Autor Tópico: Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)  (Lida 23824 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #30 Online: Março 28, 2012, 12:17:59 am »
Com o combate começando, Agnès anda mais alguns passos pra frente (off: mais uns 3 quadrados pra frente, pra ter todos os oponentes ao alcance dos poderes dela) e fica de prontidão com seu mosquete, já preparando a pólvora e as balas novas com muita destreza e precisão oriundas de seus treinos.

Ela foca-se no inquisidor atingido, já puxando-o novamente com seu tiro carregado de magia de encantamento, ms dessa vez com músicas de injúria e sátira sobre sua incompetência, atiçando o oponente e deixando-o menos capaz de atacar corretamente pela desconcentração da raiva (off: ataques com vicious mockery) e em seguida mais tiros semelhantes. Ela ainda espera por alguém mais perigoso para usar suas canções de combate derradeiras.

-Companheiros! Levantai as armas! A temporada de caça começou e os cervos e javalis estão a nossa frente! Caçai-os e derrubem-os um a um! Até sobrar nenhum... - E assim segue sua canção de combate de caça para estimular o grupo e no meio ela insere se necessário algumas estrofes sobre determinação caso alguém se fira muito (uso de Majestic Word aos feridos, com direito a slide estratégico)

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #31 Online: Março 28, 2012, 12:45:03 am »
------------- Antes do combate -----------

Depois de finalmente a reunião ter terminado, Mirnah nos dá pequenos saquinhos de ouro para, segundo ela, nos "auxiliar" no percurso. Isso não me interessava nem um pouco. Dinheiro é uma coisa tão primata dos humanos.

Ela entregou as insignas para nós. Uma insígnea de falcão, uma insígnea redonda com uma fada trespassada e uma insígnea de um tarokka com uma lança trespassada. Não percebi qual objeto ficou com quem, mas nem adiantaria estar com nenhuma delas. Era uma elfa. Nenhum Inquisidor seria tão estúpido para não notar minhas orelhas compridas.

As orientações dadas é que partiríamos no dia seguinte. Enquanto a hora não chegava, decidi colher algumas flores em volta do casarão. A Mulan me seguiu, quis puxar conversa, perguntando sobre minhas expectativas. Respondi educadamente:

- Minha expectativa é destruir cada um que se mostre a favor da Inquisição. E eu sei que vou conseguir, ou melhor, consequiremos. Não é verdade, Klesha? *sorri para a humana e me retirei sem ouvir sua resposta*

Em nossos aposentos, pareceu que esse povo humano realmente gosta de fazer amizades. A barda se apresentou. Não estava muito afim de apresentações, mas não quis parecer desagradável.

- Sou Nahsha Takan, de Darkon. É um prazer estar aqui com vocês.

Esperei um pouco para começar a falar mais sobre mim. Não pensei ser necessário no momento. A barda, o patrulheiro, a mulan e o warlock pareciam ter assunto suficiente para me dar um pouco mais de tempo para reconhecer o local onde estava. Houve um momento em que a mulan disse algo sobre a magia arcana ser rudimentar. Isso me irritou um pouco, mas não quis aparentar desgosto naquele momento. Era muito cedo para isso.


----------------- No ataque -------------------

Passado a noite, estavamos prontos para partir. A viagem seria demorada e eu colhi algumas flores para praticar alguns rituais durante o trajeto. De repente, um estrondo. Os cavalos desparam, a carruagem perde o controle. Ao sair para ver o motivo de tal confusão, percebemos que nossa aventura já havia começado. Os Inquisidores estavam à nossa espera.

A barda e a mulan já haviam se preparado. Logo mais o warlock e o patrulheiro. Esse último deu orientações para não avançarmos até ouvirmos o sinal. Não era necessário avançar. Eu poderia usar minha magia à distância. Eles nunca saberiam o que os atacou.

----------- Combate --------------------

(Iniciativa)
Eu tinha a Iniciativa. Fiquei a uma distância considerável dos inimigos (5 quadrados) e me concentrei para realizar o primeiro feitiço. Ataquei o local que os inimigos estavam e lancei:

- Cloud of daggers (inteligência vs reflexos)
Uma área de 2 quadrados numa distância de até 10 quadrados (1d6+ int de dano). Se houver sucesso, causo o dano na área e todo inimigo que entra naquela área leva 3 de dano (igual minha sabedoria).



[offtopic] Sério, se fiz alguma besteira dentro no post, por favor, me manda MP, Cebola. Nunca joguei em PbF e ainda está meio confuso, apesar de bem empolgante. XD [/offtopic]
« Última modificação: Março 28, 2012, 12:55:01 am por Noara Fox »
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #32 Online: Março 28, 2012, 12:47:22 am »
Klesha move-se de maneira resoluta e precisa em direção aos inquisidores, ameaçando o clérigo com sua espada. Um halo esverdeado envolve sua cabeça e auras similares envolvem os dois bandidos mais distantes do grupo.

Significa:
Movimento Duplo (10 quadrados) na direção dos oponentes, cola com o clérigo e marca os dois bandidos que está mais adiante (Battlemind's Demanda, close burst 3, gasta 1 ponto de poder).

Simpéls assim

EDIT PRA NOARA: Pelamordedeus, ou eu me movo depois de vc e me posiciono de modo a evitar seu feitiço, ou então vc bota ele de modo a me evitar, eu tava digitando minha estratégia e vc acabou postando antes.
« Última modificação: Março 28, 2012, 12:51:04 am por publicano »
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Skar

  • Hail!!! O Tubarão
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #33 Online: Março 28, 2012, 12:54:37 am »
[Me movo 2 quadros para frente] a fim de tentar manter uma visão de Mikael ao mesmo tempo começo a prestar mais atenção na floresta [ testano percepção +6] a procurando identificar o inimigos e localizar mais.

- " pelas minhas palavras eu invoco o pode de Luna para ceifar seus destinos" falando em patterna e usando curse nos mais próximos.

 
The essentials for a productive discussion:
•    Tact: Be friendly, helpful, and cooperative.
••    Candor: Be frank and sincere.
•••    Intelligence: Think before you speak.
••••    Goodwill: Reasonable people can disagree.
•••••   Reception: Listen to what others are saying, not to what you think they're saying.

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #34 Online: Março 28, 2012, 12:56:53 am »
[off-topic]Como é iniciativa nisso aqui??[/off]
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Cebolituz

  • [Coordenação]
  • What am I fighting for?
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #35 Online: Março 28, 2012, 01:17:35 am »
[off] Eu rolo valores aqui para mim de iniciativa. Não se preocupem se irão "estourar" poderes antes ou depois de aliados. Sempre será utilizada a melhor estratégia para que vocês não prejudiquem entre si.

No caso pessoal, eu peço para descreverem praticamente todas as ações e posturas para com os inimigos. De acordo com os números de porcentagem rolados no mini-sistema que eu bolei, será mais ou menos o desempenho de vocês nessa batalha, se deu tudo certo, errado, se acertou os golpes, se os inimigos atacaram quem, etc. Já no próximo post, eu dou o resultado completo da batalha, se houve vitória, derrota, fuga e tal. Um exemplo:

Agnès: 71%
Nahsha: 76%
Kriger 12%
Klesha: 112%
Mikael: 107%

Nessa batalha, kriger foi muito atacado pelas flechas dos dois bandidos inimigos, quase caiu e precisou gastar duas poções de cura e ficou com 4 HP. Terá que gastar aí umas 3 Healing Surges.

Agnès e Nasha estiveram bem, atacaram os inmigos e receberam dano de uma bola de energia radiante do clérigo. Nada de mais e uma perdeu uns 10 HP e a outra uns 7 HP.

Klesha e Mikael usaram todas as suas forças e habilidades e conseguiram derrotar seus inimigos sem sofrer qualquer ferimento.

O resultado final da batalha foi de vitória.

Claro que vou colocar isso de forma descritiva e ao final indico quanto de HP cada um perdeu, quantas Healing Surges tiveram que gastar, se tiveram que gastar pontos de ação, second wind e tal. Lembrando que esses resultados aí são exemplos. xD

No caso, vocês dão descrições de ações, condicionais e possibilidades: se os bandidos partirem para cima dos casters, eu como defender vou utilizar o poder X para neutralizá-lo, infringir seus pontos de dano em mim etc.

O defender d ebom desempenho irá defender bem, o striker que foi bem irá dar muito dano, o leader que foi bem irá curar e auxiliar is aliados e o controller que foi bem derrotou muitos minions e infringiu muitos status de batalha e tal.[/off]







GLADIUS - pergunta Gladius

Pergunta o Gladius joga máfia mas o RPG e Spell sendo que Gladius??

Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #36 Online: Março 28, 2012, 08:16:26 am »
Que parte de não avancem antes de eu avisar esse pessoal não entendeu? Bem, parece que são só esses três mesmo. Esperava mais, para estarem atacando duas carroças em território inimigo, mas se houver não estão aqui, vamos cuidar desses primeiro.

Mikael se concentra naquele que foi "puxado" por Agnes (ação mínima, hunter's quarry nele), no segundo exato ele realiza uma carga com tudo no sujeito (ação padrão, investida com marauder's rush). Ele tem apenas um machado à mão nesse momento, irá sacar o outro e seguir com twin strike nos turnos seguintes. Se a Klesha estiver junto, ele ajusta para flanquear, é claro.

Agora, se um dos outros dois tentar fugir, ele deixa este atual com Klesha, ajusta para longe do clérigo e então investe no fujão.

Offline Malena Mordekai

  • Malena Mordekai Transphinx
  • everytime i close my eyes wake up feeling so h
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #37 Online: Março 28, 2012, 09:05:10 am »
[off] Não sei como vc tá gerenciando isso, Cebola, mas lembre que muitas vezes em termos abstratos eu vou levar dano no lugar dos outros... [/off]

Enfim, se o combate não for turno a turno, eu vou usar Iron Fist normalmente e tentar ficar depois adjacente a um dos bandidos que marquei, e não o clérigo. Se um deles cair eu reutilizo Battlemind's Demand conforme mais vantajoso. World-slipping advance ajuda a me posicionar melhor, também.
DEVORAR PARA DECIFRAR
DEVOUR TO DECIPHER

https://www.furaffinity.net/user/transphinx/

interesses rpgísticos atuais: FATE, DnD 5e, GUMSHOE System, DnD 4e, Storytelling System (CoD), Powered by the Apocalypse, UNSAFE

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #38 Online: Março 28, 2012, 10:39:03 am »
Aquele ataque a pegou de surpresa. Não havia se preparado fisicamente, psicológicamente, emocionalmente. Fechou os olhos e riu da situação. Nunca havia estado tão insegura. Conseguia se virar sozinha, mas trabalhar em equipe é algo que nunca havia tentado. Compreendeu o receio que alguns tiveram quando souberam que trabalhariam juntos. Talvez deveria ter pensado melhor antes de assinar o tal contrato.

Observou os colegas de combate se recomporem. Abaixou a cabeça, respirou fundo. Olhou para Mikael se dirigindo à Klesha e pensando no que faria com aqueles homens da Inquisição.

- O que pretendem fazer com eles? - disse séria.

Ao perceber que os inimigos ainda estavam vivos, seus olhos mudaram de cor e foram para um verde mais forte e mais brilhoso. A raiva foi crescendo dentro dela. "Eles não merecem viver" - pensou. E encarava sem desviar o olhar para os vermes nojentos aos pés de Mikael.
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #39 Online: Março 28, 2012, 04:00:38 pm »
(OFF: Noara, isso que o Cebolituz postou foi um exemplo. O resultado real da luta ele disse que ia postar no próximo post dele.)

Offline Cebolituz

  • [Coordenação]
  • What am I fighting for?
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #40 Online: Março 28, 2012, 04:09:25 pm »
[off] Por sinal, lembro-lhes que os Inquisidores se incomodam principalmente com magia arcana, primal e psiônica. Magia divina não é "profana" pois para eles, são "bençãos dos deuses". [/off]

Iniciativa

Klesha: 1
Mikael: 5
Kriger: 16
Agnès: 14
Nahsha: 6

Mikael mata o clérigo.

Agnès mata o primeiro bandido.

Klesha mata o segundo bandido.


Nível de combate: Muito fácil

Kriger: 11% + 5% + 3% = 19  (Striker)
Agnès: 76% +5% = 81  (Leader)
Nahsha: 92% + 5% = 97 (Controller)
Mikael: 32% + 5% +3% = 40  (Striker)
Klesha: 101%  (Defender)

Bônus de 5%: Desempenho excelente do Defender.
Bônus de 3%: Uso de Majestic Word da barda nos aliados em perigo.

Kriger ficou com pouca visão de combate e tentou se aproximar mais para visualizar melhor o clérigo. Todavia, os outros dois bandidos acertaram em cheio algumas flechas nele. Ele sente o perigo fortemente e quase cai, mas utiliza forças ocultas (Second Wind e Ponto de Ação) para se manter em pé e não cair, embora esteja enfraquecido. Klesha antes de avançar, vê que Kriger foi fortemente alvejado e corre em seu auxílio, inclusive desviando algumas flechas com seu poder mental. Kriger utiliza sua mão de ferro mágica para esmagá-los, mas os bandidos parecem que conseguiram desviar e pouco aconteceu. Kriger consegue se recuperar um pouco da energia, mas foi o principal foco dos bandidos. A raiva ainda pelo meio-vistani parece ser latente nos combatentes invidianos.

Agnès começou a cantar e tocar e músicas de desprezo começaram a incomodar os ouvidos dos inquisidores. Eles pareceram nervosos, principalmente o clérigo, que se desconcentrou algumas vezes no lançamento de suas magias. Agnès preparou seu mosquete e deu alguns tiros. Acertou um no clérigo, mas ele resistia. Logo após, ao ver que Mikael finalizou o inquisidor, mirou seu mosquete em um dos bandidos que insistiam em atirar flechas. Levou uma flechada de raspão no ombro, mas nada grave. Até que um tiro certeiro acertou a cabeça de um bandido que morreu.

Nahsha retira sua orbe de seus bolsos e começa a conjurar algumas magias. Conjura uma nuvem de gelo que tenta acertar os bandidos de longe, mas estes são ágeis e escapam. Entretanto, ficaram mais expostos e Klesha pode perseguir um deles. Uma flecha de um deles passa por sobre Nahsha, quase a atingindo, mas a fez se bater em uma pequeno arbusto ali, causando um pequeno ferimento. Nahsha de u bom auxílio em combate, conseguindo perseguir bastante os bandidos com suas magias certeiras.

Mikael se concentrou em uma batalha particular com o clérigo. Usando alguns arbustos como pequena proteção, foi desviando dos ataques dele. Algumas vezes, o clérigo curava seus aliados em um estouro de cura, e Mikael aproveitava a oportunidade para tentar uma investida, mas errava a machadada. Klesha permanecia ali ao lado, defendendo e desviando alguns ataques com sua mente. Enquanto Klesha foi auxiliar Kriger, que estava ferido, Mikael continuo o embate particular com o clérigo, sentindo uma raiva profunda dele e mantendo como seu alvo. Até que em um instante de distração, Mikael foi fortemente atingido. O clérigo retira um dardo preso em sua roupa e o infunde com energia curativa que acerta a perna de Mikael. Você resiste com dor, e Klesha lá atrás vê o perigo que sente e volta a ajudá-lo. Apesar disso, você tenta partir com tudo (ponto de ação) naquele maldito invidiano e o estraçalha com seu machado. Mikael se sente cansado, e deixa o restante dos bandidos para outros irem atrás.

Por fim, Klesha estando junto a Mikael, vê que Kriger foi fortemente alvejado e vai até ele. Defende-o de tomar flechadas e consegue auxiliá-lo a se levantar. Aí então, ele retorna até o clérigo e consegue atingí-lo com sua espada. Causa um bom corte nele, que o enfraquece. Mikael pede para que ela vá atrás dos bandidos que quase conseguiram acabar com Kriger. Ao se aproximar, um deles leva um tiro na cabeça e morre na hora. Meio assustado, o outro tenta sacar uma adaga para lutar com você, mas já em desespero. Klesha além de defender os ataques dele, você consegue ferí-lo em seu braço com a espada e então, o bandido grita "Que serpente é essa?" em voz desesperada. É Klesha utilizando sua espada que assume a forma de uma serpente, que acaba com seu peito em um corte horizontal, matando o seu oponente.
----------------------------------------------------------------------------------------
Resultado: vitória

Kriger: HP: 3  - Healing Surges: 6 - Pontos de ação: 0
         
Agnès: HP: 18 - Healing Surges: 7 - Pontos de ação: 1

Nahsha: HP:18 - Healing Surges: 6 - Pontos de ação: 1

Mikael: HP:10 - Healing Surges: 7 - Pontos de ação: 0

Klesha: HP: 34 - Healing Surges: 13 - Pontos de ação: 1

---------------------------------------------------------------------------

off: ah sim pessoal, lembrando que é um pouco difícil simular todos os efeitos de maneira justa, mas eu tento melhorar sempre.

Depois disso tudo, vocês correm até os alvos. Eles já estão todos mortos. Vocês começam a vasculhá-los e descobrem 3 insígneas de anti-vistani, as tarokkas trespassadas. Carregando com eles, havia dinheiro. Uns 42 POs para cada um (acrescentem 42 POs em seus tesouros). Suas armas e proteções estavam todas estragadas pelo combate. E um símbolo religioso quebrado nas mãos do clérigo, não dava para ver que religião poderia ser.

Dentro da capa do clérigo, estava apenas escrito uma mensagem em Balok: mate o nosso alvo da maneira que for. O sangue derramado deixou o restante da carta ilegível.

O cocheiro da caravana de vocês voltou para a fazenda para avisar do ataque e buscar auxílio, e retornaria em breve. Os outros integrantes permanecem feridos próximo a carroça tombada. Diz o cocheiro com a perna quebrada em low-mordentish:

- Não entendo o que aqueles três queriam, mas essa tal de Inquisição me irritou demais!! 

« Última modificação: Março 28, 2012, 04:13:16 pm por Cebolituz »


GLADIUS - pergunta Gladius

Pergunta o Gladius joga máfia mas o RPG e Spell sendo que Gladius??

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #41 Online: Março 28, 2012, 04:30:20 pm »
------------------- Off Game --------------------

(OFF: Noara, isso que o Cebolituz postou foi um exemplo. O resultado real da luta ele disse que ia postar no próximo post dele.)

Sorry... u.ú Ainda pego as manhas disso aqui (palavras do cebola XD).

-------------------- On Game ----------------------

Depois de tudo acabado, Nahsha olha para os corpos mortos e isso lhe traz uma imensa satisfação. Não importava se foi ela ou não, a responsável direta pelas mortes. Eles estavam mortos, era fato. E tal fato lhe causava um prazer imensurável.

Nahsha percebe que suas vestes estão rasgadas por consequência da batalha. Tentou se ajeitar o melhor que pode. Seus companheiros haviam visto uma carta coberta de sangue, que servia de orientação para os inimigos falecidos. Não deu muito importância. Seja o que fosse, não seria nada bom ou útil para ela.

Ao perceber os outros feridos perto das carroças, tentou socorrê-los. O cocheiro parecia irritado. Nahsha, tentava ajudar os feridos. Das suas vestes rasgadas arracou um pedaço de pano. Passou levemente na testa para secar o pouco suor que escorria pelo seu rosto. Observou os membros do grupo.

- Todos estão bem, não é? *perguntou encando a todos, exceto a mulan*

« Última modificação: Março 28, 2012, 05:05:10 pm por Noara Fox »
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #42 Online: Março 28, 2012, 04:33:05 pm »
Após o combate, enfim Agnès percebe a flechada de raspão que a atingira e agora trata de acalmar-se para que se cure (off: gasta uma healing surge, ficando com 6). Então cata mais uma das insígnias de tarokka trespassada. Ela indaga em alto tom em Balok e depois em Mordentish

-Estão todos bem?! Quem precisa de ajuda?! Eu posso ajudar com os ferimentos e cansaço!

Ouve a colega elfa e responde -Estou bem! Só com um arranhão, mas já dei conta dele! Venha aqui pra vermos sobre uma coisa!

E em seguida ela vai até a carruagem derrubada e tenta ajudar o cocheiro, e fala com ele

-Está tudo bem? Faz alguma idéia de que eles estavam atrás?

Offline Aquela Sem Nick

  • Moderador
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #43 Online: Março 28, 2012, 04:47:40 pm »
Estranhando, ela segue em direção à barda para ajudá-la. Dirige-se ao cocheiro e fala:

- Está tudo bem, humana. É só uma perna quebrada. Isso é curável.

Ela pega um pedaço consideravél de madeira e arranca mais um pedaço de suas vestes. Coloca a madeira sobre a perna mantendo-a reta e amarra forte com o pano.

- Isso deve resolver até alguém chegar aqui para cuidar melhor dele.
« Última modificação: Março 28, 2012, 05:07:44 pm por Noara Fox »
Ruiva da Spell



Raposas Selvagens do Condado de Fox.
Todos nós usamos máscaras. Algumas tão fixadas na alma que se confundem com a face.
O importante é não esquecer da pessoa que a usa.

Offline Skar

  • Hail!!! O Tubarão
    • Ver perfil
Re:Inquisição de Ravenloft - Arco 1 (Richemulot)
« Resposta #44 Online: Março 28, 2012, 04:52:24 pm »
[OFF] Sorry não ter postado antes minha net caiu  não tinha nm sinal no celular, voltou agora :([OFF]

"Bem uma coisa pelo menos isso mostrou, meu pai tinha um pouco de razão nos argumentos dele."pensa, Enquanto procura para ver se algum dos ferimentos está sangrando.

- Eu só preciso dormir um pouco, pra me recuperar, espero. "se posicionando melhor na carruagem" - sses inquisidores realmente estão me irritando.

[Gasto uma healing surge para dar uma respirada melhor, cai para 5]

Ouvindo a Elfa de longe, responde.

-Não tem como guardar muito segredo quando um número considerável de pessoas tem que se reunir. Ainda mais levando em consideração que foi um chamada para os combatentes se reunirem. Eles nem precisariam de informantes muito bons para seguir o aglomerado de soldados.
The essentials for a productive discussion:
•    Tact: Be friendly, helpful, and cooperative.
••    Candor: Be frank and sincere.
•••    Intelligence: Think before you speak.
••••    Goodwill: Reasonable people can disagree.
•••••   Reception: Listen to what others are saying, not to what you think they're saying.