Autor Tópico: Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação  (Lida 2937 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Crônicas de Drakkarr é um cenário de campanha que fui desenvolvendo na mesa e on-line através do jogo Neverwinter Nights. Não é um cenário diferenciado, apenas um cenário bem ao estilo clássico. Ele foi mudando cada vez que fui reciclando e alterando, variou de um mundo de fantasia bem tolkiano até algo mais high magic, como Forgotten Realms. Nos últimos anos, meu gosto foi se modificando e quis fazer do Crônicas de Drakkarr algo mais dark fantasy. Não como Ravenloft, mas algo menos alegre que a Fantasia Medieval tradicional.
O nível mágico do mundo também foi reduzido bastante. Chegou ao ponto do que a comunidade de Neverwinter Nights chama de Low Magic. No início o cenário foi desenvolvido pra D&D e tinha clérigos, vários deuses, classes de prestígio e tudo mais. Mas atualmente o cenário já não possui clérigos, quer dizer, não possui padres combatentes que lançam magia.
Resolvi aproveitar o lançamento do GURPS 4E em português e trabalhar esse cenário para o sistema. Até pensei em adaptar para o novo D&D mas tenho pouca experiência com ele. Portanto irei, paralelo com o GURPS, desenvolver este cenário para a Licença Aberta D20.
Agradeço a administração do fórum pelo espaço cedido. Procuro colaboradores, pois há muito do cenário ainda a desenvolver e quem quiser participar é só me adicionar no msn: pepilegal@gmail.com
Abaixo uma prévia do mapa do continente de Drakkarr feito com o CCMap.
[]s Pepi


Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #1 Online: Outubro 11, 2011, 09:25:39 am »
Vou adotar alguns padrões nos textos da ambientação e achei melhor partilhar neste tópico:
1 - Organizarei os textos da seguinte forma: primeiro o que vocês chamam de fluffy, isto é, a ambientação e etc., pra depois colocar regras direcionadas aos sistemas.
2 - Todos os comentários meus relacionados aos textos serão colocados entre "spoilers" ao decorrer do texto para não prejudicar a leitura principal.
3 - Vou criar um tópico para sugestões, críticas, idéias e o que for, pra quem quiser participar da maneira que for, possa fazer. :)

Mais uma coisa: desculpem a lentidão na postagem dos textos, esses últimos dias tem sido bem corridos.
Valeu :)

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #2 Online: Outubro 11, 2011, 10:12:54 pm »
Conforme sugestão do Vincer irei fazer a premissa do cenário:

Drakkarr é um continente de um mundo vasto, porém nunca batizado ainda, talvez eu batize. Nem os mais sábios conseguem determinar tudo que há nos oceanos deste mundo. Os continentes conhecidos são Varagon e Drakkarr, mas sabe-se que há outros pois os raças como os Thuldin nao surgiram em nenhum desses citados, além dos humanos que habitam Hajime. Existe também os arquipélagos Zaronianos mais ao sul, conjunto de ilhas que abasteceu o antigo reino de Zuregoth em Varagon com escravos.
Ele foi criado inicialmente para aventuras ao estilo Dark Sun, só que numa região gélida ao invés de árida. Aventuras de uma campanha onde sobreviver era a aventura. Nesta campanha surgiu o ser que foi o vilão central do cenário por várias campanhas, Gélidus, o nobre cavaleiro possuído pela alma de um demônio antigo.
No início existia apenas o Forte Gwendor, que na habitação atual se tornou Ducado de Gwendor, um forte bem ao sul e última aglomeração da raça humana no continente.
Com o fim da trilogia de campanhas conhecida como Guerras Gélidas, resolvi transformar o Drakkarr em um cenário completo. Para isso anos se passaram e os personagens antigos se tornaram as lendas de outrora.
Atualmente Drakkarr é um continente que precisa de heróis. No sul, no mais poderoso reino de Drakkarr, Amber, uma perigosa guilda de ladrões e assassinos aumenta sua influência através do medo. Em Shusoran, intrigas e assassinato entre os nobres que disputam o trono de um rei moribundo, enquanto o povo padece com impostos pesados e puniçoes severas. Em Hajime, região colonizada por um exótico povo de uma terra distante, um golpe de estado ameaça a verdadeira sucessão ao trono imperial. E no norte, nas chamadas Terras Livres, entre povoados bárbaros e ruínas misteriosas, um mal antigo ainda persiste e trama seu retorno ao triunfo. Este é Drakkarr, um bom lugar para se viver e morrer.
E os não-humanos!? Daern, o grande reino dos Ithyl, também conhecidos como elfos negros ou elfos do subterrâneo, ainda mantém seguras suas fronteiras mas está longe de sua glória de outrora. Os arrogantes altos-elfos se isolam cada vez mais em suas torres de marfim na misteriosa Arnaladh buscando sua imortalidade perdida. Os elfos da floresta se tornam cada vez mais belicosos e hostis com forasteiros. Os anões se isolam em seus reinos subterrâneos tentando resolver seus próprios problemas, enquanto os chamados Thuldin vivem a margem da sociedade humana enquanto sua cultura desaparece com os anos. Já algumas tribos orcs, liderados por líderes conhecidos como Azgash, tentam restaurar as antigas glórias desse povo degenerado.
Isto é Drakkarr, um mundo onde a magia é temida e respeitada, mas sem ser o grande poder que é nos outros mundos do multiverso. Num mundo em que poderosos dragões são lendas do passado e heróis lendários são histórias de taverna.

"Legionário, mantenha sua armadura em bom estado e sua lâmina afiada, eles serão seus melhores amigos a partir de agora. Seja fiel e cuidadoso com ambos, pois eles ainda salvarão sua vida."
Alexia Lâmina Prateada, Centuriã da Legião Dourada
« Última modificação: Outubro 11, 2011, 10:15:43 pm por Pepilegal »

Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #3 Online: Outubro 12, 2011, 06:52:19 pm »
Não sei se foi o alto teor baixo teor sanguineo no meu etilico. Mas li, li e não captei nada que chamasse a atenção.

Em um paragrafo. O que seu cenário tem de diferencial?

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #4 Online: Outubro 12, 2011, 07:18:35 pm »
Depende do ponto de vista Gun_Hazard. Na verdade é um cenário estilo clássico de RPG, com inspirações de cenário clássicos como Dragonlance, Greyhawk, Karameikos, Mundo de Titan e até Varda, o mundo de Senhor dos Anéis. É um cenário ao estilo clássico, mais focado em assuntos como guerras, intrigas, golpes de estado do que magias, guerras mágicas, batalhas de extra-planares de etc. Com a maioria dos cenários novos sendo High Magic ou High Fantasy e, até alguns dos cenários citados sendo adaptados para esses estilos, talvez isso seja um diferencial.
Talvez o diferencial seja também a ausência de NPCs e Criaturas incrivelmente poderosas. Ausência de seres que ofuscariam os personagens. Uma das características que tento sempre passar ao cenário é que nem sempre batalhas resolvem tudo.
Não faço cenários ou ambientações pra ser melhor que as outras, faço algo que sei que irei divertir os jogadores e a mim também é claro. :)
Se tem um diferencial ou não, não me preocupo com isso. Me preocupo em fazer um cenário que possa proporcionar diversão para quem gosta do estilo proposto. Por isso tô sempre aberto a sugestões e ouvir opiniões já me ajudou muito.
 :cool:

P.S.: Não sei se já falei, mas é um mundo sem clérigos ao estilo D&D.

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #5 Online: Outubro 12, 2011, 09:19:13 pm »
Gostei dos mapinhas. Como fez?
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #6 Online: Outubro 12, 2011, 10:11:53 pm »
CCMap, é um programinha que tu acha fácil na internet. ;)

Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #7 Online: Outubro 13, 2011, 05:16:08 pm »
P.S.: Não sei se já falei, mas é um mundo sem clérigos ao estilo D&D.

Sem Clérigos no sentido de não ter um Aventureiro Religioso?

Ou de não haver Religioso nenhum?

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #8 Online: Outubro 13, 2011, 06:46:30 pm »
De não haver aventureiros religiosos que buffam e soltam magias de cura e servem oficialmente o Clero. Sim, os humanos veneram um único deus, os elfos veneram os antigos deuses e os anões veneram um deus e seus ancestrais.
Entre os humanos há os paladinos. Na verdade, no cenário a diferença entre um cavaleiro e um paladino é que o primeiro serve a bandeira de algum nobre, reino ou etc. e o segundo serve a bandeira do Clero.

Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #9 Online: Outubro 15, 2011, 12:36:09 am »
Interessante.

Então Paladinos nada de poderes, só ideais mesmo? (Gosto disso)

Quem faz o papel de "Cura Mágica" é somente um tipo de mago?

E os mitos antigos  e primitivos? São desconsiderados? Qual seria a razão para ter só uma fonte de adoração humana?

Offline Pepilegal

  • [Coordenação]
  • Kabong!!!
    • Ver perfil
Re:Crônicas de Drakkarr - Cenário para GURPS 4E e outros - Apresentação
« Resposta #10 Online: Outubro 15, 2011, 12:58:57 am »
Paladinos só ideais :)
Isso, somente um tipo de mago especialista em cura, tipo um curandeiro.
No futuro tópico das religiões explicarei com mais detalhes sobre o monoteísmo humano. :)