Autor Tópico: Religião - Tópico Permanente  (Lida 117598 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #15 Online: Setembro 19, 2011, 02:06:37 pm »
Em termos de religião, não tem como fugir muito dessa ilusão moral.
Acho que a razão do Darin está em que a religião cimenta construções morais, dá mais força a elas, não importando pra que lado elas vão (diferentes morais justificam diferentes atos, e isso gera efeitos psicológicos interessantes, como não sentir remorso apenas por matar infiéis, ou matar na guerra)... mas o problema é que isso também pode fossilizar essas construções com a maior facilidade.
É isso que dogmas fazem, impedem a reflexão.
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline VA

  • Moderador
  • Be vigilant
    • Ver perfil
    • Adepto do Heroísmo
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #16 Online: Setembro 19, 2011, 04:58:02 pm »
É uma força falsa e ilusória. Como o tal do prédio construído sobre a areia.

Se você descobre que sua religião é falsa, fica sem saber que moral seguir. Não é à toa que um discurso comum entre evangélicos é que "se não houvesse Deus, eu sairia matando todo mundo".

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #17 Online: Setembro 19, 2011, 05:15:17 pm »
O detalhe é que os ateus seguem uma moral, fora que todo povo tem seu código de leis, sigam eles deuses ou não. E a relação dos deuses com o código moral não assim tão clara nem notória.

Essa história de que pessoas sem deus saem cometendo pecados é uma ilusão criada a partir do dualismo mítico bem X mau, forças antagônicas em eterna disputa. Nesse paradigma, quem não está da do lado do bem, está obrigatoriamente do lado do mal.

Porém, não só esse paradigma é diferente para outros povos, como essa simplificação grosseira ignora que não existem pessoas 100% boas ou más, e sim uma miríade intermediária disso tudo.

No paradigma oriental por exemplo, as coisas se unem e se complementam, uma precisando da outra para existir, como homem e mulher, bem E mau. Se um para de existir o outro também sucumbe. Bem diferente do ponto de vista oposicionista ocidental. 
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #18 Online: Setembro 19, 2011, 05:16:45 pm »
É uma força falsa e ilusória. Como o tal do prédio construído sobre a areia.

Se você descobre que sua religião é falsa, fica sem saber que moral seguir. Não é à toa que um discurso comum entre evangélicos é que "se não houvesse Deus, eu sairia matando todo mundo".
O que é um discurso triste, deplorável. Mas ajuda a explicar o porquê de muitas barbaridades sejam vinculadas à credos religiosos. Na medida que os líderes falam para os fiéis que há um inimigo e que o "moral e correto" é enfrentá-lo, o relativismo moral não é racionalizado por estes, apenas seguido cegamente.
 
Por exemplo, conheço católicos que simplesmente acham que a Igreja está certa em transferir padres pedófilos e não julgá-los, por que "não seria certo um homem da Igreja ser julgado por um homem", e que "muitos padres inocentes, vítimas de difamação, acabariam prejudicados". Mas tem mais coisas na história e no dia-a-dia que também caem nessa vala.
 
E em um movimento inverso, há também dogmas imorais que são ignorados. Por exemplo, enquanto o homossexualismo ainda é condenado, comer porco e frutos do mar, usar roupas de dois tecidos diferentes, cortar barba e cabelo ou se tatuar são tidos como atitudes dignas de cristão, mesmo que na Bíblia sejam condenáveis, enquanto genocídio e estupro, que a Bíblia diz que são atitudes morais (observados alguns requisitos), são vistos como imorais.

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #19 Online: Setembro 19, 2011, 05:27:16 pm »
Cristianismo aferrado às práticas judaicas, especialmente na parte de não comer porco.
Mas cada seita cristã interpreta como quer, se se atessem a tudo que está na Bíblia ou no AT, ninguém comemorava o domingo e sim o sábado.

E com isso chegamos numa parte bem chata da religião: o fundamentalismo. É melhor ser hipócrita seletivo, ou fundamentalista?
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #20 Online: Setembro 19, 2011, 05:32:37 pm »
E com isso chegamos numa parte bem chata da religião: o fundamentalismo. É melhor ser hipócrita seletivo, ou fundamentalista?
Fundamentalista. Mas o nível dessa pergunta está no nível de "O que é melhor: bater em mulher ou bater em criança?" :hum:

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #21 Online: Setembro 19, 2011, 05:47:36 pm »
Na verdade a resposta certa é ignorante. Foram feitas várias pesquisas sobre o conhecimento da bíblia e descobriu-se que 3 tipos de pessoas conhecem a bíblia: pregadores, ateus (isso mesmo) e fundamentalistas.

A grande maioria conhece muito pouco do livro de fato, sabendo apenas o geral da maioria das histórias ou passagens soltas - justamente a forma de ensino que evita se notar que o livro tem muitas incoerências internas, como a ordem das coisas na criação no capítulo 1 e 2 (que são diferentes) ou a data que Jesus morreu se antes da páscoa ou durante ela.
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #22 Online: Setembro 19, 2011, 07:33:00 pm »
O quanto da sua religião deve ser seguido? Eu acho que é a melhor resposta seria: Apenas o tanto que faz você se sentir bem/preencha algum espaço na sua vida. Quanto ao resto: ignore, se não gosta de ser tachado de hipócrita, ou diga que faz parte de uma vertente alternativa da religião (nem que seja composta só por você). Apenas tenha em mente que os principios que você ignora não podem ser usados como desculpa para atos babacas de outras pessoas, e (consequentemente) nem todo mundo que diz ser da sua religião é um cara legal.

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #23 Online: Setembro 19, 2011, 07:54:18 pm »
Mas na prática não é isso que a maioria das pessoas fazem?
Por exemplo, sexo apenas para procriar + camisinha (fora ser antes do casamento e dezenas de outras regras que são conveniente ignoradas, mas na teoria eram pra ser seguidas?)
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #24 Online: Setembro 19, 2011, 08:18:30 pm »
E é POR ISSO que eu prefiro ser verdadeiro pra comigo em primeiro lugar e ter minha religião pessoal.
Não gosto de ninguém me "pastoreando"
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Barão

  • Darin @truismer
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #25 Online: Setembro 19, 2011, 08:19:47 pm »
Sim... não acho que a maioria das pessoas esteja errada não. Cada um tem a liberdade de seguir o que acredita, desde que não cometa um crime...

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #26 Online: Setembro 19, 2011, 08:56:50 pm »
O problema Darin (vou demorar pra acostumar a chamar de Barão) é que a maioria das pessoas, especialmente religiosas dizem seguir o que sua religião manda, enquanto o que o livro religioso diz e o que elas interpretam que ele diz tem léguas de distância (e não falo só da bíblia).

Fora que a definição do que é crime muda com o lugar e o tempo.
Umbanda já foi proibido por ser crime e homossexualismo era considerado doença além de crime.
É preciso cuidado quando se definir o que é crime, moralmente certo ou errado e a religião costuma mais atrapalhar nessas questões que ajudar, vide as castas na Índia.
« Última modificação: Setembro 19, 2011, 09:00:07 pm por kinn »
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #27 Online: Setembro 19, 2011, 09:00:23 pm »
Apoiado.
Eu acho mais engraçado ainda gente como **aquela pessoa**, Kinn, que acredita em tudo de sua religião piamente, inclusive nos livros mais "fringe", achando que quem tem tatuagem vai prum umbral específico pra tatuados... né? kkkkkk
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Barão

  • Darin @truismer
    • Ver perfil
Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #28 Online: Setembro 19, 2011, 09:03:31 pm »
O que eu vejo é que boa parte da população não se importa com religião, na verdade...

O problema mesmo é a parte que se importa com religião. Geralmente eles entram em conflito (por darem tanto valor a isso). Incluindo ateus.

Re:Religião - Tópico Permanente
« Resposta #29 Online: Setembro 19, 2011, 10:33:43 pm »
Citar
O problema mesmo é a parte que se importa com religião. Geralmente eles entram em conflito (por darem tanto valor a isso). Incluindo ateus.

Eu não sei isso é aplicado aqui, mas em política (que pode assumir papel similar à Religião para algumas pessoas) é algo conhecido que geralmente aqueles que compreendem melhor as diversas ideologias (estou usando ideologia aqui como um termo neutro, não o uso marxista) que existem no meio costumam a defender os extremos do ideário político (sejam liberais, sejam socialistas, sejam neonazistas). De memória, existe um capítulo que eu adoro no livro "Why people believe in weird things" do Micheal Shermer que lida exatamente sobre como pessoas inteligentes acabam sendo adeptas de idéias estúpidas/nonsenses, e o motivo é interessante: Pessoas inteligentes são tão propensas como qualquer outras pessoas a se simpatizarem com idéias por motivos irracionais - mas acabam tendo uma maior gama de argumentos para defendê-las (e com o tempo, caem nos extremos). Enquanto isso, pessoas "normais" acabam notando que não sabem o bastante para fazer certos juízos e tendem a usar a máxima do "equilíbrio entre os extremos" ou "aquilo que parece menos ruim/melhor a curto prazo".

Citar
É melhor ser hipócrita seletivo, ou fundamentalista?

Para fins práticos? Hipócrita seletivo.
Por coerência? Fundamentalista. (Embora o Fundamentalismo, que é um movimento moderno e tem por base literalista, ironicamente não tem fundamentação bíblica para isso)

Citar
Acho que a razão do Darin está em que a religião cimenta construções morais, dá mais força a elas, não importando pra que lado elas vão (diferentes morais justificam diferentes atos, e isso gera efeitos psicológicos interessantes, como não sentir remorso apenas por matar infiéis, ou matar na guerra)... mas o problema é que isso também pode fossilizar essas construções com a maior facilidade.
É isso que dogmas fazem, impedem a reflexão.


Impedem reflexão? Por qual motivo? Ao menos no caso do Catolicismo Romano (que é o que tem a estrutura teológica mais bem definida nesse caso), os dogmas formam só um conjunto de afirmações que nenhum católico deveria negar, pois ou elas são verdades reveladas do mais alto grau de certeza (de fide) ou afirmadas pela autoridade divina da Igreja, geralmente por um Papa "ex catedra" (e fica no segundo maior grau de certeza quanto a fé, o fides ecclesiastica).

Ou seja, basicamente são "Regras do Clube" glorificadas. :b
« Última modificação: Setembro 20, 2011, 04:40:11 am por Fée Verte »