem viver nesse lago.

Uma pessoa perdida... que nem eu...?

Oh...


Algumas das pessoas da cidade parecem estar cientes desses místico da água, mas não do perdido.


No bar, temos informa√ß√Ķes mais concretas.


Você pode comer sem preocupação porque eles não usam coisas como aditivos nessa comida. Adoro esse tipo de frutos do mar, ainda mais naturais!

E outras, nem t√£o concretas.


Ela...? Talvez seja uma pessoa afastada a força da sua família, como eu!


Por causa da zona portuária em expansão, os místicos do rio tiveram que se realocar para o lago. Uma deles ficou presa numa rede dos pescadores e se machucou.

Eu sei que isso não tem a ver com a gente, mas precisamos esperar o avião estar pronto. Eu quero ajudar esses místicos da água.

N√£o vejo porque n√£o, Lady Asellus.

Elas se informam de onde a mans√£o fica e...


Após alguns minutos de caminhada na cidade portuária, alcançam o local.


Nós ouvimos falar que você está com uma mística da água em sua residência.

Sim... e?

Os outros místicos da água estão procurando por ela, desesperedamente.

Você precisa libertá-la...

O dono da mans√£o explode num berro e expulsa nossas princesas.
FORA DAQUI!

Ele parece hesitar.

N√£o, espera...


Deixe-nos falar com ela, pelo menos.

Certo, por aqui...


Mas ela não vai falar nada com você. Ela não falou nada desde que eu comecei a cuidar dela aqui.

Precisamos falar com ela em particular.

Mas... acho que faz sentido.


Huh, é uma sereia MESMO.

Você... você tem a aura de um nobre místico. Mas você é humana...? E-espera, eu ofendi você?!

Não, você está certa. Eu sou meio mística, e meio humana.

Posso perguntar qual seu nome, ó nobre mística?

√Č Asellus.

Lady Asellus... é um nome com classe!

Ela herdou o sangue místico de Lorde Orlouge.

O L-lorde de todos os m√≠sticos, Orlouge?! Por favor, perdoe me ignor√Ęncia e insol√™ncia!

Não fique com medo, eu não sou ele... Além do mais, por que você tem tanto temor?

Orlouge exterminaria toda minha tribo pela minha insolência!

Não faremos isso. Além disso, estamos aqui para te ajudar.


Ele tem sido bom para mim, mas eu não consigo suportar o cheiro constante de um ser humano, e esse miasma de ambiente fechado... eu mal consigo respirar... só quero ir para casa...

Então vamos te tirar daqui. Você não precisa ficar em nenhum lugar a qual não queria ficar!

Abaixo a opressão das místicas!

Mas Asellus, ele obviamente am...

E daí? Ela deveria ser forçar a fazer algo que não quer?

Mas ele bloqueia a saída da casa para mim...

  Deve ter uma forma de sair daqui! Vamos, Mesarthim!

E com isso, o n√ļmero de m√≠sticas oprimidas no nosso grupo sobe para 3! Quase consigo ver uma tem√°tica em comum mas n√£o sei muito bem o que √©...





Mesarthim é uma mística da água. Em termos de jogo, isso quer dizer duas coisas: ela não recebe nenhum dano de ataques de água (isso vai ser relevante logo, logo!) e que "mística" quer dizer menos "vampiro" e mais "criatura sobrenatural".

Como todos m√≠sticos, ela tem o dom na escola de magias M√≠stica e tamb√©m dom na escola de magias R√ļnicas. Isso √© algo extremamente poderoso, porque a magia R√ļnica exige uma sidequest inteira para aprendida por outros personagens. Por√©m, perceba que por ser pac√≠fica, Mesarthim n√£o possui nenhum equipamento m√≠stico, precisando o desenvolver ao longo de lutas.




Ele sai de perto e vai para a sala principal.

Além de trancar todas as portas, ele deixa esse aviso.

Não vão para o porão, ele é perigoso. Eu o selei porque monstros as vezes vem da conexão com o lago.

(...o lago...!)


Asellus, Princesa White Rose e Mesarthim saqueiam todos os armamentos desse mané, e acham uma porta trancada. Justamente a do porão!


E é claro que uma tranca normal não é nada pra um trio de místicas.

E estamos no porão! Ele não era tracando por que era saída, mas sim porque era infestado de monstros.


√Č um Armorpilla, o mesmo que estava absorvido na arma m√≠stica de Ildon, no come√ßo do nosso jogo.

√Č uma boa oportunidade para que come√ßamos a preencher as armas m√≠sticas de nossas meninas com tais equipamentos!

Perceba como o inimigo é literalmente "devorado" pela Princesa White Rose.



ARMORPILLA GET!



Em seguida, após ver a Princesa White Rose fazer isso, Mesarthim imita seus movimentos e descobre sua primeira arma mística!






Enquanto desce o porão e é atacada por monstros, A metade humana de seus sangue ferve pela excitação do combate: Asellus não consegue imitar os movimentos místicos de suas amigas mas começa a desenvolver uma quantidade invejável de técnicas de combate, tanto com sua faca quando como desarmada. Asellus também pega a adaga de sombras que Mesarthim possuia guardada, e passa a utilizar duas armas em combate, além de seus golpes desarmados com chutes.



HardSlash / DuroCorte √© uma evolu√ß√£o do AtordoCorte. Asellus parte em dire√ß√£o ao inimigo e ataca de forma a perfurar suas defesas. √Č um golpe que n√£o pode ser bloqueado.

AirThrow / JogaAr é um ataque que usa o ki do usuário para criar uma pressão de ar levanta e arremessa o inimigo no chão.

Chop / Talho √© um golpe com a palma da m√£o em l√Ęmina, direcionado nos olhos do inimigo. Pode causar cegueira pelo impacto.

Suplex é a base de muitos golpes de luta livre, e conhecido pelas séries de jogos da Square como a forma predileta de enfrentar trens.


Ainda no assunto de aquisi√ß√Ķes, conseguimos um muito bem-vindo "Cora√ß√£o de P√©rola", amuleto que d√° imunidade a dano de √°gua. Removendo a armadura de √°gua de Mesarthim (como ela tem prote√ß√£o inata, ela n√£o ficaria prejudicada), eu a coloco na Asellus.

Por que tanto motivo de preocupação com dano de água? Temos um boss em breve~!


E Princesa White Rose aprendeu a fazer seus punhos devorarem almas. #Justgirlythings



Temos vários tesouros, e com a aquisição deles, conseguimos fazer um arsenal para equipar as meninas.

Usar duas facas fez com que Asellus aprendesse a proteger-se com as duas em cruz, tendo altas chances de bloquear ataques contra si mesma e suas aliadas!



No andar de baixo, chegamos a um... polvo gigante.

Minha party é composta de 3 meninas.

Um polvo gigante.

GODDAMIT JAPÃO.



Então, a proteção por água tem um motivo:

Esse motivo. Morte de 2 de um grupo de 3 não é saudável!


As meninas porém, começam fazendo altos combos. E sim, você está vendo uma sereia dar um backflip.


Quando as personagens combam, seu dano normal de 100-200 alcança MAIS DE HUM MIL DE DANO!


Mesarthim tamb√©m tem uma mega ajuda: A habilidade inata dela √© "LifeRain" / "VidaChuva", que faz com que ela gaste 1 de LP em troca de curar todo o grupo. Essa √©, at√© onde eu lembro, a √ļnica habilidade de cura grupal exceto a habilidade suprema do final de uma quest.

Com um pouco de dificuldade, nossas meninas vencem o DevilSquid!


E os esp√≥lios! √Č assim que voc√™ aprende magias - ap√≥s batalhas!


Uhul, um tesour...!?


...e eu caí 3 andares. Catei muitos tesouros, porém, hoho!

Voltando, nós temos aqui o caminho pro lago! :D


Eu posso sentir o cheiro do lago! Obrigado, Lady Asellus! Adeus!



Mesarthim sai do grupo, e vai em direção ao lago. Enquanto isso, White Rose pensa em algo.



Dessa forma que ele fez, humanos e místicos não podem ser felizes juntos! Você não pode privar a liberdade de outro ser e esperar amor em retorno...

√Č, √© verdade.

E temos uma Eye Catch! :D






Mesmo tantos anos depois, Asellus ainda falava sobre essa √©poca com muita nostalgia. Eu lembro de sentir um pouco de ci√ļme de como ela apreciou o tempo que passou com a Princesa White Rose.

Mas os capangas de Orlouge também ficaram sabendo de suas aventuras.


V√° pegar a minha White Rose. Use quaisquer meios necess√°rios.

Sim, senhor!


E em seguida, Ciato "invoca" 3 sombras, e d√° a elas a mesma ordem.

Terceirização é uma bosta, mesmo.




De volta a Owmi. Ser√° que o cara do avi√£o j√° preparou a viagem?



E c√° estamos, viajando para Shrike, onde a tia de Asellus mora!


Mas... Ser√° mesmo que √© uma boa ideia ir direto para a casa da de sua fam√≠lia, e acabar logo com sua jornada pelas Regi√Ķes?

A decisão poderá ser influenciada por vocês, meus leitores.

A) Explorar√° sua cidade natal, antes de voltar para casa?

ou

B) Explorar√° outras regi√Ķes, antes de voltar para casa?

A escolha é de vocês - votos aqui no tópico, via inbox, telegram ou facebook. <3

Video do final do capítulo:

! No longer available


[/spoiler]

Ilustração da atualização: Fan art da Princesa White Rose. Ela é linda! <3
« ŕltima modificaÁ„o: Abril 17, 2018, 03:44:09 pm por Lumine Miyavi »

Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #6 Online: Julho 20, 2016, 12:21:38 am »
Maravilhosa essa arte da White Rose.

Quanto à enquete, que espécie de jogador de RPG seria você se não explorasse cada canto obscuro do mapa antes de fazer algo realmente importante? Dane-se sua tia, vai passear pelo mundo.

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #7 Online: Julho 21, 2016, 04:15:59 pm »
Realmente, não existe jRPG antigo sem loot e exploração! Essa atualização é primariamente filler, exceto pela explicação do segundo maior bug de exploit do jogo - que eu vou usar impiedosamente com todos personagens. :D

[spoiler]
Seguindo a decisão de um dos meus 1d3 leitores, vamos até o carinha do espaçoporto.


Estas s√£o as nossas op√ß√Ķes; para acessar o menu "Other", voc√™ em que fazer transfer√™ncia / baldea√ß√£o em Koorong, o ponto principal das regi√Ķes.


Estamos em Manhattan, e entramos num grande shopping. Infelizmente, não temos dinheiro o suficiente para comprar nenhum dos itens da loja de jóias.


Alias, se você perdeu a oportunidade de comprar magias Místicas no começo do jogo pra Asellus, o acessório PurpleEye te permite conjurar PhantasmShot durante as lutas, e com isso aprender magias, se você tiver o Dom.

√Č meio caro, mas √© melhor do que n√£o ter acesso a uma escola inteira que voc√™ tenha o Dom.

Numa lanchonete, encontramos 2 pessoas com sprites √ļnicos - Dr. Leonard e Fuse. Com certeza, seriam relevantes caso tiv√©ssemos algo de interesse com eles. Como n√£o temos, eles s√≥ falam com Asellus de forma gen√©rica.




√Č, Manhattan n√£o me ajudou em nada. Asellus e White Rose continuam suas viagens atrav√©s das regi√Ķes; pegando uma nave para Kyo, elas aportam numa cidade com decora√ß√Ķes e est√©ticas orientais!


Asellus v√™ o pre√ßo de lembrancinhas e encontra um dojo, que tem informa√ß√Ķes que a acalmam.

Ela descobre que é possível o aprendizado da magia da escola Mental, e talvez até treinar para atingir o Dom. A magia mental é derivada do Ki do ser humano, e apenas um humano de verdade é capaz de utilizá-la.

Asellus tem essa capacidade! Porém, ela não fez o treinamento, não se sentindo focada o bastante.


Partindo de Kyo, as princesas v√£o parar numa regi√£o rural, Yorkland.

Um grande ogro suspira a partida de seu "irm√£oz√£o".


Elas tentam investigar as casas, mas tomam um passa fora de uma das habitantes e acabam por vaguear pelos campos.


Sentindo olhos de monstros as observando, elas voltam ao porto e decidem mudar de curso para outros lugares.

Na regi√£o de Devin, famosa por seus leitores de fortuna, ciganos e toda sorte de m√°gicos, elas buscam novos recursos.


Asellus descobre duas escolas de magia, Arcana, que lida com as cartas do tarot e R√ļnica, que usa a luz das runas. Por√©m, para conseguir os dons destas magia, Asellus e White Rose teriam que passar por grandes prova√ß√Ķes, e elas n√£o se sentiram prontas para tal.

E caso voc√™ se lembre, a m√≠stica da √°gua Mesarthim possui o dom inato das magias R√ļnicas.


Afastado da cidade, há um templo de estilo xintoísta. Uma pré-adolescente de cerca de 12-13 anos é rude sem nenhum motivo aparente com Asellus.

Posso perguntar qual seu nome?

Rótulos não mudam nada, princesa mística.

Entendo...

Saiam daqui, parem de me incomodar. Malditas místicas...

(...ser√° que...?)

Vamos sair daqui.

Depois do encontro estranho, as princesas seguem para a Regi√£o de Luminous.

Voc√™ tamb√©m busca pelos Dons das magias, atrav√©s das regi√Ķes

N√£o necessariamente, mas podemos esbarrar nisso nas nossas viagens.

N√£o vejo porque n√£o poderia ajud√°-las. A √ļnica coisa que eu n√£o posso fazer nesse exato momento √© voltar para a Regi√£o de Magic Kingdom, pois s√≥ posso voltar para l√° ap√≥s meu treino completo. Enquanto suas jornadas n√£o a levarem a esse destino, estarei a seu servi√ßo!

Muito obrigada!

Ajudar n√£o machuca.



E Asellus lembrou de algo importante: ela ainda tem 2 barras de ouro, dadas por White Rose antes de sua fuga. Através dela é que teremos dinheiro inicial para o exploit / cheat de equipamentos que acelerará nosso começo de jogo vertiginosamente, eliminando horas de grind! Essa transação foi feita em Koorong, a cidade-hub.

Munida de dinheiro, nossas princesas e o mago aprendiz viajam para a Região de Baccarat, famosa por ser em poucas palavras, um "satélite las vegas".


Encontramos mais pessoas com sprites √ļnicos!

...espera, ela não é a outra personagem jogadora, a Emelia!?

N√£o h√° mais nada relevante. E nem podemos jogar nas mesas! Caramba, eu vendi 2 barras de ouro pra nada!


Na região de Shingrow, há duas ruínas diferentes e um palácio. As entradas do palácio estão bloqueadas, e as ruínas tem monstros - fortes demais para apenas 3 pessoas atravessá-las sem uns malabarismos.


As viagens os deixaram na sede da I.R.P.O: Inter-Region Police Office, uma Interpol que tem jurisdi√ß√£o em todas regi√Ķes; infelizmente, al√©m de um bom-dia, a recepcionista n√£o tem nada de √ļtil.


Na região de Mosperiburg, somos recepcionados por este Proto-Thranduil, chamado Virgil. Virgil conta sobre a história de um místico que poderia controlar o tempo, e que nós não temos a mínima chance de confronta-lo. Okay, acho.

E nos enxota.   

E finalmente chegamos ao core dessa atualização quase filler: o nosso exploit!

Mas primeiro, peguemos o outro personagem (jogador!) disponível aqui: Lute.


  Pelo jeito, voc√™s precisam de ajuda pra lidar com esses problemas. Eu posso me juntar a voc√™s, pra te ajudar. Isso √©, se voc√™ deixar.

Claro, porque n√£o?

Bem-vindo ao grupo.

Eu mesmo me juntei recentemente a jornada de ambas.

Espero ser √ļtil! Alias, me avise se suas viagens nos levarem pra Yorkland; eu sou de l√° e meu irm√£ozinho deve estar morrendo de saudades de mim. Ele √© t√£o sentimental!

Irm√£ozinho? Seria o...

Tudo bem!


Com isso fora do caminho, temos nesse MESMO bar outro personagem jogador: Riki!


E a comitiva de personagens jogadores não termina: é T260!





E chegamos ao core da atualização: O EXPLOIT de equipamentos.

Resumidamente, você paga aos monstros do caixa pelo direito de 3 itens aleatórios, espalhados dentro do entulho. Existem várias categorias de entulho, entre armas, pelas de armaduras, armas de fogo e armas pesadas.

Você pega os 3 itens e sem sair da loja, ou pagar de novo, clica no "Sell". Dá scroll até o ultimo item da página e clica uma vez (vai dar o barulho de "erro", porque você provavelmente não tem uma HyperionBazooka.

Com isso, você entra de novo e agora você tem mais 8 tentativas de sacar iten aleatórios! Você pode repetir isso quantas vezes quiser, desde que tenha os 300 créditos iniciais pra pagar os 3 itens iniciais - e não saia da loja, senão terá que pagar de novo.

Para fins de comparação, no começo da atualização, meu inventário estava assim, apenas com drops de monstros e tesouros pegos em Owmi, basicamente, nenhuma arma:



e terminamos assim, ao custo de 2 barras de ouro (pra capital) e 300 créditos:



Com nossas princesas, mago e menestrel devidamente equipados, nós estamos parados do outro lado da rua da antiga casa de Asellus:


[/spoiler]

Ilustração da atualização filler: Fan art de Asellus, da mesma autora da anterior (Artista: Sakizou).


« ŕltima modificaÁ„o: Abril 18, 2018, 12:58:45 pm por Lumine Miyavi »

Offline Macnol

  • The Eltor
  • Admin
  • GW2 fanboy
    • Ver perfil
    • True spell!
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #8 Online: Julho 22, 2016, 03:22:07 am »

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! ("√Č o N√£o-Final Fantasy") :D
« Resposta #9 Online: Julho 24, 2016, 03:09:36 pm »
Na ultima vez que terminamos, estavamos prestes a entrar na casa de Asellus, mas antes, faremos outra reuni√£o familiar...!
[spoiler]

Tema de Luta de todas boss fights desse capítulo:


Remix desse mesmo tema de luta chamado "Running Out of Fate, Fell to Love [Battle 3]", do álbum "Roses in Promenade - Tribute to Asellus" da banda doujin Takrockers!! (vale a pena, passa a vibe do capítulo e das lutas)


De volta a Yorkland.


V-você voltou, irmãozão!

Não. Asellus e nós só estamos de passagem por Yorkland. Eu ainda estou naquela minha missão pra arrumar um emprego e tal.

Huh, emprego.

Esse é o Thunder, meu irmãozinho. Que tal ele nos acompanhar?

N√£o vejo porque n√£o.

Isso! :D

Se você acha ele intimidador, espera até vê-lo em combate!

Lute não está mentindo! Thunder consegue sozinho, com suas skills inatas e alto hp inicial, ser capaz de carregar até mais da metade do jogo enquanto os outros personagens vão lentamente aumentando seus atributos.


Na casa onde tomamos um passa fora...!

Essa é a minha casa, mas por favor, não vamos entrar aí. Mãe me mandou cair fora até arrumar um emprego.

Quem t√° a√≠ fora? QUEM √Č!?

Oh não, é a mamãe! Corre!!!

Aaaah!

Lute corre, e Asellus o segue antes que a m√£e dele a expulse novamente e fa√ßa pior com o filho. Finalmente, com quase todas pontas soltas resolvidas pelas regi√Ķes e novos companheiros, Asellus reune coragem e vai para a casa de sua tia em Shrike.


Sou eu, tia! A Asellus! Aposto que você não me reconheceu por causa do meu cabelo estar verde agora!

...n√£o pode ser...

O que t√° errado, tia?

Você... você é algum tipo de aparição? Você tem a mesma aparência que ela... d-daquela época que...

Daquela época..? Tia? O que está acontecendo?

Asellus morreu. Saia daqui... Eu j√° fui atormentada demais!

Do que você está falando, tia? Eu não estou morta, sou eu aqui, bem na sua frente!

Talvez você seja uma mística tentando me enganar... Ela desapareceu 12 anos atrás depois que aqueles místicos... Socorro! Alguém me ajude!

E a tia de Asellus entra na casa e tranca a porta, batendo na cara de sua sobrinha.


Por que você não me disse, White Rose?

O tempo n√£o significa nada em Facinaturu. Eu n√£o queria choc√°-la.

Nem um dia sequer em 12 anos... Eu não envelheci, eu tenho o sangue de místico... Eu sou um monstro!

Você não deveria dizer isso...

Me deixe em paz!

Uma voz ecoa pelos céus, interrompendo.


Desobedecer meu Lorde? Isso é uma acusação terrível!

Dê as desculpas que quiser ao Lorde em pessoa!

Tch... N√£o toque na White Rose!

Minhas ordens s√£o matar qualquer um em meu caminho!


E a sombra se revela como o Red Sage, um místico de armadura completa vermelha. Um dos 3 assassinos enviados por Ciato! Ele é rapidamente despachado por Asellus e seus aliados, num combate brutal.


No final do combate, Asellus desfere o ultimo ataque e absorve parte da energia mística de seu oponente. Ela acabou de despertar a habilidade da Espada Mística, podendo agora também devorar a essência de seus inimigos, de maneira análoga a Orlouge em pessoa.

Mesmo que negue, o sangue do nosso Lorde flui em suas veias!

Eu n√£o desobedeci meu senhor...

N√£o se v√°, White Rose. Voc√™ √© a √ļnica que eu posso confiar, e a √ļnica que me entende...

Lady Asellus...


EYE CATCH!



Após ser atacada por um dos 3 assassinos de Ciato, Asellus decide finalmente começar a ser treinada nas artes tanto do combate quando da magia por White Rose e seus aliados, para que pudesse enfrentar os perigos que iriam se aproximar.

Vamos l√°, com mais afinco!

Hyah!

Oooh!

Enquanto terminava seu treinamento da magia da Mente em Kyo, ela e seu grupo s√£o atacados pelo Blue Sage, num dos jardins de treinamento.


Diante dos novos golpes desenvolvidos por Asellus, o cavaleiro místico azul caiu diante da força de seu grupo.


Asellus, White Rose e os outros aprendem o dom da magia de Luz, após transpassarem o Labirinto Luminoso.

Um Dom da magia lhes ser√° util, Asellus.

Obrigada pelo apoio, Rouge.

Numa incursão as ruínas que antes eram perigosas demais em Shingrow, foram atacadas pelo terceiro dos cavaleiros místicos, Green Sage.

O inimigo era difícil, e quase derrotou o grupo.


Com suas ultimas forças antes de cair exausto, a magia de Rouge envolveu o Green Sage numa bolha de energia mágica, que desintegrou o cavaleiro místico.

Est√£o todos bem?

Quase morri, mas sim.

O-obrigado pela ajuda de vocês.



Esclarecimento: As lutas com os 3 Sages E as lutas e eventos a seguir acontecem em locais chaves, aleat√≥rios entre as Regi√Ķes. Quando um desses eventos acontece, o local onde ocorreu recebe uma flag de n√£o ter mais eventos naquele local espec√≠fico.

Vale notar que são normalmente em locais de exploração, locais com loot e treinamento. Ou seja, jogando pra "upar" seus personagens, Asellus vai esbarrar cedo ou tarde com os eventos. Por isso que essa atualização está tão... aleatória.

O jogo é desconexo como um todo, especialmente na playthru da Asellus. :D



Nossa narradora onisciente reporta os acontecimentos em Facinuturu.
Lady Asellus derrotou seu terceiro atacante. Mas o próximo assassino enviado era alguém excepcional.

J√° est√° desperta, Princesa Lion?


A Princesa meio-Mística Asellus e a Princesa White Rose. Eu receio que Ciato... não será forte o bastante.

E você será?

Eu existo apenas para servi-lo, Lorde. Além disso, eu tenho a obrigação de trazer White Rose, como uma princesa-irmã. Não entendo a desobediência dela a você.

Não há nada que a impeça. Vá, minha Lion.



Em busca de mais poder pessoal, Asellus recebe a missão de caçar as quatro cartas para obter o dom da magia Arcana. Com a informação de que a carta Sabre está em Wataku, as meninas do espaçoporto de Koorong impedem sua ida porque Wataku foi devastada e está cheia de fantamsas. Elas exigem que pelo menos um sobrevivente de Wataku esteja junto no embarque.

Asellus porém, ouviu rumores de que um bêbado chamado Gen é um samurai de Wataku e decide encontrá-lo. Coincidentemente, ele está no mesmo bar onde conhecemos Lute no capítulo anterior.

Se aproximado antes da quest pelo dom ser iniciada, ele só nos ignoraria.


Quem é pirralha aqui? Eu tenho 17 anos... apesar de ter tecnicamente 29. Huh.

Pff, pirralha.

Isso n√£o importa, eu preciso ir pra Wataku.

Wataoque? Não tenho ideia do que você tá falando, mocinha.

Pare de fingir, eu sei que você é de lá. Eu preciso pegar a Carta do Sabre.

Heh, a carta do Sabre, eh? Ela fica na c√Ęmara das espadas dentro do pal√°cio perdido...

...isso é um sim?

Eu preciso mesmo voltar até lá, para finalizar minha peregrinação.

Obrigada!

Mas será que você é boa o bastante para pegar a carta?

Enquanto faz sua jornada pelas regi√Ķes em busca das cartas, Asellus √© encontrada pela Princesa Lion!


Deve ser a princesa Lion. Eu vou falar de você, a princesa mais corajosa de Facinaturu.

Ah, princesa White Rose. Também ouvi falar de você, como a mais gentil de todas. Mas será a sua gentileza capaz de parar minha espada?

...!

Sou eu quem vai lutar contra você, loirinha!

Pff! O √ļnico homem que me derrotou foi Lorde Orlouge em pessoa, que chance voc√™ tem?

Oh...!

Princesa Lion. Tenho más notícias e uma referência datada pra você: não sou um homem. :)


SUPLEX'D

EITA

Ung... Princesa White Lion... agora eu entendo o que você está tentando fazer. Eu me sentia dessa mesma forma, muito tempo atrás, mas...

I-irm√£...

Lady Asellus, cuide de minha irm√£.

Espera, Lion! Lorde Orlouge vai te punir de forma terrível se você nos deixar fugir!

Eu não me importo. Vocês me mostraram um elo muito mais forte do que eu achava que seria possível. Por vocês, aceitarei qualquer punição alegremente.

Ela desaparece, teleportando-se.

Princesa Lion. Realmente, ela é a mais corajosa que eu já conheci de todos os místicos.

Obrigado por sua bondade, Lady Asellus...

Huh, okay... N√£o precisa agradecer.



Foi assim que a Princesa Lion as deixou, com a cabeça erguida. Após isso, uma visita inesperada de outro místico aconteceria em breve com Lady Asellus...


EYE CAAAAATCH!

E com isso, encerramos nossa atualização! :D[/spoiler]

Ilustração da atualização; fanart de Orlouge e suas princesas.
« ŕltima modificaÁ„o: Abril 18, 2018, 01:51:39 pm por Lumine Miyavi »

Offline Macnol

  • The Eltor
  • Admin
  • GW2 fanboy
    • Ver perfil
    • True spell!
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #10 Online: Julho 24, 2016, 04:12:57 pm »
Cara, eu definitivamente não lembro de ter usado muito o Thunder nas minhas jogadas. Não dava bola pro Lute e coisas relacionadas, achava bem sem graça.

J√° o Gen sempre foi um dos meus favoritos!  :wub:

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #11 Online: Julho 26, 2016, 05:40:03 pm »
Ap√≥s os encontros anteriores, Asellus finalmente decide explorar as ru√≠nas que antes n√£o conseguiu por falta de qu√≥rum. Seu treinamento em combate foi intensificado pelas li√ß√Ķes do mestre espadachim Gen, e sua magia se desenvolvia naturalmente.

[spoiler]

Mesmo em meio as ruínas de Shingrow, Asellus se depara com místicos menores fieis a Orlouge, seja em busca de seu poder ou em busca de glória - ambos grupos ignorantes da sua habilidade crescente.

Ap√≥s terminar seu treino nas ru√≠nas de Shingrow, Asellus √© informada que em sua cidade natal h√° um local com perigoso monstros, o t√ļmulo de Mu.


L√° ela encontra uma face conhecida, e prepara-se para lutar com o mesmo ao encontr√°-lo.

Você também, Ildon?

Se acalme. Eu n√£o vim aqui pra te levar pra Facinaturu de volta. Eu vim porque... Rastaban me pediu pra ajudar a te proteger de Ciato.

Huh... Rastaban te pediu...?

Sim, Ciato está vindo em breve para te enfrentar, como ordenado por Orlouge. Os assassinos que ele enviou fracassaram diante de seus poderes herdados, intensificados por sua herança humana.

Até aqui, tudo faz sentido... Mas eu não preciso da sua ajuda.

Olha só, princesa. Rastaban foi atacado por Ciato. Isso tornou as coisas bem pessoais para mim.

Isso fez com que Rastaban desaparecesse*?

*Uma morte permanente

Não, felizmente ele ainda vive, mas muito enfraquecido. As energias místicas acumuladas por Rastaban foram drenadas, aumentando os já consideraveis poderes de Ciato consideravelmente. E acredite em mim, Lady Asellus, eu não teria vindo se não fosse a pedido dele.

Ele é tão importante assim pra você?

Eles s√£o amantes. O relacionamento com as concubinas e princessas de Facinataru, por serem propriedades de Lorde Orlouge, s√£o proibidos. Os pr√≠ncipes buscam conforto na presen√ßa uns dos outros, como √ļnica alternativa... Exceto Ciato, que detesta seus pares.

Entendi...

Pare de fazer essa cara de boquiaberta, garota. Vamos. Você precisa parar de lutar como uma amadora!

E o treinamento de Asellus se intensifica com as li√ß√Ķes, agora facilmente assimiladas, dadas por Ildon nas artes m√°gicas e Gen, nas artes marciais e de espada.


No meio dessas jornadas, ela foi atacada por piratas numa espa√ßonave de regi√Ķes, e reencontrou o filho do Dr. Okonogi - Red.

A casa do Dr. Okonogi era local onde Asellus originalmente ia quando foi atropelada pela carruagem de Orlouge, 12 anos atr√°s.

Todos esses anos, e você cresceu tanto!

Você não mudou nada, Asellus, ainda parece a mesma menina de antes, exceto pela mudança radical na cor do cabelo. Qual é o seu segredo?

Coisas... aconteceram.

√Č, todos n√≥s temos nossos segredos a preservar.

A reunião de ambos foi encerrada quando o ataque dos piratas foi impedido pelos seus esforços conjuntos.


As viagens de Asellus também tiveram um confronto com a organização criminosa Trinity sendo "capturada" de propósito ao procurar pistas sobre a Princesa Rei.

Ela e a Princesa White Rose foram "levadas" a uma base dessa organização; em meio a comoção, auxiliaram uma menina chamada Emelia em desmantelar essa operação de dentro pra fora. Porém essas aventuras não são relevantes nesse exato momento.

Obrigado, se você precisar de qualquer coisa, me avise!

Sem problemas, minha querida! Boa sorte com sua miss√£o!




Uma coisa ainda incomodava Asellus. A ciência das políticas mística demonstradas pela sacerdotisa no templo no topo da colina.


Entretanto, antes que pudesse se aproximar, ela é surpreendida por Ciato!

E eu lhe digo: absorver seu sangue infundido com o poder de Orlouge, assim como os poderes da Princesa White Rose me deixar√£o insuper√°vel! Eu deveria ter feito mais do que apenas esfaque√°-la pelas costas no jardim de Orlouge!

...!

Você não será capaz de vencê-la, Ciato!

V-você!!!

Malditos místicos...!


Ciato se transforma no Hunter Knight com o poder de Rastaban mesclado ao seu, mas não é o bastante. Ele cai perante os ataques do grupo de Asellus.


Ciato... Receba meu Fisherman SUPLEX!!

Após o combate, os contornos de Ciato começam a dissolver e ele desaparece de forma diferente do que quando se teleporta. Quando o processo se encerra, Ciato simplesmente sumiu.

Ele se foi...?

√Č a prova que seu poder m√≠stico sobrepujou o dele. Em um combate m√≠stico, suas for√ßas o fizeram desaparecer. Essa √© a morte, t√£o temida pelos m√≠sticos mais poderosos que quando derrotados s√≥ entram em torpor.

√Č por isso que todos temem tanto Orlouge? Por que ele pode fazer com que os outros desapare√ßam?

A vida de um místico é longa, Lady Asellus. E é por isso que temem tanto a morte, e ainda mais aqueles capazes de causá-la.

Então, eu também tenho o mesmo poder que ele...


Após a batalha e o desaparecimento do místico, a misteriosa sacerdotisa corre, mandando Asellus se afastar dela.

Saia daqui... eu n√£o quero nada com isso.


Asellus decide voltar a Owmi para ver se Mesarthim está bem no lago. Afinal, como aliada de Asellus, poderia ser um alvo em potêncial de Orlouge.

Entretanto, após colocar seus pés na mansão, Asellus e White Rose são tragada por um portal místico.


Lorde Orlouge... Ele nos considera uma ameaça real. Ele parou com qualquer tipo de brincadeira.

O-onde nós estamos?!

Esse é o Labirinto das Trevas de Lorde Orlouge. Ninguém é permitido a saída sem um sacrifício. Todos vez presos aqui vagarão pela eternidade até que ou decidam sacrificar aquilo de mais precioso ou permanecer nesse limbo.

Asellus e White Rose vagam pelo labirinto pelo que parecem ser dias, ou semanas.

(Pelo menos pra mim jogando, entrando em portas aleatórias e enfrentando inimigos nelas pareceu, aoheoae. )

Elas encontram uma criatura vegetal vagueando por entre as portas, t√£o perdida quanto elas.


Oh, imagino o que fizeram pra estar aqui, mas o motivo eu sei bem.

Outro perdido.

...!

Não me olhe assim. Todos que vagueam pelo Labirinto das Trevas o fazem por uma transgressão ao Lorde Orlouge. Olhe, uma dessas portas é a saída, tenho certeza.

E porque n√£o a usa?

(...eu...)

Não é assim que funciona. Você precisa sacrificar algo pra sair daqui. Eu não tenho nada a não ser meus próprios crimes, hehe.

(...Lady Asellus!)

Em companhia da planta, elas encontram a porta da saída, e...!


White Rose n√£o saiu?! A voz da mesma ecoa pelos corredores.

Eu irei permanecer no Labirinto, Lady Asellus. √Č a minha penit√™ncia por ter desobedecido meu senhor...

Mas por que?! White Rose, n√£o v√°, por favor!!!
 
Um sacrifício precisa ser feito. Você está livre, Asellus. Use essa liberdade, por mim...!

White Rose! N√£o!

...e Asellus... obrigada por me considerar... a sua coisa mais preciosa.

A voz de White Rose desaparece nas trevas.


Ildon e outros colegas de Asellus as encontram.

Por sua vez, eu só consegui sair do labirinto pelo sacrifício da liberdade de White rose. O mínimo que eu posso fazer é te auxiliar, eu irei com você.

Você é minha... compensação pela White Rose? Hahaha, meu deus...

Me desculpe, haha. A situação é realmente inesperada, mas eu vou fazer o que puder...

Zozma surge, teleportando-se.

Eu entendo que você esteja pra baixo por causa disso, mas... Você tem que entender o porquê de White Rose ter dado a liberdade por você.


Como amiga. Como irm√£. Talvez mais que...

Ent√£o admita isso! Em voz alta, para si mesma!

Mas eu sou uma mulher, mesmo sendo meio mística, eu não sei como lidar com isso!

Voc√™s humanos tem estranhos costumes de restri√ß√Ķes. Apenas aceite o amor de White Rose. A liberdade que ela lhe concedeu... aceite-a.


Negue ou confirme, a escolha é sua. Mas ficar parada aqui não vai te ajudar em nada. Abrace seu destino, e sua liberdade.

Vamos pra onde?

Zozma se junta ao grupo, assim como o monstro RedTurnip.


Decida-se em como agir sozinha, de agora em diante. A iniciativa deve ser sua. Eu vou te acompanhar não apenas pelo pedido de Rastaban, mas porque eu entendo a sensação de ter alguém que ama atacado por sua causa.

Descendo as escadas, nós encontramos a saída para o lago. Emanando um pouco de poder místico, Mesarthim rapidamente a reconhece.


Você pode me ajudar, Mesarthim?

Sim, eu sou sua serva e farei o que desejar.

Não diga isso, Mesarthim! Você é minha amiga, e eu preciso do seu auxílio e apoio!

Entendo. E a Princesa White Rose...?

...ela n√£o...

...ah, Lady Asellus...!

Só tinha mais uma ponta solta nessa história toda.


A sacerdotisa. Já chega, Asellus não aceitaria mais nenhuma enrolação sobre tudo!
Era você, não é? Rei. Você tem o que, 12 anos? Uma humana sacerdotisa com grande poder mágico. Conhecedora da política e reconheceu White Rose, Ciato e Ildon.

Acho que ainda falam sobre mim em Facinaturu. √Č, eu fui a m√≠stica que voc√™ deve ter ouvido falar como Princesa Rei, renascida como humana mas ainda detentora de poderes de m√≠stica.

Tudo isso começou por causa de você...

Meu maior arrependimento foi não ser capaz de parar a criação de uma meio-mística. Talvez a minha individualidade e resistência tenham ferido muito mais pessoas do que me ajudado com a fuga.

...você é indiretamente responsável pela minha criação, sim. Mas é culpa de Orlouge.

Talvez voc√™ esteja certa. Eu n√£o vejo mais White Rose com voc√™, e posso imaginar o que aconteceu. O que posso te dizer √© que nesse momento voc√™ √© talvez a √ļnica criatura em todas Regi√Ķes capaz de derrotar Orlouge.

Derrotar Orlouge...

E eu vou com você, se você aceitar minha ajuda. Tenho contas para pagar e elas estão 12 anos atrasadas.

Sim! Nós temos contas a serem ajustadas, Princesa Rei.

Me chame apenas de Rei. N√£o sou e nunca mais serei uma princesa!





Nessa atualiza√ß√£o tivemos a jun√ß√£o de dois m√≠sticos poderesos com Doms √ļnicos de magia.

Rei √© a √ļnica detentora do jogo do Dom da magia Miragem, que √© nada mais que a forma de evoca√ß√£o direta dos bichos criados pelo PhantasmShot do Dom M√≠stico. Ao inv√©s de estar sujeita a aleatoriedade da mesma, ela possui a habilidade de escolher qual. √Č mais uma "coisa legal de ter" do que um gamebreaker em si.

Zozma √© tamb√©m o √ļnico usu√°rio do jogo da magia da escola Maligna. Ele n√£o tem o dom; em destaque, SharpPain / AgudaDor tem uma taxa de quase 100% de atingir inimigos com Atordoamento/Stun.

Alias, olha esse hp/lp/jp. Rei é do capeta!





No porto de Owmi, um velho amigo nos aguarda, pronto para nos deixar resolver nossos problemas. :)


[/spoiler]

Ilustração da atualização: Fanart de Princesa Rei. (Artista: Sakizou)
« ŕltima modificaÁ„o: Abril 19, 2018, 09:42:12 am por Lumine Miyavi »

Offline Macnol

  • The Eltor
  • Admin
  • GW2 fanboy
    • Ver perfil
    • True spell!
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #12 Online: Julho 26, 2016, 06:38:15 pm »
Eu definitivamente não lembro nada dessa beterraba/imitação de Pecoros. Pode falar mais sobre ele?

Offline Lumine Miyavi

  • Let's Player No. 1
  • Shall i play a song?
    • Ver perfil
    • Phieluminando
Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #13 Online: Julho 28, 2016, 02:08:34 am »
Citação de: Macnol
Eu definitivamente não lembro nada dessa beterraba/imitação de Pecoros. Pode falar mais sobre ele?
Ele é literalmente isso, um monstro aleatório perdido no meio do labirinto sombrio. Fica implícito que talvez em algum momento ele não fosse só um monstro e fica claro que foi um dissidente de Orlouge em algum momento da história de Facinaturu.

Talvez o Essence explique melhor, mas n√£o tivemos tradu√ß√Ķes disso at√© agora.

Editado de 19/4/18: Essence não explicou melhor, ele realmente não tem backstory além de ser uma beterraba dissidente.

Mas convenhamos, ser uma beterraba dissidente de um tirano louco é um conceito maneiro!

[spoiler]
No √ļltimo cap√≠tulo de Casellusvania...


Nossa heroínas estavam prestes a invadir a região Facinaturu novamente, mas Asellus decide colocar as pontas soltas em dia, terminando de reunir o máximo de poder pessoal antes de controntar seu progenito místico. Pra isso, ela irá atrás das 4 cartas do Dom da Arcana com seus aliados.


Em Yorkland, com informa√ß√Ķes de Lute, descobrimos que a carta do Graal s√≥ surge diante de pessoas completamente b√™badas. Asellus entorna o caneco, e consegue em meio a alucina√ß√Ķes, pegar a carta.


Em Baccarat, n√≥s encontramos com uma menina vestida de coelho. √Č a mesma menina que nos ajudou na incurs√£o omitida da base de Trinity, Emelia.

Huh, hey Asellus. O que você está fazendo aqui?

Eu estou investigando sobre as cartas do Dom da Arcana, especificamente a carta de Ouros. O que você está fazendo aqui? Vestida de coelha, ainda por cima?

Investigando a ligação da organização Trinity com o cassino, na forma de lavagem de dinheiro. Então, enquanto eu estou aqui, ouvi que os gnomos que são donos desse cassino são os detentores da carta.

Não é como se um gnomo fosse simplesmente passar por nós...

Um gnomo passa por elas.

Ambas seguem o mesmo até o estacionamento. O bueiro que antes ficava fechado, agora está aberto.


Emelia se junta mais uma vez ao grupo de Asellus, e dessa vez, permanentemente. Ambas seguem por cavernas até achar uma caverna literalmente lotada de ouro.


Tá vendo todo esse ouro ao nosso redor? Só nos interessamos por ouro! Nos dê ouro e iremos trocar pela carta!

Eu tenho uma barra de ouro, que uma vez foi possuída por uma princesa mística.

Ouro místico!

(...obrigada mais uma vez, White Rose)

Os gnomos piram e entregam a carta de Ouros para Asellus.

Asellus segue as dicas dadas pelos leitores de fortuna de Devin, e vai parar no quartel general da Polícia Interregional, I.R.P.O.


Eles s√£o direcionados para uma sala de espera e conversam com o chefe da IRPO em pessoa, Fuse.

Eu não posso simplesmente dar ela pra você assim. Você precisa merecer, e eu preciso de ajuda em patrulha, uma mão lava a outra.

...você, óbvio que seria você.

Vocês se conhecem?

Heh, a mocinha aqui e eu temos uma certa "história".

Prisão de Despair, sentença perpétua, sem julgamento!

Talvez eu tenha sido precipitado...

Ugh, não importa agora. Eu tenho uma dívida com Asellus e vou pagá-la, mesmo que isso signifique tolerar ter que sua companhia.

Ugh digo eu.

...e qual seria a sua miss√£o de patrulha?






Informação (e primeira alteração real "Abridged" ao Let's Play):

Essa quest de conseguir a flor no topo da montanha √© na verdade, uma miss√£o quase suicida feita pelos superiores de Fuse para tir√°-lo do caminho. Fuse, como l√≠der da patrulha de campo da IRPO, al√©m de estar fora da corrup√ß√£o da organiza√ß√£o Trinity, tem sido constantemente um p√© no saco por suas investiga√ß√Ķes. Ele √© colocado para resgatar uma flor, sem nenhum tipo de valor especial al√©m de sua beleza, do topo de uma montanha numa regi√£o perigosa. √Č uma armadilha √≥bvia para elimin√°-lo, mas como uma das habilidades mais fundamentais de Fuse √© protelar, ele enrola para arrumar ajuda e realizar essa miss√£o com a ajuda de algum dos personagens jogadores.



Essas informa√ß√Ķes seriam parte da pr√≥pria Quest de Fuse, que seria o oitavo personagem jogador, mas teve que ser cortada por falta de tempo / dinheiro. Todos os dados da quest de Fuse foram deletados, mas alguns pointers dentro do jogo ainda indicam onde e quando os eventos aconteceriam.

Essa quest adicional foi expandida no livro na forma de um conto, conectando-se com a de Lute como o apanhado geral "pós-quests" que uniria os personagens.




Ao tocarmos na flor, uma fênix desce dos céus. Asellus dá suplex na fênix, como o costumeiro.

Após retornarem, Fuse lhes dá a carta do Escudo, tendo agora apenas uma das quatro cartas do Dom de Arcana distante da posse de Asellus e seu grupo.

Eu vou te falar uma coisa, garota. Eu não sei pra que você quer a carta, ou porque quer esses poderes, mas... se for algo sério, não hesite em acionar a IRPO.

...h√£?

Sério. Acione a IRPO no caso de algum problema ainda maior, ouviu?

Após as palavras de Fuse, Asellus parte em direção a Wataku, terra devastada pelo ataque da organização Trinity. As meninas do espaçoporto de Koorong ainda são contrárias a viagem a Wataku, mas Gen intercede.


Autorizem a viagem: é o mínimo que vocês poderiam fazer.

Faremos os preparatórios, senhor.


Em Wataku, apenas ruinas permanecem. Apenas dois lugares est√£o intactos: a c√Ęmara do Deus da L√Ęmina, e a c√Ęmara do Sabre, onde a carta final da Arcana se encontra.


Ap√≥s v√°rios desvios, encontramos a c√Ęmara do Deus da L√Ęmina. Uma espada surge num clar√£o, diante de Gen.


Deus da L√Ęmina... o que voc√™ quer que eu fa√ßa? Eu sou merecedor de tal honra? √Č para que eu forge meu pr√≥prio caminho...?

Gen recebe a L√Ęmina do Cometa, uma katana.


Na c√Ęmara do Sabre, Asellus consegue superar os enigmas e recebe a carta do Sabre.

Com a união das quatro cartas, o Dom da magia Arcana é passado para todos de seu grupo capazes de usar essa magia.

Agradeço seu auxílio, Lady Asellus. Espero que minha assistência contínua possa te recompensar.


Voltamos a Manhattan e conversamos com o piloto. Com o apoio dele, traçamos o caminho de volta e retornamos para onde tudo começou: Facinuturu.



Ao inv√©s do tema com inspira√ß√Ķes vitorianas, temos o verdadeiro tema de Facinuturu como plano de fundo: "Castle of Needles":

Castle of Needles, Kenji Ito (OST de SaGa)


Hari no Mushiro, Takrockers!!!, √°lbum tributo "Roses In Promenade"





A cidade continua t√£o opressora quanto anteriormente. Asellus vai de encontro a sua √ļnica confidente al√©m da princesa White Rose, Gina. Ao entrar na loja da alfaite, ela tem uma terr√≠vel surpresa.


O que?!

Por que fizeram isso?! Ela é apenas uma menina inocente...! Falar com você foi o suficiente para marcá-la aos olhos do Lorde! Eu odeio esse lugar, eu odeio tudo isso!

...ela é uma inocente e não tem nada com isso. Eu vou resgatá-la...!

Lady Asellus...

Meu "ex-marido" é mesmo uma criança, se ele não pode ter, ninguém mais pode.

Diante dos port√Ķes, Asellus grita a plenos pulm√Ķes seu retorno.


Nada mudou, exceto que toda corte desapareceu. Todos parecem estar prontos para o ataque de Asellus.

Nós visitamos o antigo quarto-caixão das princesas, começando por Rei.


Apesar de todo seu poder, Orlouge permanece t√£o mesquinho quanto qualquer outro homem.

Rei...

Talvez, ele seja ainda mais - seu poder é exacerbado por sua possessividade.

O caix√£o da Princesa Lion est√° aberto.

Terá você a coragem para derrotar tal lealdade...?

Pelo que eu entendi, vocês lutaram contra a Princesa Lion anteriormente. Talvez ela estivesse brincando ou testando vocês, mas dessa vez será diferente. Ela não irá parar até que seja completamente derrotada.



O caix√£o da Princesa White Rose est√° selado, e podemos ver uma vaga sombra dela.

Por minha causa, ela est√° presa naquela dimens√£o de trevas.

Como tudo mais aqui, o poder de Orlouge está a mantendo naquele local horrível. Se Orlouge for derrotado, o Labirinto das Trevas cessará de existir.

...ent√£o eu j√° sei o que fazer.

Nossas vidas nunca ser√£o livres de verdade enquanto ele ainda dominar essa Regi√£o.

Por White Rose, Gina, por você e por mim. Precisamos dar um ponto final nisso!



Antecipando a invas√£o, os teleportadores est√£o desativados e somos obrigados a fazer o caminho mais longo, Chateau acima.


Um gigante barra o caminho, para algum local.

Obviamente algo importante est√° aqui, para que seja guardado t√£o isolado.



Sua derrota abre uma entrada previamente selada, onde um grifo está, curiosamente sobre o símbolo de uma rosa, como se fosse um caixão de princesa.

Dentro dessa besta...!

Após ser derrotado, os corpo do grifo se abre como um casulo e de dentro dele irrompe... GINA!?


Finalmente eu creio na existência de milagres...! Eu estou bem, apesar de ter sido selada no interior da besta que você derrotou.

Orlouge fez isso com você?

Não, foi o príncipe Rastaban, ele me trouxe até aqui e me selou na fera...

O que levaria Rastaban a fazer isso!? Alguma ideia, Ildon?

Desde o incidente com Ciato ele parecia estar cada vez mais desesperado... eu mesmo não o entendo mais. Desafiando Ciato, sequestrando uma humana inocente... Ele não é mais o Rastaban que eu conheço...

Dentro dessa sala, acredito que estarei segura. Lady Asellus, eu vou esperar por você com toda minha fé.

Fique segura, Gina. Nós voltaremos.



O port√£o final d√° acesso ao... outro lado do jardim. O ciclo se fecha finalmente.

A escadaria que d√° acesso a ascen√ß√£o final das c√Ęmaras reais de Orlouge est√° diante do grupo da meio-m√≠stica.



Um espectro, o remanescente do espírito de Ciato surge em nosso caminho, preso por seu papel designado de guardião por Orlouge. Ele caí diante dos poderes do grupo.

Bastardo sem vergonha!

Tenha algum respeito, Zozma. Ele sofreu pelo destino que lhe foi confinado, e nós estamos lutando contra o nosso.

Hunf

Subindo as escadas, somos confrontados pela princesa Lion mais uma vez. Ela brande uma espada dourada reluzente como a luz do Sol e n√£o parece estar apta para conversas.


Ela é derrotada, apesar da dificuldade.

Eu não posso ir contra meu destino, Lady Asellus. Já você...

Me perdoe, Princesa Golden Lion...

Resgate minha irmã. Leve minha espada, o símbolo da maior guerreira que já existiu em Facinataru. Ela pertence a você, e não a mim.

Golden Lion...

Na ultima plataforma da ascenção quem nos aguarda é... Rastaban?


Agora é chegada a hora que você derrotará Orlouge e tornará-se a governante de Facinaturu.

Voc√™ quer que eu derrote Orlouge apenas para cumprir suas ambi√ß√Ķes, Rastaban. Eu n√£o quero nenhuma associa√ß√£o a voc√™ ou suas intrigas. Voc√™ ultrassou os limites ao envolver algu√©m n√£o deveria ter chegado perto dessas intrigrar, ao envolver Gina!

Ah, então... Tinha esperança que poderíamos ser amigos, e quando você conquistasse a região aliasse minha inteligência a seu poder. Bem, não importa mais. Eu posso derrotar você, drenar seu poder e derrotar Orlouge com minhas próprias mãos.

...Rastaban, você...

Cale-se, Ildon! Você deveria estar ao meu lado, não do dela!


Rastaban, o cavaleiro negro é derrotado.


A promessa de poder era tão sedutora assim? Acho que agora o que nos resta... o que me resta... é ver como tudo isso irá terminar.



Na vista do Castelo das Agulhas, Orlouge nos aguarda.

Veio me idolatrar, minha filha mística?

Eu não sou sua filha. Mesmo renascida como uma mística, eu ainda sou eu. Odiada pelos místicos por ser humana, desprezada pelos humanos pela herança mística. Mas não há nada de errado comigo, é tudo isso que eu aprendi.

...Hah!

A forma de me livrar de sua influência em minhas veias é te derrotando.

No final das contas, humanos s√£o apenas humanos. S√£o incapazes de transcender essa falha.

Eu não sou como você.

Não. Não é. Especialmente porque você parece ser incapaz de ter ideia do que você se tornou.

...

N√£o sente a for√ßa do meu sangue M√≠stico em suas veias? Voc√™ herdou o poder das trevas, capaz de se alastrar por todas regi√Ķes, capaz de sobrepujar todo universo!

Eu não sou você. Se deseja tanto isso, faça por si só.

Oh?

Voc√™ n√£o respeita qualquer tipo de vida, humana ou m√≠stica. N√£o importa se o sangue √© azul, vermelho ou p√ļrpura! Todos temos sonhos e esperan√ßas! Todos tentamos alcan√ßar algum lugar no sol e abra√ßar a vida!

Talvez tenha feito um péssimo erro em lhe salvar. Está na hora de retificar esse erro.

Você é bem-vindo para tentar. Mas nenhum de seus lacaios foi o bastante.

J√° ouvi o suficiente. Vamos acabar com isso antes que me entedie at√© a morte. Aguardo voc√™ na c√Ęmara real.

Orlouge se teleporta para a mesma.

...n√£o fuja, maldito!

Venha, Asellus! Venha para seu destino!


No centro da c√Ęmara real, Orlouge √© apoiado por 3 apari√ß√Ķes, origin√°rias dos retratos de 3 princesas m√≠sticas representando as 3 virtudes de seu reino, e seus tr√™s s√≠mbolos de poder e domina√ß√£o.

O orgulho, que não se prosta por nada ou ninguém
A beleza, com o charme capaz de dominar tudo e todos
O medo, que domina todos abaixo de seus pés

Rei, White Rose e Lion, respectivamente. Os seus maiores orgulhos dentre todas suas posses.

Em meio a confus√£o, Rei d√° um passo a frente, e Orlouge a reconhece.

Minha primeira arquiprincesa, Rei. Você é a responsável por tudo isso, com sua rebeldia.

Ah, culpando a vítima. Você nunca muda, não é?

Se apenas você tivesse ficado no seu caixão... Se você não tivesse renascido como humana, eu não teria feito uma Caçada Mística.

Sua avareza foi e sempre ser√° seu maior defeito.

Você está menor agora. Quando eu eliminar todos empecílios, eu irei colocá-la onde nunca deveria ter saído.

...√Č imposs√≠vel conversar com voc√™.

Seu caixão terá que ser reduzido, claro. Você é apenas uma criança agora. Mas ainda é minha princesa.

Vamos acabar com isso, Orlouge.

Asellus...

Vamos!

Diante de uma sequência de suplexes, o Lorde do Charme, Rei Impiedoso, Protetor das Rosas, Governante das Trevas, Juíz Supremo, Perseguidor da Beleza, Governante de Facinataru, o Lorde do Castelo das Agulhas, o Lorde Místico Orlouge é derrotado num litera golpe (de luta livre) de estado.





O poder de Orlouge é dissipado com sua derrota.

Diante dos poderes de Asellus fortalecida com as energias místicas, Orlouge caiu em combate.

Os caix√Ķes e o Labirinto das Trevas s√£o abertos, para nunca mais serem fechados.

Tch... acabem com isso.

Seu destino vai ser muito pior que a morte, Orlouge.

Fuse adentra pelo pal√°cio.


(Fuse, fanart de Takei)

Então, uma Caçada Mística em territórios humanos atrás de uma humana, com a morte acidental de outra! Você sabe quantos tratados e leis isso viola?!

Huh!? ...Um agente da IRPO?! Aqui?!

Um final indigno para um governante indigno.

Uma den√ļncia "an√īnima", meu ex.

Heh, voc√™ vai ficar muito tempo preso, vossa majestade deposta. Tamb√©m recebi den√ļncias de envolvimento de tr√°fico de concubinas m√≠sticas para uma base clandestina da Trinity, assim como outros crimes que v√£o deixar voc√™ por muito, muito tempo atr√°s das grades.

Aaaaaaa!!!

Não é um caixão de vidro, mas você vai ter bastante tempo pra pensar na vida.

E eu vou pedir pens√£o.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!




E aí o que aconteceu vovó?

O pai das crianças pede para que elas vão brincar.

Você deveria brincar com elas também, meu filho.

Esperando o amor da sua vida, m√£e?

N√£o me envergonhe assim!

O filho de Gina se retira, e Ildon entra, andando.


Você mudou tanto que eu mal te reconheceria.

√Č tudo por causa de voc√™s. E voc√™ tamb√©m, Gina. S√≥ em observar como voc√™ vive e lida com as coisas me fez melhorar tremendamente. Eu sinto como se fosse cego e subitamente passei a poder enxergar.

Isso não parece nem um pouco com o homem que uma vez foi chamado de Príncipe das Trevas, o homem das Asas Negras.

Como na anterior, os místicos surgem um a um, mas ao invés de se teleportarem, eles caminham.

N√£o zombe de mim, Zozma.

Quanto tempo n√£o lhe vejo, Zozma!

Gina!

Princesa White Rose, que felicidade em lhe ver!

Asellus disse que você ficou preocupada comigo, desculpe minha ausência!

Mas onde est√° Lady Asellus?

Ela vai vir, certo? Ela n√£o deveria nos deixar esperando!

Heh, Asellus sempre foi indecisa assim.

N√£o se preocupe, Gina, ela vir√°.

Espero que sim.

Asellus surge.


Oh, por favor. Isso é tudo que me sobrou, ver você uma vez ao ano. Sua juventude é a minha juventude. Sempre me visite até que eu morra...

Do que voc√™ est√° falando? Sua sa√ļde est√° perfeita!

Alias, meus netos mais velhos estão prestes a terem filhos. Eu fui muito abençoada.

Isso é fantástico. Eu gostaria de ter sido capaz de ser uma avó como você, sabia?

Era isso que você queria no final das contas, não é? Ter vivido como humana.

Mas eu vou ficar bem. Ildon, Zozma e a  White Rose sempre estar√£o ao meu lado.

√Č uma felicidade ter amigos t√£o leais. Nos resta viver felizes como nos dias de antigamente...

Você deveria ver esse vídeo, também.

! No longer available



E sim, eu adicionei cenas ao final anterior, e joguei o final de humana pra próxima atualização.

WELCOME TO SAGA FRONTIER THE ABRIDGED VERSION

[/spoiler]

Ilustração da atualização: Fanart de Asellus e White Rose, com fundo de Orlouge
« ŕltima modificaÁ„o: Abril 19, 2018, 11:07:55 am por Lumine Miyavi »

Re:Vamos Jogar SaGa Frontier!! :D
« Resposta #14 Online: Julho 28, 2016, 11:56:35 am »
Assim, a história ficou meio truncada, não sei se por causa do LP ou pelo jogo em si, mas até que ficou um arco gay bonitinho. E essas fanarts... incríveis. Qual é o próximo?