Autor Tópico: Máfia D&D 4e - Vitória do culto.  (Lida 145159 vezes)

0 Membros e 2 Visitantes estão vendo este tópico.

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1095 Online: Março 19, 2012, 01:08:18 am »
Ah, e sim, nelio, eu te matei!  :twisted:
Não foi intencional, mas... te matei mesmo assim.  :haha:
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Offline Rain

  • “Nada é verdade, tudo é permitido”.
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1096 Online: Março 19, 2012, 01:40:47 am »
Caramba, e eu que achava ter descoberto o jogo completamente (e descobri boa parte dele, antes de morrer, eu citei todos os membros da máfia) mais vendo o Set agora depois do final, ficou EVIDENTE que seria impossível vencer o culto...Não dava Kinn, não deveria existir recrutador secundário, a espada não deveria criar um novo recrutador, ficou extremamente roubado

Pra mim seria tão roubado, que fiquei nesta expectativa (não tinha lógica esta espada tornar o personagem recrutador cultista). Foi por isso que eu achava que a cidade venceria, por que não fazia sentido, era roubado demais, mais me enganei  ^_^

Thales, me tira uma duvida, quando eu morri tu ainda era da cidade?

Se sim, por que não testou o post da Noara naquele dia?

Não existia suspeito maior (Noara), o Assumar era logicamente da Máfia, o Ferdineidos tava semi morto, Mverde era um fantasma mafioso, e o Batata era evidentemente o quarto maligno (a máfia precisava de um defender), perceba que antes da morte eu pedi pra Manu me dizer o que tinha mudado em sua quest, só pra confirmar de vez a culpa do Batata e logicamente toda minha estimativa de jogo (A máfia era um grupo de personagens divinos com as quatro funções)

Logo, pelo menos pra mim, eu me senti satisfeito como membro da cidade, eu descobri a composição da máfia a tempos, fiz a minha parte (e a cidade não linchava o Assumar de jeito nenhum)

Repito Kinn: Como é que você pretendia fazer alguém que não fosse o Culto ganhar este jogo?

No mais me diverti muito, não gostei desta interferência dos artefatos, achei desnecessário tudo o que os malditos itens fizeram (sempre atrapalhou a cidade) pra piorar , a maldita taça (que seria da cidade) não interferiu nenhuma vez.

Quero parabenizar o Mverde que pra mim foi um dos melhores jogadores, serio, se não fosse o Sk, tu teria passado despercebido todo este tempo...Jogou muito bem, foi ali que a Máfia perdeu o jogo quando tu morreu)!

Outra coisa, por que a Mafia não matou o Thales? Não entendi o por que deles não terem feito isso...
« Última modificação: Março 19, 2012, 01:47:39 am por Rain »
"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância."
"Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância."

                                                        Sócrates

Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1097 Online: Março 19, 2012, 01:56:54 am »
Rain, aquilo foi uma combinação de resultados impar. A espada não forçava a pessoa ser recrutadora cultista.
E a cada noite ele procurava um independente para seduzir.
Ele ofereceu o poder a Noara e ela aceitou. Se ela fosse cidade, ou se não tivesse aceitado, o jogo teria sido outro.
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1098 Online: Março 19, 2012, 02:19:00 am »
Mas foi o que eu falei: Lei de Murphy
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1099 Online: Março 19, 2012, 02:23:50 am »
Thales, me tira uma duvida, quando eu morri tu ainda era da cidade?
Não.

Se sim, por que não testou o post da Noara naquele dia?
Talvez ele tenha esquecido.  :haha:

(...) fiz a minha parte (e a cidade não linchava o Assumar de jeito nenhum)
Isso me irritou profundamente. ¬¬

Ele ofereceu o poder a Noara e ela aceitou. Se ela fosse cidade, ou se não tivesse aceitado, o jogo teria sido outro.
Pois é. Se eu tivesse uma personalidade mais forte, eu poderia recusá-la.
E como Assumar disse, já tava violada pelo livro, o que uma espada faria?  :hmmm:
Mas o lado negro tá no sangue, né?  :twisted:
Minha mãe mesmo diz que ela tem medo de mim às vezes.   XD

Cadê o Assumar? Eu amo aquele dengoso.  :wub:  :bwaha:
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Offline Arquimago

  • Desaurido
  • o.O
    • Ver perfil
    • @Arquimago
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1100 Online: Março 19, 2012, 06:49:15 am »
Rain, Rpz... no dia que você morreu não lembro o que houve... mas teve um dia que eu tava tão azoado aqui em casa que eu acabei testando o X de novo, mas a galera queria que eu testasse o batata... acho que foi isso... eu virei culto no ultimo dia... na realidade nesses dois ultimos dias, em um eu testei a noara, no outro acabou o jogo...
Dança do Arquimago... dança do Arquimago... teste de reflexo para não ficar queimado, fireball, fireball, fireball, fireball, fireball, fireball, fireball, fireball...

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1101 Online: Março 19, 2012, 07:00:06 am »
Não dava Kinn, não deveria existir recrutador secundário, a espada não deveria criar um novo recrutador, ficou extremamente roubado
(...)
Repito Kinn: Como é que você pretendia fazer alguém que não fosse o Culto ganhar este jogo?

No mais me diverti muito, não gostei desta interferência dos artefatos, achei desnecessário tudo o que os malditos itens fizeram (sempre atrapalhou a cidade) pra piorar , a maldita taça (que seria da cidade) não interferiu nenhuma vez.

Isso aí.
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Offline kinn

  • Abranubis
  • supreme sorcerer-psion multiclass
    • Ver perfil
    • Contos da Crisálida
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1102 Online: Março 19, 2012, 09:53:01 am »
Bom, ela reviveu dois cidadãos. E acho isso muito forte, porque cidadão revivido não tem seu RC contestado; é um voto e pressão a mais contra a máfia... mais bloqueio ou investigação contra suspeitos...
Fora que teve a noite onde Stinger e Heitor K tiveram chance de reviver uma pessoa cada e preferiram não fazer isso. Era outra coisa que ajudaria a cidade a vencer.

Como Mverde me disse no chat, se não tivesse sido pela ajuda do livro, a cidade teria vencido bem mais rápido.
Por outro lado, a máfia preferiu economizar recursos ao invés de maximizar a quantidade de mortes nas noites iniciais. Isso selou o jogo pra ela. É só contar: 2 alvos do Mverde +1 interceptação do Assumar + SK + Inquisidor tinhamos potencialmente 5 mortes a caminho; 6 se o vigilante entrasse na festa.

Não a toa haviam 4 médicos no jogo. E dois deles acertaram o alvo na noite 1. Para equilibrar as coisas para quem matava os médicos tinham só duas cargas (como em D&D só 2 curas por luta) e as cargas voltavam no nível exemplar e épico, o que eram vários dias depois.

Acho que só quem tinha poucas chances de vitória era o SK. Mas esse é um papel difícil de ajudar.
De resto, creio que consegui criar uma janela de vitória razoável para todos.
« Última modificação: Março 19, 2012, 09:56:39 am por kinn »
Pesquisas provam:
(click to show/hide)

Offline Assumar

  • Quid inde?
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1103 Online: Março 19, 2012, 10:55:54 am »
Como eu já disse durante o jogo, os itens “corromperam” o jogo desnaturando-o como uma máfia. Tudo dependia deles e eles destruíam todas as estratégias, seja da cidade, seja da máfia.
Toda vez que uma das facções montava uma estratégia, a interferência de um item sacaneava com tudo. Foi muito frustrante confirmar que a Noara não seria linchada (o MVerde cogitou isso), assim como deve ter sido para a Cidade e o Culto ver o MVerde revivido e não conseguirem me linchar por mais de uma vez, além dos furos nos bloqueios.
Ficou parecendo com aquelas mesas mesmo de RPG onde o grupo monta uma estratégia bacana que acaba com as expectativas do mestre, mas este sempre cria alguma coisa diferente para que a trama ou o resultado não saia do que ele acha melhor.
Contudo, isso não significa que o jogo não tenha sido divertido. Adorei jogar com o MVerde, ferdineidos e o Batata. Apesar da lurkisse do Batata, a máfia jogou junto o tempo inteiro e não largou o jogo em nenhum momento. Mesmo quando sabíamos que não tínhamos mais chance, não entregamos. Continuamos tentando bolar idéias que, pelo menos, atrapalhassem a cidade. E olha que conseguiríamos confirmar a permanência do culto, se não fosse a proteção absurda da espada naquele linchamento.
Enfim, acho que o Narrador não deve aparecer mais do que os jogadores, não deve colocar situações em jogo que dependam de atitudes subjetivas suas e, principalmente, não pode tornar o jogo uma constante frustração para as facções, que toda hora encontram seus planos esculhambados por algo imprevisível. De toda forma, obrigado kinn pela diversão e por me colocar num grupo com quem foi tão bom jogar. Parabéns principalmente ao MVerde, é, sem dúvida, um dos melhores companheiros para se jogar: sempre traz  uma idéia nova, tem boas sacadas e não desiste mesmo.
Parabéns também ao Culto pela vitória.
______________________________________________

Agora a parte chata, mas necessária: Os comentários no Mural.

Quando eu fui ler direito os posts do publicano, eles já tinham saído e eu não sei o teor do que ele postou. Parece-me que foi um comentário sobre o Vecna e os itens do Tarrasque. Mas sua própria defesa enfática de “eu sei que é errado, mas tinha gente fazendo e fiz também”, é motivo para incluí-lo na lista negra.

Quem eu vi postando e chateou bastante, foi o Rain. Depois de MORTO, ele postou dizendo para que se lembrassem dele ter inocentado o Iuri. Foi uma clara interferência no jogo (Se incluímos o leo pela sua displicência em postar sem ver que tinha sido morto, ainda mais devemos fazê-lo quando alguém SABE que foi morto e interfere também). Além do primeiro post, ele postou novamente dizendo “precinto (sic.) uma carnificina à noite”. Isso nos alertou para um dos posts que falavam sobre minha morte à noite. Ou seja, estes comentários atrapalham sim. Vai para a lista negra.

Sinceramente, eu não vejo inocência nenhuma nesses posts. Uma coisa é o Madruga dizer: “votaram no ferdinbeidos” ou a brincadeira com a “semente do Iuri”. Isso são brincadeiras, que não interferem EM NADA no andamento do jogo. Outra é ficar lembrando argumentos postados em jogo ou comentando poderes e situações que alertam os jogadores.

Nada pessoal contra nenhum dos dois. São dois bons jogadores e participantes ativos do fórum. Mas foram, no mínimo, displicentes. Muita gente já tinha pedido para a situação parar, eu postei no próprio jogo alertando para o que estava acontecendo, mas não adiantou. “Dura lex, sed lex”.
"Sonhos são o que temos." Jojen Reed

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1104 Online: Março 19, 2012, 11:43:53 am »
Como eu disse, pode me botar na lista negra sem eu chiar quanto a isso, mas é como eu falei: a questão dos comentários no shoutbox É CONTROVERSA, senão quando o Cigano recomendo que TODO TIPO de comentário (inclusive esses do ferdinbeidos e etc.) fosse banido, várias pessoas se manifestaram contra, incluindo veteranos.

É DESSE tipo de coisa que eu estou falando, e não de soltar informações relevantes ou mesmo repeti-las.
Tanto que o Rain fez uma merda uns dias passados e eu falei na hora pra ele parar com isso.
Não é a mesma coisa que fazer os comentários humorísticos ou mesmo... brincar com Vecna e Tarrasque, que TAMBÉM eram comentários humorísticos; depois alguém falou de Exarcas (e o jogo NÃO teve Exarca nenhum) e aí eu comecei a falar de Exarcas em D&D e Mago, etc. etc.
Isso não tinha nada a ver com o jogo.

Basta olhar as próprias mensagens na shoutbox: as que relembram detalhes ou dizem informações, de quem são?

Já que todo mundo estava fazendo os comentários laterais que vc diz aprovar, Assumar, eu também entrei no baile. Era A ISSO a que estava me referindo.

De qualquer forma, depois de ter sido formada dessa confusão, se antes eu tinha dúvidas quanto à sensatez do Cigano nesse sentido, passo a concordar com ele. Agora eu acho que não deve haver comentário de teor nenhum., porque quando uma massa crítica feito essa é formada, fica TUDO CONFUSO e gera avaliações equivocadas.

Edit:

Inclusive, em defesa de aclarar a confusão toda, e não de impedir eu e Rain de irmos pra Lista Negra, anexo os dois textos:

Citar
Alguns eventos tornaram a criação desta lista inevitável, infelizmente.
Certos jogadores foram além da conta na sede de ter alguma vantagem para vencer o jogo, e acabaram transgredindo algumas regras.

A lista a seguir mostra quais usuários sabidamente transgrediram alguma regra, junto com a sua respectiva trapaça. Os mestres de jogo devem conferir esta lista para decidir se os jogadores presentes na mesma podem ou não participar de seu jogo.

Se é DURA LEX SED LEX, a punição deveria ser dada só aos que revelaram alguma coisa no shoutbox.
Mas se é para sermos mais abrangentes e evitarmos problemas, DEIXEMOS CLARO NAS REGRAS BÁSICAS que NENHUM COMENTÁRIO é possível. Inclusive os de brincadeiras, e ficaria sendo como o Cigano determinou há uns meses atrás e depois TODOS esqueceram (e minha ênfase no TODOS é a essência da "defesa" que fiz no shoutbox).

Citar
Esta é uma seção focada intensamente na interação entre os usuários, então deve ficar claro que não será tolerada qualquer tipo de ofensa (direta ou velada) entre dois ou mais usuários. Em jogos como Máfia, isso pode ficar menos óbvio. Mas existe uma clara diferença entre "Bah velho, acho que tu está agindo errado ao votar em fulano" e "Bah cara, mas tu é muito burro". Óbvio, este é um espaço amigável, e às vezes os usuários pegam um no pé do outro, mas sempre no espírito da amizade. Então como regra, tente tratar os outros da mesma forma que você gostaria de ser tratado.

Se também fosse para ser DURA LEX SED LEX, isto também deveria ser levado a risca.
E sabemos muito bem que não é: no meu primeiro jogo aqui já fui chamado de anta por um coordenador do fórum que também estava ali jogando, já houve outros xingamentos, etc. etc. a manusouza chegou a mandar Noara pra porra, e eu desconsidero totalmente essa atitude dela simplesmente pq ela viu exemplos e é novata.
Dizermos que os xingamentos são parte da estratégia não contraria essa (explicitamente determinada como uma) regra?

Edit2:
Link para o ponto exato em que Cigano proíbe toda e qualquer menção das máfias fora de seus tópicos, e da discussão que isso gerou, com veteranos rebatendo os argumentos dele etc. etc.:
http://spellrpg.net/home/jogos-sociais/jogos-sociais-espaco-para-discussao-e-sugestoes/msg6577/#msg6577
« Última modificação: Março 19, 2012, 12:07:30 pm por publicano »
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Rain

  • “Nada é verdade, tudo é permitido”.
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1105 Online: Março 19, 2012, 12:18:13 pm »
Eu juro que acho que atrapalhei o jogo só uma vez...E foi bem depois da minha morte
O publicano me reprovou (Já que nem eu sabia desta regra, e quando soube realmente concordei que o comentário atrapalhava) e pronto, não fiz mais nada!

Não acho que comentários do tipo (que foi os que fiz)

 - Pressinto que haverá chacina na máfia D&D 4e! (Quando falei isso, eu dizia sobre fantasma do Mverde + Mafia + Manu que morreria com a morte do batata + 5 votos no batata e não o que você citou, duvido muito que fez alguma diferença)
 - Super Máfia Epica, Vecna quer três itens e só épicos podem enfrentá-lo
 - Eu sabia! Batata era mafioso (Isto depois da morte do mesmo)
 - Quero ser que nem Jesus, e voltar no terceiro dia!

Bem não vejo como este tipo de comentário vai me levar pra lista negra
Não sinto que atrapalharam

Mais tudo bem, que seja assim, se for o consenso da maioria! Me botem na lista... Mais estudem bem antes de faze-lo, por que acho uma besterira tremenda
"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância."
"Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância."

                                                        Sócrates

Offline MVerde

  • Olha...
  • Esqueci.
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1106 Online: Março 19, 2012, 12:20:51 pm »
Como Mverde me disse no chat, se não tivesse sido pela ajuda do livro, a cidade teria vencido bem mais rápido.
Por outro lado, a máfia preferiu economizar recursos ao invés de maximizar a quantidade de mortes nas noites iniciais. Isso selou o jogo pra ela. É só contar: 2 alvos do Mverde +1 interceptação do Assumar + SK + Inquisidor tinhamos potencialmente 5 mortes a caminho; 6 se o vigilante entrasse na festa.

Ou podíamos matar ninguém, muito bloqueio, ações de médico, vidas extras, senseis e outras coisas. Igual falei, a noite poderia ser muito boa, ou muito ruim.

Citação de: Assumar
Contudo, isso não significa que o jogo não tenha sido divertido. Adorei jogar com o MVerde, ferdineidos e o Batata. Apesar da lurkisse do Batata, a máfia jogou junto o tempo inteiro e não largou o jogo em nenhum momento.
Batata realmente ficou mais ausente que o costume, mas teve muitos contra-tempos. Tirando isso eu ri muito com as conversas e posts. Aquele onde o Assumar postou a imagem com a propaganda da Parmalat, me rendeu alguns minutos de risada.

Citação de: Rain
Quero parabenizar o Mverde que pra mim foi um dos melhores jogadores, serio, se não fosse o Sk, tu teria passado despercebido todo este tempo...Jogou muito bem, foi ali que a Máfia perdeu o jogo quando tu morreu)!

Outra coisa, por que a Mafia não matou o Thales? Não entendi o por que deles não terem feito isso...
:victory:

Eu estava bem, iria camuflar meus aliados e ir entregando outros anti-cidades, quando percebessem a verdade seria tarde. Mas o Mago acabou com meus planos, inclusive ele seria o pressionado do outro dia, estava pensando em algumas mentiras para entregar ele.

Isso me faz lembrar. Khalim, dá próxima vez que mudar de nick me avisa, pra mim corrigir seu nome na minha lista. :diabanjo:

Sobre o Thales, era muito mais fácil ele entregar outro anti-cidade que um mafioso, sempre ficava claro no dia anterior quem ele investigaria. Não nos sentimos ameaçados por ele em nenhum momento.

Citação de: Assumar
De toda forma, obrigado kinn pela diversão e por me colocar num grupo com quem foi tão bom jogar. Parabéns principalmente ao MVerde, é, sem dúvida, um dos melhores companheiros para se jogar: sempre traz  uma idéia nova, tem boas sacadas e não desiste mesmo.
Devo ter mandado uns 2 Kg de MP pra máfia. XD
Se for jogar Máfia, não use o termo RC, ou se for usar use de forma correta. RC é seu papel(poder) em jogo e não personagem.

Offline Assumar

  • Quid inde?
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1107 Online: Março 19, 2012, 12:50:11 pm »
Eu não li com atenção seus posts, publicano. Mas vi muita gente reclamando e achei a sua desculpa ridícula. O que você postou agora, faz um pouco mais de sentido.
Quanto a interpretação das regras, você nunca vai conseguir estabelecer regras para todos os comportamentos possíveis, mesmo em algo simples como um fórum. Você deve interpretar a partir de regras gerais para tirar conclusões específicas.
Eu não acho que piadas como a da "semente do Iuri" iriam interferir no jogo. Só que o que se viu no mural não foram só "piadas" ou comentários inocentes. Foram comentários para interferir no jogo ou que tinham este potencial.
O que é controverso é se pode ou não fazer comentários fora do jogo. Agora, comentários que interferem no jogo, não. Isso não é controverso.
Sobre as ofensas, isso sempre ficou à cargo da moderação. E acho que que os "ofendidos" deveriam se reportar a ela. Uma vez achei que exageraram comigo, reportei à moderação (que aliás já havia intervido). Houve um pedido de desculpas público (e espontâneo) que eu aceitei e ficou nisso. Se você se sentir ofendido, faça o mesmo. Vai contribuir para que a Spell seja um espaço mais agradável e respeitoso.
Agora, alegar que uma regra não é seguida, não é desculpa para não seguir outras. Se acha que algo não está de acordo, faça como está fazendo agora.

Citar
Rain: Eu juro que acho que atrapalhei o jogo só uma vez...E foi bem depois da minha morte
O publicano me reprovou (Já que nem eu sabia desta regra, e quando soube realmente concordei que o comentário atrapalhava) e pronto, não fiz mais nada!

Que bom que concorda que fez um comentário que interferiu no jogo. E, sobre as regras, o mínimo que se espera é que tenha conhecimento dela.

Citar
Rain: - Eu sabia! Batata era mafioso (Isto depois da morte do mesmo)

Pode interferir sim. A Cidade/Culto poderiam reler a máfia analisando com mais cuidado suas conclusões, já que você teve esta "dedução" correta. Indiretamente, você está favorecendo todas as suas conclusões em jogo.

Citar
Rain:  - Super Máfia Epica, Vecna quer três itens e só épicos podem enfrentá-lo

Interferiu também. Eu tinha lido rápido o post do Kinn e só quando li o seu post, vi que precisava ser épico. Como eu era mafioso, isso não deve ter interferido na quest, mas e se eu fosse um cidadão? Você teria me dado uma boa dica.

O outro post que eu citei só mostra como se deve ter cuidado com o que se fala fora do jogo. Acredito no que você tinha em mente quando postou, mas veja que, mesmo sem intenção, você levou a máfia a raciocinar se haveria alguém com poderes de morte noturna.
"Sonhos são o que temos." Jojen Reed

Offline ferdineidos

  • - Alugo esse espaço -
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1108 Online: Março 19, 2012, 01:08:57 pm »
Me diverti bastante com esse jogo também. Infelizmente nestes últimos dias não pude participar mais, mas gostei muito de ter participado dessa máfia, sempre tinha muita participação por fora e debate do que fazer.

Concordo que o número alarmante de coisas pra se fazer acabavam complicando tudo, ainda mais que a aleatoriedade era tão grande que ficava difícil de prever o que ia acontecer, mas me diverti baldes em ficar pegando no pé da cidade quando estava pra ser linchado. Como disse pros meus companheiros: "Não precisar ter coerência é algo bem libertador."

De resto, o post da Parmalat do Assumar pra mim foi o melhor de todo jogo, ri pra caceta com ele.

E cidade, falem menos gente, tinham toneladas de posts inúteis que foram prejudiciais pra cidade (e pra máfia, de certa forma).
"Entre todas as tiranias, a tirania exercida para o bem de suas vítimas é a mais opressiva.Talvez seja melhor viver sob o olhar de nobres usurpadores do que de intrometidos moralistas onipotentes."

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Máfia D&D 4e - Vitória do culto.
« Resposta #1109 Online: Março 19, 2012, 01:23:48 pm »
Que bom que entendeu melhor agora, Assumar... e eu tinha feito umas reclamações públicas sobre os xingamentos, se se lembra.

De qualquer forma, assim como me comprometi a não botar mais propagandas de jogo algum, fora da Spell, enquanto esse estivesse em andamento, depois dessa confusão me comprometo comigo mesmo a não fazer mais comentário nenhum aí no shoutbox sobre jogos em andamento. Pra evitar mal-entendidos, inclusive.

Na verdade eu não sei bem como funciona a lista negra, até agora, fora exibir os nomes das pessoas como persona non grata...
Mas me impedir de narrar me faria menos prejuízo do que não poder jogar a máfia Messias de Duna xD tou esperando que ela comece desde que passei a jogar máfia, acho que fui até eu que sugeri que ela fosse feita xD
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE