Autor Tópico: Tecnocracia 2.0  (Lida 738 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Tecnocracia 2.0
« Online: Maio 29, 2013, 11:31:33 am »
O objetivo dessa adaptação de Mago: a Ascensão para Mago: o Despertar é não só permitir a tradução de elementos de jogo do antigo sistema ao novo, como também expressar a minha interpretação de como a União Tecnocrática opera. A fidelidade não é algo que necessariamente será atingida.  Como o Mundo das Trevas recentemente passou por algumas mudanças mecânicas através da God Machine Chronicle, ocasionalmente eu mencionarei ela – embora não a usarei como base – o motivo disso é simples, eu comecei a escrever essa adaptação antes da GMC sair. O mesmo vale para o  Mage Translation Guide.

O Modelo Tecnocrático

Habilidades

Todo Agente Tecnocrata começa com 1 ponto em Ciência e Informática.

Há duas distribuições de pontos de habilidade:

Especialista: A clássica 11/7/4. As perícias profissionais do personagem são limitadas a até 3 pontos durante a criação do personagem, enquanto todas outras são limitadas a 2 pontos.

Diletante:  O personagem possui 23 pontos para distribuir em todas suas habilidades, mas todas elas são limitadas a 2 pontos.

A intenção da limitação é dupla – controle do nível de poder inicial do personagem quanto demonstrar a importância das perícias profissionais. A distribuição diletante possui um ponto a mais que sua contraparte especialista para compensar a economia de experiência dessa distribuição (eu assumo que quem usa a distribuição especialista terá ao menos uma perícia profissional com 3 pontos).

Profissão e Táticas

Primeiramente, todo agente da União Tecnocrática tem uma Profissão. Essa mecânica apareceu inicialmente no Hunter: the Vigil, no Danse Macabre (como Masquerade) e aparece também no God Machine Chronicle, praticamente não modificada.

Não só a Profissão determina duas Perícias Profissionais (Asset Skills) e a possibilidade de comprar a vantagem Treinamento Profissional (Professional Training), mas ela também concede um Arcana Superior que seja tematicamente ligado a essa atividade, a escolha do personagem.

O motivo do uso dessa mecânica e a associação de um Arcana com a profissão é simples – Agentes Tecnocratas costumam a possuir uma boa educação formal e empregos diários, além de usarem extensivamente o seu treinamento em habilidades mundanas – abordagem essa que é extendida à prática mágica do personagem.

Tática é uma mecânica do Hunter: the Vigil, basicamente uma forma de Desafio de Perícia para aqueles que conhecem D&D 4e. Eu faço o uso delas (e do Practical Experience, mas de forma modificada e explanada posteriormente), com a seguinte modificação: Remova todos os pé-requisitos que envolvam Atributos. O grupo começa com uma Tática, sem custo de experiência.
« Última modificação: Junho 01, 2013, 12:42:42 am por Stormbringer »

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Tecnocracia 2.0
« Resposta #1 Online: Junho 20, 2013, 09:50:58 am »
Interessante, faço questão de acompanhar.

Acabei de pegar o God Machine Chronicle e tava querendo me inteirar dos últimos suplementos do WoD... também tou com o Mummy: the Cursed... e finalmente vou ter meu próprio Mago: o Despertar em português.

Ansioso pra ver o resto. Gostei da junção de regras; hacks e toolboxes brilham aos meus olhos.

EDIT:
Eu, uma amiga e outras pessoas começamos a traduzir pouco a pouco as regras da atualização do God-Machine:

http://tenebrasmundi.wordpress.com/
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE