Autor Tópico: Crunch: a matemática do sistema  (Lida 1195 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline z é d u a r d o

  • não dorme, não sonha.
    • Ver perfil
Crunch: a matemática do sistema
« Online: Setembro 22, 2013, 09:42:21 pm »



A matemática do sistema

Abrindo o tópico pra concentrar e organizar as pesquisas, as ideias e as discussões a respeito da matemática do sistema. Ao fim, o que esperamos é que o e8 seja simples e limpo, que tenha poucas (ou nenhuma) dificuldades de aprendizado e que possua uma prática fluída, sem aquela consulta recorrente às regras.

Acho que o esquema aqui é o de sempre: tópico aberto pra discussões, e esse post editável pra indexarmos as coisas.



IDEIAS POSTAS & DE USO PROVÁVEL
  • À base de 2: ainda precisamos estudar mais a respeito disso e entender os efeitos, mas a questão do +2/-2 como algo que estrutura as variáveis de um sistema tem aparecido em várias conversas que temos sobre a 4e. Regras de vantagem/desvantagem, progressão de monstros, dificuldade em testes, etc.
  • Roll-and-keep: queremos agregar um pouco da rolagem dos roll-and-keep (L5R, 7th Sea, etc), que originalmente funciona em sistemas baseados em d10. Nesses sistemas, o jogador é instruído a rolar XkZ, sendo X o número de dados a serem rolados e, entre eles, usar no teste um número Z de dados com o maior valor. Ou seja, um jogador que role 4k2 rolará 4d10 (9, 6, 3 e 1), mas manterá apenas os 2 maiores valores (9 e 6).
    No e8 (e no d20 no geral, em outros momentos), esse método se apresenta, por exemplo, na rolagem de 2d20 e no uso do resultado maior. Inspirados no Next e em conversas anteriores sobre Perícias e Competências, incluímos o RaK no seguinte sistema de vantagens e desvantagens:
    • Vantagens e desvantagens: seriam condições cumulativas, dentro ou fora de combate, que afetariam os testes do personagem, limitadas, por enquanto, a três patamares. Um nível de vantagem anula outro nível de desvantagem, e vice-versa.
      1º patamar: +2/-2 no teste;
      2º patamar: jogue 2d20 e use o maior/menor resultado;
      3º patamar: em vez de 2d20, jogue 3d20


OUTRAS POSSIBILIDADES
  • Mais dados, com mais frequência: nos interessa muito o uso dos dados feito, por exemplo, pelo Cortex, que (salvo engano) associa desde d2 ao d12 a habilidades do personagem, e aplica as jogadas desses dados como bônus finais aos testes correspondentes.
[/list]
« Última modificação: Setembro 30, 2013, 02:02:03 pm por buendía »