Autor Tópico: E o soldado, faz o que?  (Lida 3453 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

E o soldado, faz o que?
« Online: Junho 06, 2012, 12:56:12 pm »
Bom, eu tenho dado prosseguimento ao projeto que visa dissociar completamente as habilidades de combate da forma como uma classe interage com as pessoas e o ambiente em situações de não-combate. Sendo assim, estou desenvolvendo 5 classes de combate e um conjunto de temas que dão as habilidades de interação com o mundo. A ideia é que todo arquétipo clássico de fantasia poderia ser descrito por uma combinação destas classes com um tema, e que todos arquétipos seriam equilibrados em termos de "ferramentas" (tanto no nível de "número de opções" quanto em "poder").

Mas estou meio empacado num ponto aqui e quero pedir ajuda ao povo.

No caso, é o arquétipo do soldado. Ele é muito comum na fantasia, e constantemente utilizado por jogadores. Seja para fazer um guarda da cidade ou um veterano de guerra. Em campanhas militares ele é quase obrigatório.
Minha dúvida é: que tipo de habilidade (em termos de interação com o ambiente, pessoas e objetos em um nível de "fora do combate") tem um cara destes?

Única coisa que eu pensei até agora foi em algo do tipo "bônus para quando estiver seguindo ordens". Capacidade de realizar marchas forçadas é outra coisa, mas é estupido e inútil.

Alguém tem alguma sugestão?

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #1 Online: Junho 06, 2012, 12:58:48 pm »
Não poderia ser um cara que luta bem em grupo? Por exemplo, recebendo e dando bônus para aliados adjacentes, recebendo vantagens ao flanquear e surpreender.

Ou também capacidade melhorada de percepção, menor tempo para dormir (fica de guarda), rapidez para sacar armas e colocar armaduras.

Existem vários perfis de soldados, também. Gente que se camufla, por exemplo, batedores, etc.
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #2 Online: Junho 06, 2012, 01:04:25 pm »
Citar
Por exemplo, recebendo e dando bônus para aliados adjacentes, recebendo vantagens ao flanquear e surpreender.
É, mas isso entra na questão da classe. No caso, isto seriam habilidades do "guerreiro". Agora eu quero montar as habilidades do tema que um soldado teria (ou seja, habilidades para "fora do combate").

Mas eu gostei dessas sugestões de boa percepção e tempo de sono diminuído.

EDIT: Só para efeitos de comparação do nível de habilidades que estou querendo: o tema "selvagem", usado em arquétipos de bárbaros, por exemplo, possui até o momento as seguintes habilidades (notas: essas habilidades são ganhas ao longo de 8 níveis. PF representa a fadiga recebida por usar certas habilidades. Algumas habilidades escalonam com o aumento do nível, por isso a nota entre parenteses):

(click to show/hide)
« Última modificação: Junho 06, 2012, 01:11:50 pm por Iuri »

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #3 Online: Junho 06, 2012, 01:07:36 pm »
Que tal um código rígido (que pode ser de ética, ou podem ser as ordens recebidas), que fazem com que o soldado seja menos suscetível à influências externas? Aliás, isso é do e8?
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #4 Online: Junho 06, 2012, 01:08:17 pm »
Que tal subdividir o tema? Fica mais fácil pensar em algo mais específico do que um numa perspectiva tão ampla. Pegando seu próprio exemplo: talvez um tema para "Milícia citadina" e outro para "Veterano de Guerra".

Assim, o "Milícia Citadina" teria bônus ou vantagens (peguei esse conceito no sentido de não apenas oferecer valores fixos nas rolagens) para obter informações em ambientes urbanos, orientação básica em cidades, preparação/estratégia de defesas. Por sua vez, o "Veterano de Guerra" teria benefícios envolvendo sobrevivência básica, hierarquia militar, marcha forçada etc.

Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #5 Online: Junho 06, 2012, 01:12:17 pm »
Vejamos:

1. Capacidade de Intimidar. Seja por ameaças veladas, pelo status do personagem, por seu porte e reputação ou por segurar o maior porrete. Isso pode ser usado tanto para Inspirar os que seguem quanto para Amedrontar rivais (Pense em Aragorn quanto assume o manto do Rei).

2. Não costuma ser Intimidado e costuma a manter a calma em momentos de tensão (inclusive, essa é a habilidade de um Soldado em Trail of Cthulhu).

3. Autoridade. Isso pode ser associado com qualquer classe e arquétipo, mas a forma mais visível de autoridade que há é um sujeito com armas - seja em Culturas de Lei, seja em Culturas de Honra. Bastante ligado ao (1).

4. Habilidade física acima do normal. Vulgo - hora de recorrer ao Animelismo, Video-Games e ao Wire-Fu. Coisas como grandes saltos, retirar obstáculos por força bruta, ignorar grandes ferimentos por pura "macheza", correr de forma muito rápida. Exalted é um modelo razoável aqui.

Offline Macnol

  • The Eltor
  • Admin
  • GW2 fanboy
    • Ver perfil
    • True spell!
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #6 Online: Junho 06, 2012, 01:15:33 pm »
Pensando em em soldados do mundo real, geralmente é comum que tenham conhecimento técnico/treinamento para lidar com equipamentos e veículos, inclusive manutenção e consertos de equipamento defeituoso, habilidades para improvisar abrigo e comida em um local onde isso não esteja disponível, facilidade para conseguir contatos e/ou apoio em cidades onde sua organização é respeitada...

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #7 Online: Junho 06, 2012, 01:18:08 pm »
Mas pelo jeito isso é só um "kit" para ser adicionado a personagens de primeiro nível, não é? Não pode ter duzentas habilidades, pelo que entendi.
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #8 Online: Junho 06, 2012, 01:23:11 pm »
Citar
Aliás, isso é do e8?
Como eu estou continuando sozinho (a partir daquela mensagem que eu mandei pra ti, pro phil e pro deicide com a classe guerreiro, há alguns meses já) talvez seja melhor chamar de alguma outra coisa... f8? XD (afinal, e8 é meio que uma marca tua...).

Citar
Que tal um código rígido (que pode ser de ética, ou podem ser as ordens recebidas), que fazem com que o soldado seja menos suscetível à influências externas?
Tipo um bônus para testes de vontade em interrogatórios ou contra influências mentais? É condizente.

Citar
Pegando seu próprio exemplo: talvez um tema para "Milícia citadina" e outro para "Veterano de Guerra".
Prefiro não aumentar o número de temas "básicos" demais. Por enquanto a conta já está em 15.

Citar
Manter a calma em momentos de tensão
Dessa eu gostei bastante.

Aliás, eu dei um edit no ultimo post, mas como demorei vocês acabaram não vendo as informações antes de postarem. Deem uma olhada ali no final do post. Ali eu explico justamente que pode ter duzentas habilidades :P

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #9 Online: Junho 06, 2012, 01:35:35 pm »
"E o soldado, faz o quê?"

SOLDA.

---------------------------

Posta aí um exemplo para nós, dude.
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Offline Barão

  • Darin @truismer
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #10 Online: Junho 06, 2012, 01:40:35 pm »
Não sei que tipo de ambientação é essa... Mas não existe muito bem soldados na idade média, era mais comum os cavaleiros, não?

Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #11 Online: Junho 06, 2012, 01:52:48 pm »
Considerando o número de guerras (que são altas em qualquer ambientação), acho que eles eram bem comuns até.

@Madruga:
Exemplo de que, dude? Se for de tema, o exemplo do selvagem que eu postei acima está completo (só faltou colocar em que nível ele recebe cada habilidade), exceto pela lista de perícias.

Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #12 Online: Junho 06, 2012, 01:55:25 pm »
OFF:

Não sei que tipo de ambientação é essa... Mas não existe muito bem soldados na idade média, era mais comum os cavaleiros, não?

Bispo chora... Sim, existem soldados. Não, cavaleiros - como modelo idealizado pela literatura - são raros, restritos aos círculos da alta nobreza de um período e regiões bem específicos. (tal como o "feudalismo" - restrito ao maconnais francês dos séculos XI e XII).

Offline Madrüga

  • Coordenação
    • Ver perfil
Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #13 Online: Junho 06, 2012, 01:56:54 pm »
Bispo, acho que "foot soldiers" seriam o exemplo: http://en.wikipedia.org/wiki/Infantry

Eu não tinha visto ali o exemplo do selvagem, cara. Eu estava pensando em dar habilidades permanentes (mas curti o conceito) sem o gasto de nada (PF são pontos de fadiga, certo?).
"If there are ten thousand medieval peasants who create vampires by believing them real, there may be one -- probably a child -- who will imagine the stake necessary to kill it. But a stake is only stupid wood; the mind is the mallet which drives it home."
-- Stephen King, It (p. 916)


Re:E o soldado, faz o que?
« Resposta #14 Online: Junho 06, 2012, 02:00:55 pm »
Mas habilidades permanentes também são bem vindas. No exemplo do selvagem, Desviar do Perigo é permanente (acho que "passiva" é uma forma melhor de dizer). Ter uma necessidade de sono reduzida seria passiva, montar um acampamento com condições precárias pode acarretar em ganho de fadiga (sim, PF são pontos de fadiga).